Religião

Vaticano investiga grupo católico brasileiro por suspeita de pacto com Satã para matar o papa

19 de jun de 2017 às 15:25 | em: Religião

Foto: Ilustração

Por suspeitar de um “aparente pacto com Satã sobre a morte do papa Francisco”, o Vaticano investiga a sociedade católica brasileira ultraconservadora Arautos do Evangelho, que é uma dissidência da Tradição, Família e Propriedade, a TFP. O assunto foi veiculado em jornais de vários países, como o La Stampa, da Itália, o Daily Beast, dos Estados Unidos, e o Daily Mail, da Inglaterra. De acordo com o vaticanista Andrea Tonielli, a evidência é um vídeo que vazou. Segundo informações da Folha de S. Paulo, o monsenhor João Scognamiglio, líder da organização brasileira que protagoniza vídeo, já renunciou.

Fiéis montam tapetes para tradicional procissão de Corpus Christi em Santaluz

16 de jun de 2017 às 08:25 | em: Religião,Santaluz

Foto: Lucas Nikson/ Notícias de Santaluz

Fiéis da paróquia Santa Luzia, em Santaluz, enfrentaram o frio e a chuva fraca que caiu na manhã desta quinta-feira (15) para confeccionar os tradicionais tapetes de Corpus Christi, uma tradição que já é mantida há mais de sete décadas na cidade. Figuras de Jesus Cristo, da Virgem Maria, entre outros símbolos religiosos, são confeccionados com produtos como fubá, serragem, cal, pó de café, sal e materiais reciclados. Os famosos tapetes coloridos enfeitam a frente da igreja matriz que leva o mesmo nome da paróquia, e são montados para a procissão que acontece no fim da tarde, após a celebração de uma missa solene, e costuma reunir uma multidão de fiéis que seguem pelas principais ruas do centro até retornar ao local novamente, onde a programação é encerrada com a bênção do Santíssimo Sacramento.

Foto: Lucas Nikson/ Notícias de Santaluz

A missa começa às 17h. O nome Corpus Christi vem do latim e significa ‘Corpo de Cristo’. A celebração teve origem em 1243, em Liége, na Bélgica e ocorre 60 dias após a Páscoa, sempre em uma quinta-feira, em alusão à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição da Eucaristia, durante a última ceia de Jesus Cristo com seus apóstolos. No Brasil, a tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, em Minas Gerais. (Notícias de Santaluz).

Procissão de Corpus Christi atrai inúmerus fieis em Araci mesmo sob chuva

16 de jun de 2017 às 08:22 | em: Araci,Religião

Foto: Leitor A Voz do Campo

O feriado de Corpus Christi é uma data religiosa cristã criada para celebrar o mistério da Eucaristia — o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. A expressão Corpus Christi vem do latim e significa “Corpo de Cristo”. Esse significado se dá em referência a última ceia de Jesus com seus apóstolos, quando ele pediu que celebrassem sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que, na tradição cristã, se transformariam em seu corpo e sangue. A celebração é composta de uma missa, procissão e adoração a esse sacramento. A procissão desta quinta-feira (16) em Araci foi marcada pela presença de centenas de fieis, mesmo sob intensa chuva. Confira imagens:

Galeria de fotos
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo

 

Corpus Christi: o que significa o feriado desta quinta-feira (15)

15 de jun de 2017 às 08:56 | em: Região Sisal,Religião

Corpus Christi em Araci | Foto: Reprodução

Dia de folga esperado ansiosamente por muitos, o feriado de Corpus Christi é uma data religiosa cristã criada para celebrar o mistério da Eucaristia — o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. A expressão Corpus Christi vem do latim e significa “Corpo de Cristo”. Esse significado se dá em referência a última ceia de Jesus com seus apóstolos, quando ele pediu que celebrassem sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que, na tradição cristã, se transformariam em seu corpo e sangue. A celebração é composta de uma missa, procissão e adoração a esse sacramento. O feriado sempre cai na primeira quinta-feira após a festa da Santíssima Trindade, em alusão à Quinta-feira Santa, dia da Santa Ceia. Foi no século 13, na Bélgica, que a celebração teve início. Em 1209, uma freira chamada Juliana teve visões eucarísticas que teriam ocorrido por um período de quase 30 anos. As visões foram interpretadas como um sinal de que era preciso fazer uma festividade que celebrasse o sacramento da Eucaristia. Em 1246, o bispo de Juliana achou que as visões faziam sentido e celebrou, na sua diocese, a primeira festa do Corpo de Cristo. Mais tarde, o bispo tornou-se o Papa Urbano IV, que estendeu a festa de Corpus Christi para toda Igreja, em 1264. A celebração só foi difundida para toda a Igreja no pontificado de Clemente V, que reafirmou sua significação no Concilio de Viena (1311-1313). Alguns anos depois, o Papa João XXII confirmou o costume de fazer uma procissão pelas vias da cidade. O costume de enfeitar as ruas com tapetes de serragem, flores e outros materiais, formando um mosaico multicolorido, teve origem com os imigrantes açorianos. No Brasil, essa tradição surgiu em Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais. Esse hábito é comum na maioria das cidades do território do Sisal da Bahia.

Sete provas físicas da existência de Jesus Cristo

11 de jun de 2017 às 17:39 | em: Religião

1 – A Coroa de Jesus Cristo

1

Para o evangelho, antes da crucificação, Jesus recebeu dos soldados romanos uma coroa de espinhos, uma piada dolorosa sobre a soberania. Muitos cristãos acreditam que a coroa ainda existe, mas em pedaços espalhados na Europa. Uma coroa quase completa está abrigada na Catedral de Notre Dame, em Paris. A história documentada da Coroa de Espinhos se estende 16 séculos no passado, uma procedência impressionante, mas não chega ao ano 30 da Era Comum. Além disso, a coroa de Notre Dame é uma tiara feita de um arbusto, e não tem nenhum espinho.

2 – Pergaminhos Sagrados

2

Essa foi uma das mais importantes descobertas arqueológicas que de fato foi datada no tempo de Jesusn pode ou não ser evidÊncia de sua existência, dependendo para quem você perguntar. Os pergaminhos do Mar Morto, um conjunto de pergaminhos e papiros encontrados nos anos 1940 em Israel. Nos pergaminhos existem referências a um “mestre da justiça”, e alguns dizem que tal mestre é Jesus, outros acham que pode ser qualquer pessoa.

3 – Códices de Chumbo

1

Setenta livros de metal foram supostamente descobertos em uma caverna na Jordânia, e foram considerados os documentos cristãos mais antigos, datando de poucas décadas após a morte de Jesus. Os estudiosos os chamaram de “Códices de Chumbo”, ou “Códices Jordanianos”, a mais importante descoberta na história da arqueologia. Os cristãos assumiram  que os livros eram a prova da existência real de Jesus, pois uma página tinha uma imagem dele. Um fragmento de texto escrito “eu deverei caminhar ereto” foi interpretado como uma referência à ressurreição de Jesus, uma evidência forte de que ela teria acontecido. Mas, segundo alguns especialistas, os códices de chumbo são uma fraude, uma mistura de dialetos anacrônicos e imagens copiadas de outras fontes, forjado nos últimos 50 anos. “Na imagem, ‘Cristo’ é na verdade o deus-sol Helios, de uma moeda que veio da ilha de Rodes”, conta o arqueólogo de Oxfort, Pether Thonemann. “Também tem inscrições sem sentido em hebreu e grego”.

4 – Lascas de Madeira

2

Uma das supostas evidências são as lascas da “Cruz Verdadeira”, na qual Jesus teria sido crucificado, e elas ficam espalhadas pelas Igrejas da Europa. Para o teólogo do século 16, João Calvino, não há abadia tão pobre que não tenha um exemplar. Em alguns lugares, existem fragmentos grandes, como na Santa Capela em Paris, em Poitiers, e em Roma, onde afirmam que um crucifixo de bom tamanho teria sido feito com ele. Em resumo, se todos os pedaços que conhecemos fossem juntados, eles fariam um grande navio, enquanto o Evangelho testifica que um único homem foi capaz de carregar a cruz. A “Enciclopédia Católica” cita o trabalho de um autor do século 19, M. Rohault de Fleury, que publicou em 1870 o livro “Mémoire sur les instruments de la Passion” (Paros, 1879), onde contabilizou todos os fragmentos existentes à época da “Cruz Verdadeira”, e chegou à conclusão que eles não chegavam a fazer uma cruz (4.000.000 mm³ de madeira, contra um volume total estimado por M. Fleury de 178.000.000 mm³). Nesses fragmentos existentes, nenhum foi testado para verificar sua idade.

5 – Ferragem Sagrada

1

No documentário “The Nails of the Cross” (“Os Pregos da Cruz”, em tradução livre) que foi ao ar em 2011 no History Channel, o cineasta Simcha Jacobovici conta a história de dois pregos supostamente encontrados em uma tumba de 2.000 anos em Jerusalém. No mesmo programa, ele também apresenta evidências que parecem sugerir que aquelas relíquias enferrujadas foram usadas para pregar Jesus na Cruz: a tumba em que foram encontrados os pregos supostamente pertenciam ao sumo sacerdote Judeu Caifás, que presidiu o julgamento de Jesus, segundo o Novo Testamento. A crítica da agência de notícias Reuters afirma que a maioria dos especialistas e estudiosos do documentário não são imparciais e que o trabalho do cineasta é forçado. Golpes publicitários não faltam quando se trata de “pregos sagrados”, tanto que ainda em 1911, o erudito Herbert Thurston contou todos os pregos que se acreditava terem sido usados na crucificação, e encontrou 30 pregos sendo venerados pela Europa. O número exato de pregos usados é desconhecido, mas há a controvérsia se eram 3 ou 4. Na enciclopédia católica, Thurston afirma que “provavelmente a maioria dos pregos eram anunciados como réplicas que tocaram ou que continham limalha de pregos mais antigos. Sem fraude consciente da parte de ninguém, é fácil que uma imitação seja considerada verdadeira em pouco espaço de tempo”.

6 – Lençóis bíblicos

1

Talvez essa seja a relíquia mais famosa do mundo, o Sudário de Turim, um lençol que acreditam ter sido a mortalha que teria envolvido Jesus Cristo. Com 4,5 metros de comprimento e 1,1 metros de largura, o lençol tem uma imagem em negativo do corpo de um homem, e tem sido adorado por milhões de peregrinos em uma catedral em Turim, na Itália. Bom, mas infelizmente, segundos os cientistas, esse lençol é uma fraude.A datação do carbono-14 indicou que o sudário não é da época de Jesus, mas do século 14. Por coincidência, também é no século 14 que o sudário aparece pela primeira vez em registros históricos, em um documento escrito pelo bispo francês Pierre d’Arcis em 1390, afirmando que a imagem de Jesus sobre o tecido havia sido pintada. Bom, a Igreja Católica não confirma o lençol como verdadeiro, mas muitos fiéis e até o ex-papa Bento XVI acreditam ser verdadeiro.

7 – A Bíblia

1

Eis aqui o melhor argumento a favor de Jesus. Estudiosos acreditam que os evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João foram escritos por quatro discípulos de Cristo décadas após sua crucificação. Mas existem outros evangelhos que não fazem parte do cânon, mas que também foram escritos por contemporâneos de Jesus. Existem algumas diferenças em detalhes nos relatos de eventos na vida e morte de Jesus, assim como muitas concordâncias, e durante os séculos de análise cuidadosa, os estudiosos bíblicos chegaram a um perfil geral de Jesus, o homem. “Sabemos algumas coisas sobre o Jesus histórico – menos do que alguns cristãos pensam, mas mais do que alguns céticos pensam”, afirma Macus Borg, um estudioso religioso famoso e autor e professor aposentado de religião e cultura na Universidade do Estado de Oregon. “Apesar de alguns livros terem argumentado recentemente que Jesus nunca existiu, as evidências de que ele viveu são convincentes para a grande maioria dos estudiosos, sejam eles cristãos ou não cristãos.” (Fatos Desconhecidos).

Pastor garante ter número de telefone de Deus; ele revelará até o final do mês

28 de maio de 2017 às 08:27 | em: Mundo,Religião

Foto: Reprodução

Paul Sanyangore, é um Pastor evangélico de uma Igreja no Zimbaue. Ele afirmou várias vezes que tem o número de telefone de Deus e recebe várias ligações onde o Divino lhe diz como pode ajudar melhor os seus congregados. O Pr. Sanyangore disse isto em fevereiro, quando um vídeo dele conversando com Deus no telefone, durante uma pregação, na Victory World International Ministries, onde ministra suas pregações, se tornou um grande viral nas redes sociais. Numa reportagem do site H-Metro, um dos maiores daquele país, ele disse que estava mesmo falando no telefone com Deus, e disse ainda que Deus estava muito surpreso por saber que havia pessoas chocadas com isto.  “Eu tenho seu número e posso fazer uma ligação para ele quando quiser “, disse o pastor. “Sim, é possível para qualquer um conversar com Deus, por que você duvida que recebo chamadas telefonicas dele? Eu tenho mesmo linha direta com Ele, posso chamar e recebe instruções. Isto começou quando eu estava rezando e ouvi vozes. Ele estava dizendo para eu ligar direto”, afirmou ainda. E como se não fosse bizarro o suficiente, Paul afirmou que iria lançar no canal de TV de sua igreja um programa onde mais diálogos dele no telefone com Deus poderiam ser ouvidos por todos. Nesta ocasião prometeu que iria revelar publicamente o número de Nosso Senhor e chamou muitas pessoas para participarem do programa. Todos teriam uma prova verdadeira do milagre.
Mas ele não fez a revelação, em vez disto um homem da platéia recebeu uma chamada de Deus, o que seria, segundo ele, prova suficiente de que era tudo real e não uma encenação. No início deste mês de maio, em entrevista ao conceituado H-Metro, o pastor afirmou que vai finalmente revelar o misterioso número de Deus. Paul disse também que será tudo transmitido em direto no canal de TV da igreja, a Victory TV, evitando explicações que não são verdadeiras. No Zimbaue é bastante comum este tipo de representação por parte de muitos pastores. Muitos outros casos de falsos milagres acabam virando notícia, como o do pastor que iria andar sob a água tal qual Jesus Cristo e infelizmente acabou devorado por três crocodilos perante seus fiéis incrédulos. Aproveitam-se da ignorância, falta de informações e pobreza que assolam aquele país para promoverem-se perante o público. E você, o que achou da atitude deste pastor? Comente, sua opinião sobre esta matéria, é muito importante para nós. Se achou útil e interessante, compartilhe com seus amigos e familiares.

Vem ai a tradicional Trezena de Santo Antonio em Teofilândia

26 de maio de 2017 às 21:07 | em: Cultura,Eventos,Felipe Mateus,Religião,Teofilândia
Galeria de fotos
  • Foto: Portal Cleriston Silva

A tradicional Trezena de Santo Antônio é uma festa religiosa que dura 13 dias consecutivos, tendo como organização a Paróquia Santo Antônio em Teofilândia, na qual é realizada a mais de duas décadas. Este Ano o Tema Central Proposto foi: “Cristão Leigos: Sal da Terra e Luz do Mundo, onde as comunidades eclesiais da Zona Rural e Urbana participam em seus respectivos dias, Cada dia também Possui um Grupo ou Profissão Homenageados e um sub – tema relacionado. Tradicionalmente a Abertura dos Festejos é realizada Dia 01 de Junho e o Encerramento dia 13 de Junho. a Prefeitura já divulgou os grupos musicais que se apresentarão em praça publica. (Confira abaixo a Programação) . Sem dúvida é um período no qual os teofilandenses aguardam ansiosos para dançar um forró gostoso, e encontrar com os amigos para contar histórias e comer comidas típicas na barraca de Santo Antônio.

Juventude Fest 2017 animou os Jovens Católicos em Araci

09 de maio de 2017 às 16:53 | em: Araci,Religião

Foto: Tribuna Sisaleira

A Paróquia de Araci realizou na tarde no último domingo (07) o Juventude Fest 2017. O evento religioso ocorreu no Centro Paroquial Padre Osvaldo e foi dedicado aos jovens Católicos da região. A Programação teve início às 15:00h, com a apresentação do grupo teatral da PJ de Araci, levando a Imagem de Nossa Senhora da Conceição até a frente do palco com danças.

Foto: Tribuna Sisaleira

As atrações foram  grupo musical católico ”Banda Kerigma”, o Padre JC Hits (José Carlos) e a Banda Akua Viva. A PJ de Teofilândia realizou uma apresentação. Estavam presentes no evento jovens de Araci, Tucano, Teofilândia e Serrinha. O padre José Carlos encerrou o evento com a oração do Pai Nosso e da Ave Maria.

Congresso evangélico reune mais de 250 jovens no final de semana em Araci

24 de abr de 2017 às 22:34 | em: Araci,Religião

Foto: Reprodução/Facebook

A Igreja Assembléia de Deus de Araci realizou da última sexta-feira (21) ao domingo (23) o Congresso Adojovem (adolescentes e jovens). O evento religioso na igreja central e teve a participação de pelo menos 250 jovens entre Araci e cidades circunvizinhas. Com o tema: “O soar da última trombeta,” baseado no livro bíblico de Apocalipse, o Adojovem contou com a presença do cantor Manoel Filho, ex músico da banda Cavalheiros do Forró, os pregadores Gilvan Fagundes e Edson Arantes e as cantoras Rebeca & Midian, além da participação da Banda Coração Valente. De acordo com as informações, o objetivo do congresso era despertar aos adolescentes e jovens sobre a volta de Jesus e acima de tudo ensiná-los a viver em santidade com base no livro bíblico de Apocalipse.

Araciense, Padre Ionilton é nomeado bispo pelo Papa Francisco na atuar em Amazonas

20 de abr de 2017 às 09:04 | em: Araci,Religião

Foto: Reprodução

Na manhã de quarta-feira (19), o Papa Francisco nomeou o mais novo bispo da Prelazia de Itacoatiara, no estado de Amazonas. Monsenhor José Ionilton Lisboa de Oliveira nasceu em 9 de março de 1962, na Fazenda Chã, em Araci – Bahia, filho de Antônia Pinheiro Oliveira e Alfredo Lisboa de Oliveira. Ele pertence à Sociedade das Divinas Vocações (SDV) e atualmente é vigário da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Ranchão do Jacuípe, na Arquidiocese de Feira de Santana – Bahia.  Em 1983 e 1984 José Ionilton participou do Curso de Conscientização Vocacional realizado pela Congregação Vocacionista em Araci e entrou no Vocacionário da Congregação, em Vitória da Conquista (BA). Fez o noviciato em 1984 e professou os primeiros votos em 1986 e em 1990 fez seus fotos perpétuos. Foi ordenado presbítero no ano de 1992, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição do Raso, em Araci (BA).Padre Ionilton, como é conhecido, deixará a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Riachão do Jacuípe, para ir atuar em Itacoatiara, um município localizado na Região Metropolitana de Manaus, estado do Amazonas. É a terceira cidade mais populosa do estado, de acordo com estimativa do IBGE em 2016. Considerado o maior pólo agropecuário da Região Norte do Brasil, o município vem ocupando uma relevante posição nacional, sendo uma das mais dinâmicos do país.

Arcebispo Dom Itamar celebra Páscoa em Teofilândia

19 de abr de 2017 às 22:09 | em: Felipe Mateus,Religião,Teofilândia
Arcebispo Emérito Dom Itamar Vian

Foto: Felipe Mateus

O Arcebispo Emérito Dom Itamar Vian, Celebrou a Semana Santa e a Páscoa na cidade de Teofilândia-Ba. Os fieis da Igreja Católica se encantaram com jeito simples e a simpatia do Sacerdote em pregar a palavra de Deus.  Em suas Homílias o Bispo destaca o mau uso das tecnologias como a do smartphone e o compara com uma faca, que na cozinha prepara pratos deliciosos, mas se utilizada para o mal pode até matar. Então pediu aos pais darem mais atenção aos filhos e para desligarem o aparelho celular pelo menos no Horário das Refeições. Além é claro de explanar sobre a importância da Semana Santa, na vida dos Cristãos, O Bispo diz:” Ser Cristão é ser uma pessoa alegre ” .Outro destaque é a transmissão ao vivo das missas via Facebook,  em que pessoas de todo o Brasil,  residentes de outros estados como São Paulo, Pará e Goiás puderam assistir as celebrações do Tríduo Pascal à distância.

Galeria de fotos

Araci: Grupo de Pedra Alta sobe ao monte e segue tradição a 14 anos na semana santa

15 de abr de 2017 às 12:57 | em: Araci,Religião

Foto: Leitor A Voz do Campo

Um grupo do distrito de Pedra Alta, na zona rural de Araci segue a tradição da sexta-feira da paixão na semana santa subindo ao monte a 14 anos. Intitulado de ‘grupo pôr do sol’ os pedraltenses iniciam a caminhada por volta das 4h da madrugada. No monte eles bate-papo e concentram um momento de religiosidade no local.

O que é a Semana Santa?

É uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. Ela se inicia no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus, que ocorre no domingo de Páscoa.

Galeria de fotos
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo
  • Foto: Leitor A Voz do Campo

Araci: Capela de São José é reformada e reinaugurada em Tapuio; confira as imagens

20 de mar de 2017 às 09:35 | em: Araci,Religião

Foto: Leitor A Voz do Campo

Após 4 anos em reconstrução, a Capela de São José, em Tapuio, está pronta. Foi adicionada nova pitura, forro branco e novos telhados. Foi reinaugurada com grande estilo. Começou no dia 10 a 19 de marco. Cada noite uma comunidade diferente e palestrante novo. “Contamos com a presença do padre Robson Batista, Padre Teo, o pároco da cidade e o vigário da paróquia, Jose Carlos. O novenário fez com que os católicos ficassem mais devotos de São Jose”, disse um fiel.

Galeria de fotos
  • Foto: Leitor A Voz do Campo

Irmã Dulce, o anjo bom da Bahia – Artigo de Gilma Almeida

09 de mar de 2017 às 08:38 | em: Bahia,Cultura,Religião
Foto: Gilma Almeida

Foto: Gilma Almeida

Cem homens podem formar um acampamento, mas é preciso uma mulher para se fazer um lar. (Provérbio Chinês)

O anjo bom da Bahia como é conhecida, irmã Dulce, deixou grandes legados em nosso meio durante à sua trajetória de vida aqui na terra, seus feitos são magníficos e maravilhosos aos olhos de todos que os contemplam. Mulher chamada por Deus para cuidar e zelar dos mais pobres, transbordou a sua alma de alegria, dor e felicidade na construção do reino de Deus, suas obras milagrosas continuam a crescer e transbordar em favor dos pobres e necessitados. O legado deixado por irmã Dulce é mais que um exemplo de vida para todos nós, por isso, seguir o seu exemplo é fundamental para o crescimento da a nossa alma.
A marca  do amor de Deus deixada por irmã Dulce em prol dos pobres e abandonados é mais que visível, ela não se limitou em acolher as crianças abandonadas nas ruas e calçadas, acolheu também os doentes, leprosos e excluídos pela sociedade. Dulce não precisa passar pelo calvário da humilhação e perseguição da sociedade, sobretudo dos poderosos para levar adiante o seu projeto, uma vez que sua família era de condição social abastada, ela poderia ter seguido a profissão de seu pai ou outros da família, no entanto, abraçou o projeto de Deus que tanto nos chama a servir os mais pobres e fracos da sociedade. Ele continua chamando e nos convidado, a deixar à   nossa redes e segui-lo, e todo aquele que deixar seus próprios interesses por causas dos mais pequenos e fracos, Ele tem maravilhosas promessas, além de ganhar cem vezes mais nesta vida, também ganhará a vida eterna. Por isso, gostaria de homenagear a filha de irmã Dulce “Iraci Vaz Lordéllo,  nascida em uma fazenda de São Felix na Bahia, que em 1944 foi trazia pelo Frei Delbrando da ordem dos Franciscano de Salvador, ele trouxe a Iraci, ainda pequena para estudar e morar com irmã Dulce. A menina Iraci, estudou e cresceu ao lado da mãe dos pobres, que lhe carregava para todas as suas atividades, além de sair para pedir esmola, também saia para buscar doentes e crianças órfãos e abandonadas pelos pais e pela sociedade.
Na entrevista com Iraci, que hoje têm 83 anos, ela relata que Irmã Dulce era uma mulher mais que generosa, ela tanto pedia, como dava esmola muito além da expectativa do necessitado. Irmã Dulce foi muitas vezes maltratada e humilhada pelas pessoas de coração duro, conta Iraci, que uma vez ele pediu esmola a um comerciante que lhe respondeu com uma cúpida na mão, mas ela não o ignorava e dizendo para Iraci, confie em Deus, Ele vai nos ajudar, e de fato a graça acontecia, enquanto uns negava ajuda para ela atender os pobres, mais adiante Deus abria as portas. Iraci, ainda conta que viu Irma Dulce pegar um menino na lata do lixo e que hoje é comerciante, um outro também abandoado é responsável pelo setor de RH, na proporia instituição, entre outros milagres realizados pela freira, Iraci, afirma que recebia o castigo de Irma Dulce quando praticava as traquinagens, então Dulce, lhe mandava para a casa de retiro, lugar onde ficava isolada da freira que ela tanto amava, ela disse que chorava o tempo todo, ate a hora que o Frei, lhe trazia de volta para a companhia de Irma Dulce.
Ela cresceu acompanhando  o anjo bom da Bahia por todos os lugares e hoje é uma grande referência dessa mulher de ouro “Dulce dos pobres”. Quando terminou os estudos, seus pais queriam que ela retornasse ao convívio familiar, mas ela disse que não largaria Irma Dulce por nada, pois já tinha encontrado a sua verdadeira missão, inspirada pelo amor de Irma Dulce a Deus e aos necessitados, Iraci, não se casou e nem teve filhos, mas se tornou numa grande filha de Irma Dulce, e seguidora do seu projeto, realizando as mesmas obras.  E disse que quando se formou foi trabalhar cuidando de crianças num colégio, também dava aula de confecção de flores e fazia deliciosos bolos para vender a pessoas da alta sociedade como Jucelino Kubichek, Helena Matos, entre outros em prol das obras de caridade.
A seguidora de Dulce dos pobres, encontra-se,  viva e fazendo o mesmo trabalho de Irma Dulce, ela visita os doentes dentro das enfermarias, cuida deles levando sabonetes, creme dental, roupas e alimento para as pessoas que chegam sem condições no hospital da Irma Dulce, ela também cuida dos funcionários do hospital, do porteiro aos médicos e demais funcionários que fazem parte dessa gigantesca obra, assim como os padres e religiosas. Iraci é uma mulher toda especial, escolhida e preparada por Deus para dá seguimento ao projeto de Irma Dulce, ela é uma mulher de muita fé, é extremamente, amorosa, caridosa e pura, todos a admiram e gostam dela. Durante esses dias em que estive hospedada na Casa  São José das irmãs Hospitaleiras, pude me aproximar de Iraci e perceber o quanto ela é amada e querida por todos que acompanham a obra de Irma Dulce, todos os dias funcionários de todos os setores vinham visitá-la e manifestar seu carinho e amor por ela. Ela tem um dom de revelação e sonhos proféticos,  sonhos estes que já  foram confirmado nos acontecimentos.

Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores”.

Cora Coralina

Gostaria de homenagear uma grande mulher nesse dia da mulher, aproveitando esses momentos mais enfatizastes sobre o debate em torno das mulheres, nós que temos uma trajetória de luta e conquista durante anos, em prol da construção de novas políticas de inclusão da mulher na sociedade e no mundo. Ainda vivemos em mundo marcado pela injustiça e sofrimentos na sociedade, esses sofrimentos são gerados e produzidos pelo egoísmo, machismo e indiferença social. É lamentável ainda ver nesse século mulher vitima de tantos maus tratos, de abusos e dominação, parece que ainda temos que caminhar muito para nos distanciar da sociedade machista e violenta. Muitas mulheres ainda sofre sobre o abuso da religião, da cultura e da imoralidade masculina, por isso, precisamos fazer ainda muita luta sobretudo, nesse mês de março dedicado a nós mulheres. A pesar de tantos feitos pela mulher na historia da humanidade, ainda convivemos com as desigualdades de direitos na sociedade. No Brasil a mulher ainda é censurada e oprimida, pois temos uma política nociva que faz com que as políticas públicas retrocedam.  Nesse sentido precisamos analisar que nós mulheres somos maiorias nos diversos espaços e por isso, precisamos apreender a votar e valorizar mais a nós mesmas.
Podemos ver acima no texto, como a mulher é capaz de se doar e de se entregar em favor de uma comunidade, não quero aqui desmerecer afigura do homem, pois somos todos importantes diante do nosso criador, mas precisamos de justiça e equidade,  a mulher precisa ser respeitada e não mais violentada pelos homens que ainda nos visualizam como o seu objeto de prazer”.

Dados e estatísticas atualizados sobre violência contra as mulheres

“Agressões  físicas e psicológicas são as principais formas de violência contra mulheres. Do total de atendimentos realizados pelo Ligue 180 – a Central de Atendimento à Mulher no 1º semestre de 2016, 12,23% (67.962) corresponderam a relatos de violência. Entre esses relatos, 51,06% corresponderam à violência física; 31,10%, violência psicológica; 6,51%, violência moral; 4,86%, cárcere privado; 4,30%, violência sexual; 1,93%, violência patrimonial; e 0,24%, tráfico de pessoas”. Lamentável ainda visualizar esses dados, hoje o mundo se une na luta pelo direto a igualdade de gênero em todo o mundo, a nossa luta não é mais local ou regional, mas universal.

“Mulher ! Mulher! Do barro de que você foi gerada Me veio inspiração /Pra decantar você nessa canção/Mulher! Mulher! Na escola em que você foi ensinada/Jamais tirei um 10/Sou forte, mas não chego aos seus pés”.

Papa sugere que é ‘melhor ser ateu do que católico hipócrita’

24 de fev de 2017 às 09:31 | em: Mundo,Religião

foto: reprodução

O papa Francisco criticou novamente alguns membros da sua própria Igreja nesta quinta-feira (23), sugerindo que é melhor ser ateu do que um dos “muitos” católicos que levam o que disse ser uma vida dupla e hipócrita.
“Existem aqueles que dizem ‘sou muito católico, sempre vou à missa, pertenço a isto e a esta associação”, disse o chefe da Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,2 bilhão de membros, de acordo com transcrição da Rádio Vaticano.
Em comentários improvisados em sermão de missa privada matinal em sua residência, ele disse: “é um escândalo dizer uma coisa e fazer outra. Isto é uma vida dupla”. “Existem aqueles que dizem ‘sou muito católico, sempre vou à missa, pertenço a isto e a esta associação”, disse o chefe da Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,2 bilhão de membros, de acordo com transcrição da Rádio Vaticano.
Ele disse que algumas destas pessoas também devem dizer “minha vida não é cristã, eu não pago aos meus funcionários salários apropriados, eu exploro pessoas, eu faço negócios sujos, eu lavo dinheiro, [eu levo] uma vida dupla”.
“Há muitos católicos que são assim e eles causam escândalos”, disse. “Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem ‘se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu'”.Desde sua eleição em 2013, Francisco disse frequentemente a católicos, tanto padres quanto membros não ordenados, para praticaram o que a religião prega.Em seus frequentes sermões improvisados, ele já condenou abuso sexual de crianças por padres como sendo equivalente a uma “missa satânica”, disse que católicos na máfia se excomungam, e disse a seus próprios cardeais para não agirem como se fossem “príncipes”.
Em menos de dois meses após sua eleição, ele disse que os cristãos devem ver ateus como pessoas boas caso eles sejam boas pessoas.(G1)