Audiência Pública discute criação do Dia do Evangélico e Dia da Cultura Evangélica em Araci

03 de out de 2014 às 20:04 | em: Religião

DSCN1853Aconteceu na noite desta última quinta-feira (2) na Câmara de Vereadores de Araci, uma Audiência Pública para discutir o Dia do Evangélico e o Dia da Cultura Evangélica no município de Araci.

A iniciativa foi do vereador Jefson Carneiro que representa a classe na Casa Legislativa. Centenas de evangélicos lotaram o auditório e participaram da discussão. A mesa foi formada pelo então vereador Jefson, o presidente da Câmara, José Augusto, Prefeito Silva Neto, Primeira Dama Rita Adriana, Vice-Prefeita Keinha, Radialista José Socorro, Gildalti Moura e o Pastor Rogério que representou toda a classe cristã. Ainda se fizeram pastores da Igreja Evangélica Avivamento Bíblico, Assembléia de Deus, Igreja Presbiteriana e Igreja Quadrangular.

Em sua fala, o Prefeito garantiu que assim que o Projeto for aprovado pelos vereadores, a sanção acontecerá instantaneamente.

Segundo o Pastor Rogério da Primeira Igreja Batista, no município de Araci já são mais de 5 mil evangélicos e a cada dia esse número aumenta. “É uma classe religiosa muito importante para o país que pratica sua fé e coloca Deus através de Jesus Cristo no centro de tudo. Quantos e quantos eram ladrões, viciados em drogas e hoje pela graça de Deus está liberto e busca seguir uma vida íntegra e agradável a Deus, eu sou exemplo disso”, disse o pastor.

No Brasil o número de evangélicos aumentou 61,45% em 10 anos, segundo dados do Censo Demográfico divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2000, cerca de 26,2 milhões se disseram evangélicos, ou 15,4% da população. Em 2010, eles passaram a ser 42,3 milhões, ou 22,2% dos brasileiros. Em 1991, o percentual de evangélicos era de 9% e, em 1980, de 6,6%.

Imagem

DSCN1855