Região Sisal

Corpus Christi: o que significa o feriado desta quinta-feira (15)

15 de jun de 2017 às 08:56 | em: Região Sisal,Religião

Corpus Christi em Araci | Foto: Reprodução

Dia de folga esperado ansiosamente por muitos, o feriado de Corpus Christi é uma data religiosa cristã criada para celebrar o mistério da Eucaristia — o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. A expressão Corpus Christi vem do latim e significa “Corpo de Cristo”. Esse significado se dá em referência a última ceia de Jesus com seus apóstolos, quando ele pediu que celebrassem sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que, na tradição cristã, se transformariam em seu corpo e sangue. A celebração é composta de uma missa, procissão e adoração a esse sacramento. O feriado sempre cai na primeira quinta-feira após a festa da Santíssima Trindade, em alusão à Quinta-feira Santa, dia da Santa Ceia. Foi no século 13, na Bélgica, que a celebração teve início. Em 1209, uma freira chamada Juliana teve visões eucarísticas que teriam ocorrido por um período de quase 30 anos. As visões foram interpretadas como um sinal de que era preciso fazer uma festividade que celebrasse o sacramento da Eucaristia. Em 1246, o bispo de Juliana achou que as visões faziam sentido e celebrou, na sua diocese, a primeira festa do Corpo de Cristo. Mais tarde, o bispo tornou-se o Papa Urbano IV, que estendeu a festa de Corpus Christi para toda Igreja, em 1264. A celebração só foi difundida para toda a Igreja no pontificado de Clemente V, que reafirmou sua significação no Concilio de Viena (1311-1313). Alguns anos depois, o Papa João XXII confirmou o costume de fazer uma procissão pelas vias da cidade. O costume de enfeitar as ruas com tapetes de serragem, flores e outros materiais, formando um mosaico multicolorido, teve origem com os imigrantes açorianos. No Brasil, essa tradição surgiu em Ouro Preto, cidade histórica de Minas Gerais. Esse hábito é comum na maioria das cidades do território do Sisal da Bahia.

Cartilha avalia políticas públicas para agroecologia no semiárido

14 de jun de 2017 às 09:08 | em: Agricultura,Região Sisal

Foto: Ilustração

A cartilha Políticas Públicas para os povos do Semiárido – Avanços e Desafios contribui para a reflexão sobre como as políticas públicas vigentes no Semiárido impactam na qualidade de vida de agricultoras, agricultores, jovens e comunidades tradicionais. Para isso, a proposta do conteúdo é fomentar uma análise crítica sobre o efeito dessas políticas na vida de famílias cearenses que participam do Projeto Paulo Freire, executado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará, e uma das iniciativas apoiadas pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil. A iniciatva abrange 31 municípios nos territórios do Cariri, Sertão dos Inhamuns, Sertão dos Crateús, Sertão de Sobral, Serra da Ibiapaba e Litoral Oeste/ Vale do Curu, no Ceará. A publicação, produzida no âmbito do Projeto Paulo Freire, é dividida em eixos temáticos:  terra, trabalho e produção; água, soberania e segurança alimentar; direitos humanos e educação; mulheres e jovens rurais; e povos e comunidades tradicionais. No texto, análises de políticas públicas vigentes na região, pontos críticos e resultados. Entre as ações contempladas estão o Programa Uma Terra e Duas Águas – P1+2, o Programa de Cadastro de Terras e Regularização Fundiária, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e o Programa Nacional de Habitação Rural. É objetivo do Projeto Paulo Freire contribuir para reduzir a pobreza e melhorar o padrão de vida de famílias sertanejas, principalmente mulheres e jovens, a partir do desenvolvimento do capital social e humano. Vale saber que o Ceará é o quarto estado brasileiro com o maior número de estabelecimentos familiares. São 341.510 propriedades desse tipo, o que corresponde a 90% das unidades rurais do estado. As informações são do Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2006. Acesse aqui a cartilha! Boa leitura!

FONTE: Núcleo de Comunicação do Programa Semear

Droga que seria distribuída em Serrinha e região do sisal é apreendida na BR-116

14 de jun de 2017 às 08:57 | em: Policia,Região Sisal

Foto: Acorda Cidade

Uma operação da Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Militar e a Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP), na segunda-feira (12), resultou na apreensão de drogas e na prisão de dois homens próximo ao supermercado Assaí, na Avenida Eduardo Fróes da Mota, em Feira de Santana.  O delegado da Polícia Federal, Fábio Marques, relatou ao Acorda Cidade que a polícia recebeu uma informação de que aconteceria uma entrega de drogas na Avenida de Contorno. Então, equipes se deslocaram ao local e montaram vigilância. Os veículos se deslocaram no sentido Serrinha e logo após a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) eles pararam no acostamento. Fábio Marques informou que a droga estava escondida entre alimentos e provavelmente ela veio de São Paulo.

Foto: Acorda Cidade

Três pessoas foram conduzidas para a delegacia e serão ouvidas para averiguação de quem seriam os compradores e fornecedores da droga. O delegado pontuou que Feira de Santana, por ser um importante entroncamento rodoviário, é uma cidade que sempre está entre a rota de traficantes. Durante a operação foram apreendidos 89 tabletes de maconha prensada, pesando aproximadamente 94 kg no total, 1.220 reais em espécie e cinco celulares. A droga apreendida está no posto da Polícia Federal na Avenida Maria Quitéria.

Galeria de fotos
  • Foto: Acorda Cidade
  • Foto: Acorda Cidade
  • Foto: Acorda Cidade
  • Foto: Acorda Cidade

Informações do Acorda Cidade

Vandelson; A Voz do Arrocha que embala a região sisaleira

05 de jun de 2017 às 09:48 | em: Araci,Cultura,Região Sisal,Teofilândia,Tucano

Foto: Vandelson

Vandelson Pinheiro Santana, 36 anos, conhecido como Vandelson, a voz do arrocha, é cantor desde 2003. É uma carreira de 14 anos de muita batalha e sucesso. Araciense, Vandelson começou a cantar e ensaiar com Maestro Lucemo de Oliveira. Foi a partir daí que ele começou a se identificar com a música e a cantar em karaokê com os amigos. Sua primeira apresentação foi no aniversário do empresário Manoel Nunes na Praça do Correio, onde Lucelmo era o tecladista e incentivador. Vandelson já foi cantou em um grupo musical chamado Karisma. O grupo era composto por Manoel Nunes, Maestro Lucelmo, Gilson Teles e ele. Em entrevista ao site A Voz do Campo, Vandelson contou que já teve vários momentos marcantes em shows.

Foto: Vandelson

Ele diz que a melhor coisa deste mercado é sentir frio na barriga quando entra num palco com grande público. “Sou, antes de tudo, humilde. Já acompanhei muitas bandas e cantores de referência regional e nacional. Sinto frio na barriga ao tocar em festa de Praça Pública. É sempre muito marcante pra mim”, disse ele. Vandelson sempre faz questão de agradecer a todos que sempre contribuíram para seu sucesso. Ele hoje é conhecido em toda a região do Sisal. Sua agenda para os festejos juninos já tem shows marcados em Araci, Tucano, Teofilândia e outras cidades. Vandelson finalizou sua entrevista pedindo a Deus, aos gestores e ao povo que dê cada vez mais valor aos cantores regionais porque eles merecem. “Eu e meus colegas a gente faz isso com muito amor, finalizou ele. O contato de Vandelson; A Voz do Arrocha é 75 99162-8658. Confira vídeos de Vandelson:

Polícia Federal apreende cocaína que seria refinada em Água Fria; suspeitos tinham armas de grosso calibre

04 de jun de 2017 às 07:53 | em: Policia,Região Sisal

Foto: Reprodução

Oito pessoas foram presas por uma força-tarefa coordenada pela Polícia Federal, com cerca de 50kg de cocaína, na cidade de Feira de Santana. A operação foi realizada na última quinta-feira (1º). De acordo com informações da polícia, a droga seguia para um laboratório na zona rural de Água Fria, a 52 km de Serrinha, onde passaria por misturas e seria distribuída logo após pelo interior da Bahia.

Foto: Reprodução

No laboratório, além dos matérias usados nas misturas feitas com os entorpecentes, foi encontrado o restante da cocaína, uma prensa hidráulica e balanças de precisão.

Foto: Reprodução

Na operação foram presos Alexandro Souza Machado, Damilson da Silva, Ednaldo Figueiredo Nascimento, Milena Cristina Barreto da Silva, Lais Vitoria de Santana, Carla Roberta Costa Santos, Aldamor Rodrigues de Souza e Reinan Alencar de Andrade. Três armas de fogo e dois veículos foram apreendidos. (Portal Cleriston Silva).

Justiça concede liminar proibindo vaquejada em município de MG; caso pode servir de base para outros

01 de jun de 2017 às 08:15 | em: Brasil,Região Sisal

Foto: Ilustração

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) determinou o cancelamento das provas de vaquejada previstas para celebração de 105 anos da emancipação do município de Coração de Jesus, no norte de Minas Gerais. A juíza Luciana de Oliveira Torres reconheceu que o evento movimenta o comércio e atrai investimentos para a região, mas considerou que os benefícios se dariam às custas do sofrimento dos animais. A decisão, em caráter liminar, foi concedida ontem (30), atendendo pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em ação civil pública. “Considerar apenas a dimensão utilitarista da decisão, levando em conta elementos políticos e econômicos, é representar por uma compreensão utilitarista do direito”, registrou a magistrada. A juíza Luciana de Oliveira Torres levou em consideração um laudo técnico apresentado pelo MPMG comprovando os danos e os sofrimentos suportados pelos animais. Para ela, embora a vaquejada tenha se constituído como expressão cultural de algumas regiões, trata-se de um evento que viola o direito ao meio ambiente equilibrado, um dos direitos fundamentais previstos na Constituição de 1988. Ainda segundo a magistrada, a legislação impõe aos cidadãos o dever da preservação ambiental. “Permitir uma prática que gera sofrimento aos animais e os transforma apenas em objeto de entretenimento é cultura que deve ser mudada”, acrescentou. Ela disse ainda que a proibição não compromete a festa do município, que conta também com shows e outras atrações. Foi estabelecida uma multa de R$1 milhão por dia de evento em caso de descumprimentos da decisão. A Agência Brasil procurou a prefeitura de Coração de Jesus, foi informada de que não havia ninguém para falar sobre o assunto e recebeu a orientação de tentar novamente o contato amanhã.

Legislação

A controvérsia em torno da vaquejada, que tem colocado em lados opostos vaqueiros e defensores dos direitos dos animais, está também no Congresso Nacional. Há três semanas, a Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno a proposta de emenda à Constituição (PEC) 304/2017, que a considera como prática não cruel. O texto foi aprovado por 366 votos a favor, 50 contra e seis abstenções. A PEC já foi aprovada no Senado.  Se for ratificada sem alterações pelos deputados, será promulgada e incluído na Constituição um artigo para estabelecer que não são consideradas cruéis as atividades desportivas que utilizem animais, desde que sejam registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro e garantam o bem-estar dos bichos. Em novembro do ano passado, Michel Temer sancionou a Lei 13.364/2016, que garante à vaquejada, ao rodeio e as demais práticas similares o status de patrimônio cultural imaterial do Brasil. Os deputados contrários à PEC 304/2017 lembram uma decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) de outubro do ano passado, quando foi considerada inconstitucional uma lei do estado do Ceará regulamentando as vaquejadas. Seis ministros consideraram que a prática provoca sofrimento nos animais e votaram pela inconstitucionalidade e cinco se posicionaram pela validade da lei. (Agência Brasil).

Cipe Nordeste realiza São João Solidário; doe alimentos na rádio de sua cidade

29 de maio de 2017 às 16:00 | em: Filantropia,Policia,Região Sisal

A Cipe Noreste divulgou que iniciará a campanha São João Solidário 2017. “Estaremos divulgando nas rádios o São João solidário da Cipe Nordeste. Iremos eleger os Povoados mais carentes que integram as nossas Bases. Peço o empenho e a colaboração de todos”, disse o Major Wellington. Doe os alimentos na rádio de sua cidade ou comunidade. O objetivo é ajudar ao próximo.

Nordeste terá volume tão grande de chuvas que vai modificar até a geografia, dizem pesquisadores da USP

28 de maio de 2017 às 08:42 | em: Clima,Região Sisal

Foto: Ilustração

De acordo com pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), ao Correio Online, chuvas torrenciais trarão um volume de água tão grande, a ponto de modificar a geografia nordestina, eliminando espécies e fazendo surgir novas fauna e flora. O desastre ambiental será provocado pela ação do homem, que resulta em emissão de gases do efeito estufa em atlas concentrações e desequilibram o clima no planeta. Esse processo poderá começar daqui a 30 anos, apontam os pesquisadores. O resultado disso é que as correntes marinhas irão reduzir em até 44% sua intensidade, provocando super aquecimento das águas do Atlântico, nas imediações da região Nordeste, produzindo maior evaporação e formação de chuvas em excesso.
“O aquecimento global vai arrefecer as correntes marinhas de duas formas. Uma delas é intensificando as chuvas nas altas latitudes do Atlântico Norte, onde as águas precisam ser mais densas para afundar e retornar ao Sul, realimentando as correntes. Se chove muito, reduz a salinidade da água e consequentemente sua densidade, dificultado o afundamento. A outra forma é derretendo as calotas de gelo sobre a Groenlândia, liberando água doce e também reduzindo a salinidade da água, exatamente nos sítios de formação das águas profundas, onde as correntes marinhas fazem o retorno”, explicou o professor de Ciências da USP, Cristiano Chiessi, coordenador da pesquisa que estuda os efeitos da redução das correntes marinhas.

Idosa de 79 anos morre após contato com lagarta-de-fogo em Santa Catarina

27 de maio de 2017 às 08:46 | em: Região Sisal,Saúde

Foto: Ilustração

Um idosa de 79 anos, residente na cidade de Chapecó, Santa Catarina, morreu depois de encostar em uma taturana, também conhecida como lagarta-de-fogo. A última morte registrada no estado, pelo mesmo motivo, aconteceu há cinco anos. A senhora morreu no início deste mês, mas a notícia só foi divulgada nesta semana. A idosa chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos dias depois. Os espinhos do animal são venenosos e a vítima pode ter complicações graves. Equipes de investigação ambiental foram no local logo depois do acidente e encontraram vestígios da lagarta. Com informações do G1.

Médico da região sisaleira participou de um dos maiores eventos de superação do Brasil; Desafio de Bike da Audax em Florianópolis

23 de maio de 2017 às 09:27 | em: Esportes,Região Sisal,Teofilândia

Foto: Alex Bike

Criado na França em 1904 por Henri Desgrange, o Audax se define como uma prova de regularidade, resistência e união, já que exclui permanentemente qualquer conceito de competição. Trata-se de uma prova de superação em que o mais forte ajuda os outros a atingir seu objetivo principal, que é percorrer a quilometragem do percurso determinado pela organização dentro de seu prazo máximo para conquistar o Brevet daquela distância.

O médico da região sisaleira Bruno Matos, que atua em Teofilândia, participou do evento e enviou seu relato ao site A Voz do Campo. “Este evento foi bem complicado, com chuva e frio durante quase todo o percurso, gancheira quebrada antes de começar a prova, duas quedas (uma aos 24 km devido ao desnível no acostamento/asfalto e outra aos 86 km em uma valeta), câimbras em panturrilha direita, etc. Mas no final deu tudo certo e cheguei 1h30 min abaixo do tempo limite, graças à ajuda de um casal sensacional que conheci: Daiane e Jhone. Valeu muito a pena todo o sacrifício”. Bruno reside em Teofilândia e trabalha também na cidade de Serrinha e na Mineração Yamana Gold. Ele agradeceu bastante ao apoio de sua esposa Bruna e seu filho Bruninho. Bruno representa a Equipe Alex Bike e o grupo Pedalando Saúde. “Só haviam 2 Baianos no evento e Dr. Bruno era um deles. Ele só começou a pedalar há 1 ano. Ele é um exemplo de superação e determinação”, disse Alex Bike. Foram 300 km de percurso desenvolvidos em 18h30min.

Crianças de Coité, Itiúba e Riachão do Jacuípe são selecionadas para Orquestra Infantil da Bahia

20 de maio de 2017 às 09:51 | em: Conceição do Coité,Cultura,Região Sisal

Foto: Divulgação

Quarenta crianças e adolescentes de 13 cidades do interior baiano foram selecionados para integrar a primeira Orquestra Infantil da Bahia, uma ação do programa NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia). Eles participarão de uma residência de 10 dias em Salvador, para ensaios intensivos e outras atividades preparatórias para a formação de uma orquestra sinfônica composta exclusivamente pelo público infanto-juvenil. Cerca de 100 integrantes irão compor esta formação musical, que se apresenta nos dias 20 e 21 de outubro, no Teatro Castro Alves (TCA) e na Concha Acústica, respectivamente. Além de Salvador, foram selecionados músicos de cidades de nove Territórios de Identidade da Bahia. São elas: Alcobaça, Belmonte, Camaçari, Conceição do Coité, Feira de Santana, Irará, Itiúba, Manoel Vitorino, Porto Seguro, Riachão do Jacuípe, Santo Amaro, Simões Filho e Teixeira de Freitas. A ação integra o calendário de comemorações dos 10 anos do programa NEOJIBA e conta com o patrocínio da Cielo e Cateno, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura e Governo Federal, Ordem e Progresso. (Notícias de Santaluz).

Sucesso em toda a região sisaleira, conheça Yran Cabral; o top da vaquejada

18 de maio de 2017 às 09:30 | em: Araci,Fama,Região Sisal

Foto: A Voz do Campo

Tecladista e cantor de músicas de vaquejada, Yran Cabral é conhecido em toda a região sisaleira há muito tempo. Sua carreira deu um upgrade neste ano de 2017 com os slogans #chamaVaqueiro e #choraNãoVaqueiro. Ele já é a principal referência do segmento na região. Yran esteve nesta terça-feira (16) na redação do site A Voz do Campo para falar sobre seu atual momento e contar um pouco sobre sua história.

Público de Show | Foto: Yran Cabral

De família batalhadora e natural de Araci, o jovem Iran Cabral de Carvalho ingressou na música como tecladista na banda Skema Musical em 2005. Segundo o músico, aos poucos ele foi percebendo que podia cantar e foi se aperfeiçoando. Logo se aventurou em um novo projeto. “Era eu, o teclado e o público. No início tocávamos de tudo. Mas logo vi que minha voz se encaixava bastante com músicas de vaquejada. Foi ai que investi nesse segmento que gosto bastante”, disse ele.

Yran Cabral fez formação de dupla com um cunhado por 3 anos, mas desde 2016 está com carreira solo. Seu estilo mescla a tradicional música de vaquejada de ritmo muído com a música de vaquejada para paredão. As letras falam sobre a vida do vaqueiro: da tristeza à ostentação, tudo é tema. “As músicas que falam das conquistas dos vaqueiros são as que fazem mais sucesso”, disse Yran. Por muitos, Yran Cabral é considerado um inovador na arte de empreender e viver da música. Além de selecionar um segmento com muita aceitação do público e pouca concorrência local, ele investe bastante na qualidade o seu trabalho. Os shows do cantor são completos; bateria, sanfona guitarra, baixo, teclado e back vocal. A produção tem iluminação e ele trabalha com som de qualidade. É assim que Yran Cabral torna-se, cada vez mais, a maior referência no segmento musical das vaquejadas na região sisaleira. Contato: 75 9 9170-1577. Clique AQUI e baixe os CD’s de Yran Cabral.

A 20 anos no mercado, Ascoob Cooperar tem como missão fortalecer a economia e fomentar o desenvolvimento local

17 de maio de 2017 às 11:39 | em: Araci,Euclides da Cunha,Região Sisal,Teofilândia,Tucano

Foto: A Voz do Campo | Agência central fica em Araci

A ASCOOB COOPERAR, é uma Cooperativa de Crédito Rural, normatizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil e está devidamente regularizada pela lei gerais do Cooperativismo. A missão Institucional da Ascoob é fortalecer a economia familiar e seus empreendimentos, fomentando processos de desenvolvimento local integrado, sustentável e solidário, na base de atuação. Sua visão é ser uma instituição forte e reconhecida, com excelência na prestação de serviços financeiros, contribuindo para uma sociedade justa e solidária. Atualmente estamos presentes nos municípios de Araci, Canudos, Euclides da Cunha, Teofilândia e Tucano. Mais informações acesse nosso site geral www.sistemaascoob.com.br acompanhe também nosso facebook (aqui).

Galeria de fotos
  • Agência em Araci
  • Agência em Tucano
  • Agência em Tucano
  • Foto: A Voz do Campo | Agência central fica em Araci
  • Agência em Euclides da Cunha
  • Agência em Canudos
  • Agencia em Teofilândia

Embasa anuncia racionamento de água para 13 municípios atendidos pelo sistema de abastecimento do sisal

04 de maio de 2017 às 09:33 | em: Região Sisal

Foto: Ilustração

A região atendida pelo sistema de abastecimento do sisal está em alerta por causa da queda do nível da Barragem de Pedras Altas, efeito do prolongado período de estiagem.  Para evitar medidas de racionamento na distribuição, a Embasa está intensificando ações para economia de água. A empresa reduziu em 40% a retirada de água da barragem e está complementando a vazão com água da barragem de São José do Jacuípe.  “O atual cenário exige cuidados e o uso consciente das reservas hídricas”, justifica o gerente regional da Embasa, Euvaldo dos Santos Neto. A situação tende a se agravar, caso não chova. A Barragem de Pedras Altas perde volume acumulado a cada dia, por consumo e evaporação, e está com apenas 22% de sua capacidade, volume mais de 70% menor em relação ao mesmo período do ano passado.

Campanha

Os moradores de todos os municípios atendidos são chamados ao uso consciente da água. Os usuários do serviço em Candeal, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Gavião, Ichu, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Quixabeira, Riachão do Jacuípe, São Domingos, São José do Jacuípe e Valente vão receber em casa orientações sobre redução do consumo de água. A campanha “Economize água. Cada gota conta” está sendo usada como forma de engajar a população em uma ampla mobilização pelo uso consciente do recurso hídrico. “Nossa recomendação é que a água limpa não seja utilizada para lavagem de calçadas e quintais, por exemplo”, orienta o gerente. Em caso de vazamentos na rua, os moradores podem informar à Embasa pelo 0800 0555 195 para que a empresa faça a correção no menor tempo possível, evitando o desperdício.

Primeira etapa de campanha de vacinação contra febre aftosa começou na região do Sisal

02 de maio de 2017 às 17:43 | em: Região Sisal

Foto: Ilustração

Começou na segunda-feira (01), em toda a região do sisal a primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 0017. Na Bahia, Deverão ser vacinados mais de 10 milhões de cabeças de gado, entre bovinos e bubalinos, durante todo o mês de maio. Além da Bahia, outros 22 estados e o Distrito Federal também iniciam a primeira etapa da imunização na segunda, conforme o Ministério da Agricultura. A meta é imunizar, em todo o país, 198 milhões de animais. O número representa mais de 90% do rebanho do país, de 217,5 milhões de cabeças. Esse ano, além de poder fazer a declaração de que o rebanho foi vacinado nos escritórios da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), o criador também vai poder declarar que imunizou seus animais através do site do órgão. A Bahia, que tem o oitavao maior rebanho do país, é considerada “zona livre de febre aftosa” com vacinação desde 2001. O último caso de febre aftosa no estado foi há 20 anos, em 1997.