Região Sisal

Comissão do Projeto Araci Norte decide ir ao TCU em Brasilia para “destravar” a obra

11 de out de 2017 às 08:56 | em: Região Sisal

Foto: Reprodução

Moradores do entorno do Distrito de Várzea da Pedra, pertencente aos municípios de Araci e Santaluz, localizados no território do sisal, decidiram durante uma reunião, criar uma comissão formada por oito representantes das associações de moradores das comunidades situadas ao longo do projeto Araci Norte, para viabilizar uma viagem a Brasília, a fim de manter contato com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Antônio Vital do Rêgo Filho, relator do processo gerado, após a auditoria que identificou o projeto executivo deficiente, por não ter incluído plano de fluoretação da água, além do sobrepreço de R$ 2,3 milhões e superfaturamento da ordem de R$ 1,1 milhão no contrato de R$ 40 milhões e o TCU determinou a glosa de valores.Segundo o site Calila Noticias o objetivo da viagem,  é pedir rapidez na análise dos processos que tratam das obras da Adutora Araci Norte que irá beneficiar mais de 40 mil pessoas nos municípios de Araci, Tucano e Santaluz, que estão sofrendo com a falta d’água e vivenciando a prior seca os últimos anos.

Policia Militar do 16° BPM inicia projetos sociais nas escolas de Serrinha e região

26 de set de 2017 às 18:58 | em: Região Sisal

Foto: Divulgação | PM

O 16º Batalhão de Policia Militar iniciou nesta segunda-feira (25) as aulas dos Projetos Um Caminhar para a Cidadania e Juventude Cidadã. Segundo o comandante, as aulas serão desenvolvidas em seis escolas municipais de Serrinha, por policiais militares. As atividades também contam com a participação de atiradores do TG 06/014.

Foto: Divulgação | PM

Relembre uma matéria de 14 de setembro de 2017 

“Projeto Quartel de Portas Abertas” faz integração entre estudantes de Araci e a Policia Militar

Prejuízos às colheitas fazem preço do feijão subir para R$ 130 a saca

13 de set de 2017 às 09:10 | em: Agricultura,Região Sisal

Foto: Ilustração

Depois de sofrer uma queda vertiginosa em seu preço, os feijões do tipo “Carioca, Bagajó e Rosinha” voltaram a ser cotados a preços altos no mercado cerealista da região de Euclides da Cunha e também na região sisaleira. Os preços já são encontrados em R$ 110, 120, 135, por saca de 60 kg. As duas semanas de muita chuva nas regiões produtoras causaram sérios prejuízos à colheita, uma vez que muitos produtores e pequenos agricultores que foram pegos de surpresa com grande quantidade de feijão arrancado e no meio da roça, não tiveram como proteger as vagens e muito se perdeu com a germinação da semente provocada pelas chuvas e a alta umidade do solo.

Movimento de Organização Comunitária – MOC completa 50 anos; conheça essa história

05 de set de 2017 às 11:29 | em: Região Sisal

Foto: Divulgação | MOC

O Movimento de Organização Comunitária – MOC tem uma trajetória de luta iniciada em 1967, a partir do trabalho social da igreja católica em bairros periféricos do município baiano de Feira de Santana. Gradativamente, a instituição foi se tornando autônoma, mantendo, contudo, boas relações de parceria com outras igrejas, inclusive com uma constante composição ecumênica da sua diretoria. O objetivo central do MOC foi e continua sendo despertar as pessoas para que descubram a força da sua organização na luta por seus direitos e, assim, exerçam sua cidadania. Esse trabalho teve início com o apoio ao surgimento e fortalecimento de associações comunitárias rurais e urbanas, a princípio em Feira de Santana e municípios vizinhos, todos do Território Portal do Sertão. Aos poucos foi se estendendo à região sisaleira, atualmente conhecida como Território do Sisal e Bacia do Jacuípe. Hoje os três territórios são considerados prioritários na ação da instituição, sendo todos eles integrando do Semiárido Baiano.
As ações estratégicas do MOC se baseiam na luta pelos direitos humanos implica numa democracia não somente representativa, mas, sobretudo também participativa, e que não há democracia sem o protagonismo dos sujeitos de direitos e sem o pleno desenvolvimento dessas pessoas e de suas comunidades. Sendo assim, não há democracia nem liberdade civil e política sem a garantia de direitos fundamentais como alimentação, educação, saúde, lazer, trabalho e renda, dentre outros.

Foto: Divulgação | MOC

Da mesma forma, o MOC entende que a pobreza e as desigualdades sociais dificultam o exercício dos direitos humanos e da democracia. A metodologia de trabalho do MOC considera que as pessoas são sujeitos da ação, portanto capazes de conhecer, refletir criticamente a realidade e o que precisa ser mudado, e, detentoras de capacidades para construir mudanças e novas realidades. Ao MOC cabe fortalecer essas potencialidades humanas, congregando o saber técnico e o saber da comunidade (saber acadêmico e saber popular) baseado no princípio de que não há saber pronto. Sendo assim, é no processo de diálogo bilateral, interação e questionamentos sobre a situação vivida na comunidade, sobre o que deve e pode ser mudado, sobre quem é corresponsável pela ação que gera mudanças, que se opera as abordagens dos direitos humanos, mitigadas suas violações, e construída a rota das mudanças necessárias.

Semana da Conscientização Negra | Foto: Divulgação | MOC

Neste contexto de luta, o MOC tem historicamente ao longo dos seus quase 50 anos, assumido a missão de contribuir para o desenvolvimento sustentável, integral e integrado, a inclusão sociopolítica, econômica e cultural, bem como o exercício da cidadania de populações comumente excluídas, povos e comunidades tradicionais, encampando temáticas emergentes no campo das mudanças climáticas, das múltiplas identidades e na perspectiva da Convivência com o Semiárido e da Agroecologia. A missão institucional é desdobrada em ações e alcança as pessoas nas comunidades através das áreas programáticas que são:

1 – Fortalecimento da Agricultura Familiar e da Economia Solidária, atuando com agricultores e agricultoras familiares;

2- Promoção da Igualdade de Gênero atuando com mulheres rurais e periurbanas;

3- Educomunicação e Educação do Campo Contextualizada contribuindo para que Crianças e Adolescentes tenham acesso a direitos como educação contextualizada, esporte, cultura e lazer, bem como o direito à expressão de suas potencialidades criativas e participem da construção do desenvolvimento sustentável das suas comunidades.

Caravana MOC 50 anos

Foto: Divulgação | MOC

O ano de 2017 tem a marca histórica de comemorar 50 Anos de trajetória e resistência do MOC, por isso a instituição lançou a “Caravana MOC 50 Anos – Por um Sertão Justo” que implicará na realização de um conjunto de ações voltadas para a missão e os objetivos estratégicos da instituição. Essa celebração só tem sentido com ativa e efetiva participação das pessoas, com quem o MOC vem construindo sua história. A caravana lançada, não por acaso no dia 31 de março de 2017 “Dia Nacional de Mobilização – Por Nenhum Direito a Menos”, se constitui num ato de resistência na luta pelos direitos – essência da existência do MOC. A referida caravana desbravará as estradas ‘do portal ao coração do sertão’ entre os meses de março e setembro de 2017, vivenciando quatro tempos estratégicos:

a) O lançamento por ocasião da Assembleia Geral Ordinária da instituição;;
b) Campanha de mobilização de recursos;
c) Ações itinerantes em municípios que concentram projetos das diferentes áreas programáticas da instituição;
d) A culminância que se dará nos dias 28 e 29 de setembro na cidade de Feira de Santana, com uma grande Feira de Cultura com troca de saberes, sabores e fazeres e mesas de diálogos que corroboram com a construção de um Sertão mais Justo.

Boas ações, denúncias, informações, acidentes e/ou fatos políticos; faça contato e publicamos

01 de set de 2017 às 12:40 | em: Região Sisal

Quer compartilhar notícias sobre boas ações, denúncias, informações, acidentes e/ou fatos políticos? Faça contato com a redação A Voz do Campo. É de graça! Não cobramos nada e publicamos sua informação. Contato: 75 9 9158-4003.

Brasil tem mais de 207 milhões de habitantes; confira os dados de sua cidade

31 de ago de 2017 às 10:28 | em: Região Sisal

Foto: Ilustração

Brasil tem 207.660.929 habitantes, segundo estimativa Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União. A data de referência para o levantamento é 1º de julho. m 2016, a população do país era estimada em pouco mais de 206 milhões habitantes. Neste período, 25% dos municípios tiveram suas populações reduzidas. Segundo o órgão, a Bahia tem 15.344.44 habitantes. Confira as novos resultados em números de habitantes divulgados pelo IBGE para algumas cidades da região do sisal:

Serrinha em 2010: 76.762 | Serrinha em 2017: 83.088
Conceição do Coité em 2010: 62.040 | Conceição do Coité em 2017: 68.303
Araci em 2010: 51.651 | Araci em 2017: 55.935
Tucano em 2010: 52.418 | Tucano em 2017: 52.540
Santaluz em 2010: 33.838 | Santaluz em 2017: 38.422
Teofilândia em 2010: 21.482 | Teofilândia em 2017: 23.378

Manutenção: Site A Voz do Campo apresentou erros para alguns leitores

31 de ago de 2017 às 09:51 | em: Região Sisal

figura1Devido a uma parada programada para manutenção dos equipamentos centrais de informática, o site A Voz do Campo ficou fora do ar para alguns usuários do sistema Android e Windows nesta quarta (30) e quinta-feira (31). O objetivo da manutenção é melhorar o site para fornecer informações com mais qualidade e agilidade a todos vocês. Gratos pela compreensão.

Anuncie no A Voz do Campo; somos a melhor ferramenta de divulgação do seu produto

29 de ago de 2017 às 10:22 | em: Publicidade,Região Sisal

O site A Voz do Campo já se consolidou como uma das principais ferramentas de mídia informativa da região do Sisal. São 500 mil pessoas alcançadas em um mês. A Voz do Campo finalizou o ano de 2016 com recordes de acessos e alcance. Nosso público confia no nosso serviço de informação. Apenas anunciamos produtos de qualidade no site. Temos pacotes de marketing e propaganda que se enquadram no perfil da sua empresa. Conheça e nos apoie para que o site A Voz do Campo tenha mais autonomia. Veículos de comunicação têm custos e precisam do apoio da sociedade para manter a imparcialidade na informação. Entre em contato: 75 9 9138-2138 | 75 9 9231-3041 ou 75 9 9158-4003.

Nossos números:

Os números do Analytics (Google) e do Facebook falam por si. O site começou em novembro 2010 e, com objetivos consistentes, além de um plano de ação com metas e missões claras, tem hoje entre 8 e 10 mil acessos diretos em um único dia. Os números são maiores nos dias de semana. Araci, Teofilândia e Tucano representam 68% dos acessos diretos no site. Os demais acessos (32%) estão distribuídos entre cidades da Bahia e do Brasil onde há pessoas oriundas da região do Sisal da Bahia.
O alcance das publicações do site na página do Facebook é de 500 mil pessoas por mês. Esses são números médios do último semestre de 2016. Para cada semana, foram 20 mil pessoas se envolveram (curtiram, comentaram e compartilharam) as publicações e as disseminaram pelas redes sociais. Boa parte das pessoas alcançadas pelo site e que se envolvem com ele ainda não são seguidores da página no Facebook (conheça). Mas a página tem o maior crescimento entre todos os demais sites regionais.
Estes números só demonstram a confiança que a população da região do Sisal tem na equipe editorial do site A Voz do Campo. Nossa equipe conta com 05 pessoas. Somos o portal de notícias que mais cresce no interior da Bahia! Temos o maior envolvimento médio entre todos os sites locais. Nossos seguidores lêem, comentam, curtem e compartilham nosso conteúdo e isso nos orgulha. Temos como meta a divulgação plural da informação, a título de produção de conhecimento imparcial.

Nossa Missão

Produzir informação e análise jornalísticas com credibilidade, transparência, qualidade e agilidade, baseadas nos princípios editoriais do A Voz do Campo (independência, espírito crítico, pluralismo e apartidarismo), por meio de uma moderna e rentável empresa de comunicação, que contribua para o aprimoramento da democracia e para a conscientização da cidadania.

Nossa Visão

Em números absolutos, consolidar-se como o maior site de notícias da região Sisaleira até dezembro de 2017.

Nossos principais valores

Independência econômica e editorial;
Compromisso com o leitor;
Ética;
Defesa da liberdade de expressão;
Pioneirismo;
Respeito à diversidade e imparcialidade;
Compromisso com os clientes.

Polícia Militar informa que intensificará operações na região do Sisal; ênfase será para Biritinga

08 de ago de 2017 às 14:33 | em: Policia,Região Sisal

Fonte: Reprodução

A Policia Militar informou que serão realizadas Operações de intensificação de segurança na área do 16º Batalhão, com ênfase no município de Biritinga. As operações serão iniciadas nesta terça-feira (08). A PM pediu que toda a população com as guarnições locais, bem como com o 190, para proceder com denúncias e informações que levem à melhoria na segurança da região.

Aula infantil bilingue é no Colégio Apoio em Lauro de Freitas; conheça mais

27 de jul de 2017 às 13:09 | em: Araci,Educação,Região Sisal

O Colégio Apoio, um dos mais tradicionais de Salvador e Lauro de Freiras, que é dirigido pelo araciense Professor José Nilton Carvalho Pereira, divulga que está com aula infantil bilingue para seus alunos.

Foto: Divulgação

O Colégio Apoio fica localizado na Avenida Praia de Itapuã. s/n, quadra 23 – Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas – BA, 42700-000 | Telefone: (71) 3379-0191. Conheça a estrutura desta que é uma das maiores referências em educação na Bahia. Faça um tour virtual pelas instalações do Colégio Apoio clicando AQUI.

Ao lado de sua esposa em Santaluz, Rui Costa inaugura adutora, assina ordens de serviço e comemora 300 viagens ao interior

17 de jul de 2017 às 20:40 | em: Região Sisal,Santaluz

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Com média de uma viagem a cada três dias de trabalho, o governador Rui Costa alcançou, nesta segunda-feira (17), a marca de 300 visitas ao interior do estado, em pouco mais de 900 dias de mandato. Ao todo, foram 162 cidades visitadas por Rui. A cidade de Santaluz, na região sisaleira, foi escolhida para receber a trecentésima viagem. Durante o evento, no município, ao lado da primeira-dama, Aline Peixoto, o governador realizou ações nas áreas de infraestrutura, saúde, cidadania, agricultura, entre outras. “Hoje, nesta viagem de número 300, eu confesso que o coração está batendo mais forte. É uma emoção especial e espero, se assim Deus me permitir, poder chegar à viagem de número mil. Acho que nesse ritmo, chegaremos lá”, disse Rui, emocionado, na chegada ao município. Sobre as ações na cidade, Rui destacou os investimentos na agricultura e na recuperação de estradas. “Ajudar a agricultura em nosso estado, para mim, é prioridade absoluta. A Bahia tem o maior número de agricultores familiares do Brasil, são 700 mil famílias. Se elas produzem mais, vivem melhor, movimenta o comércio e a nossa economia. E tudo isso só é possível acontecer com as nossas estradas em boas condições, prontas para receber este tráfego intenso pelo interior. Por isso, este semestre será marcado pela recuperação das nossas rodovias”. Na área de Infraestrutura Hídrica, Rui Costa inaugurou a obra emergencial do sistema de abastecimento de água de Queimadas e Santaluz. A obra reforçou o sistema e evitou o colapso no serviço de fornecimento de água para os municípios. O investimento foi de R$ 3,3 milhões, e incluiu a implantação de uma adutora e uma nova estrutura para captação de água. Por meio do Programa Água para Todos, ainda foi autorizada a implantação do sistema de abastecimento de água, nas localidades de Canaverde, Tamboril, Tabuleiro da Vertente, Salgado e Caracol, no município de Serrinha. O investimento foi de 4,3 milhões.(Secom-Ba)

Galeria de fotos
  • Foto: Paula Fróes/GOVBA
  • Fotos: Paula Fróes/GOVBA

Conheça as finalistas do concurso de Rainha da Vaquejada de Serrinha

15 de jul de 2017 às 09:36 | em: Eventos,Região Sisal

Foto: Divulgação

O desfile acontece dia 5 de agosto, às 20h, no Parque Maria do Carmo, e também vai eleger o Peão e as Princesas da festa.  A organização da Vaquejada em Serrinha acaba de divulgar a lista de finalistas do concurso que vai eleger a Rainha e as Princesas da festa. Também foram selecionados os finalistas para Peão da Vaquejada deste ano. Ao todo, 21 mulheres e nove homens foram escolhidos em pré-seleção com 65 candidatos. As moças são naturais das cidades de Ilhéus, Jacobina, Retirolândia, Biritinga, Teofilândia, Santaluz, Amélia Rodrigues, Ichu, Antonio Cardoso, Araci, Candeal, Candeias, Conceição do Coité, Água Fria, Caldeirão Grande, Conceição de Feira, Serrinha, Feira de Santana, Lamarão e Aramari. Já os rapazes representam as cidades de Conceição da Feira, Riachão do Jacuípe, Araci, Santaluz, Serrinha, Euclides da Cunha, Conceição do Coité, Feira de Santana e Barrocas.Todos os candidatos têm entre 18 a 30 anos de idade e serão avaliados por um júri técnico nos requisitos: beleza, simpatia, elegância e desenvoltura. Os vencedores ganham como premiação principal uma moto 0km (Rainha) ; R$ 2 mil (Peão); R$ 2 mil (1ª Princesa) e R$ 1 mil (2ª Princesa). A Festa da Rainha será realizada na área coberta do Parque Maria do Carmo, em Serrinha, no dia 5 de agosto, a partir das 20h. Após o desfile, o evento contará com shows do sertanejo Danniel Vieira e da banda de arrocha Os Clones do Brasil. Já a Vaquejada Parque Maria do Carmo acontece de 7 a 10 de setembro, com 17 atrações musicais e competições esportivas. (Lais Ferreira | Calila Notícias).

Aproveite agora mesmo mais uma funcionalidade do Internet Banking Ascoob

14 de jul de 2017 às 10:33 | em: Negócios,Região Sisal

Foto: Divulgação

O Ascoob Cooperar acaba de liber o acesso para compra de recargas para celular através do seu aplicativo de celular. Acesse sua conta através do aplicativo CRESOL IB. Aproveite essa e outras vantagens. “É rápido, fácil e seguro. É pra você”, diz o Ascoob.

MOC convida a todos para contribuir para a Caravana MOC 50 anos

05 de jul de 2017 às 09:15 | em: Região Sisal

Foto: Divulgação

Comunitária (MOC) lançou em 31 de março de 2017 a “Caravana MOC 50 anos – Por um Sertão Justo”. Trata-se de uma proposta de celebração dos 50 anos da entidade que culminará em setembro deste ano. O período até lá será de muitas expectativas e de várias ações comemorativas e programáticas que envolverão o MOC e seus sujeitos nos Territórios do Sisal, Bacia do Jacuípe e Portal do Sertão. A Caravana MOC 50 anos desbravará as estradas do sertão, “desde o Portal ao seu coração”, promovendo diálogos com as pessoas sobre as lutas, os desafios, as resistências e resiliências necessárias para unir forças e construir um mundo mais justo nesse lugar chamado Sertão, mas precisa de ajuda financeira para obter êxito neste projeto o que justifica a ideia desta Vaquiinha Virtual. Contribua clicando aqui.

Que frio é esse? Região Sisaleira registra temperaturas baixas e chuva frequente nos últimos dias

03 de jul de 2017 às 19:43 | em: Clima,Região Sisal

Foto: Clima Tempo

O La Niña é um fenômeno natural que, oposto ao El Niño, consiste na diminuição da temperatura da superfície das águas do Oceano Pacífico Tropical Central e Oriental. Assim, sua ocorrência gera uma série de mudanças significativas nos padrões de precipitação e temperatura ao redor da Terra. Como uma das consequências, há o aumento do frio na costa oeste da América do Sul e a chegada das frentes frias até a Região Nordeste, principalmente no litoral da Bahia, Sergipe e Alagoas. Leitores estão entrando em contato com A Voz do Campo para relatar que a temperatura está muito baixa na região sisaleira nas últimas semanas. Imagens são enviadas, assim como o motivo é indagado. Segundo o geógrafo Lázaro Moeira, a justificativa é uma só: estamos no período da La Ninã. “Nessa época já é frio e tem pancadas de chuva baixas. Com esse fenômeno, as temperaturas são menores. Podem aguardar essas temperaturas até o final do inverno”, afirmou ele. Apesar dos sites de clima marcarem temperaturas entre 17 e 22° na região, a sensação térmica está abaixo deste números. Muitos afirmam que esses sites não dão a temperatura real e que temperaturas entre 14 e 19° estão sendo comuns na região. Confira as informações do Clima Tempo para cidades da região sisaleira nesta segunda-feira (03):

Galeria de fotos
  • Foto: Clima Tempo
  • Foto: Clima Tempo
  • Foto: Clima Tempo
  • Foto: Clima Tempo
  • Foto: Clima Tempo
  • Foto: Clima Tempo
  • Foto: Clima Tempo