Política

Dilma furou fila do INSS e obteve aposentadoria irregular, diz revista

19 de ago de 2017 às 13:21 | em: Brasil,Política

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A ex-presidente Dilma Rousseff teria obtido sua aposentadoria de forma irregular. De acordo com a revista ‘Veja’, uma sindicância aberta pelo governo para a concessão do benefício à petista. A investigação teria concluído que a ex-presidente fuou a fila do INSS para receber aposentadoria de até R$ 5.189. O ex-ministro da Previdência Carlos Gabas teria ido a uma agência do INSS em Brasília, junto a uma secretária pessoal da ex-presidente, em 1º de setembro de 2016. Gabas teria usado de sua influência para agilizar a concessão do benifício à ex-presidente. A investigação obtida pela revista afirma que Dilma foi favorecida por ato irregular de dois servidores do órgão que manipularam o sistema do INSS para conseguir aprovar seu benefício. Despacho assinado pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, impõe punições ao ex-ministro Carlos Gabas, que teria auxiliado o favorecimento de Dilma, e à servidora Fernanda Doerl, que teria manipulado sistema do INSS para regularizar o cadastro da ex-presidente. “As apurações demonstraram que as ações do indiciado (Gabas) contribuíram para agilizar a concessão do benefício, assegurando seu deferimento em condições mais favoráveis ou benéficas que o usual”, afirma o relatório final da sindicância. Ainda de acordo com a revista, a sindicância deve exigir que a ex-presidente devolva R$ 6.188, referentes a um mês de salário que teria sido pago irregularmente. A reportagem afirma que a ex-presidente vai recorrer para não pagar o montante. Gabas negou que tivesse favorecido Dilma ao cuidar pessoalmente do processo na agência da Previdência em Brasília em depoimento. O ex-ministro alegou aos investigadores que “o atendimento diferenciado de pessoas públicas era comum e tinha o objetivo de assegurar a integridade física e moral dos demais segurados”. Já a servidora Fernanda Doerl afirmou durante todo a investigação que seguiu a lei e que se guiou por normas do INSS para aprovar os dados cadastrais da ex-presidente.

Chegará a hora de brigar com Lula, diz Doria

19 de ago de 2017 às 10:06 | em: Brasil,Política

Foto: Ilustração

A rixa entre o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem sendo alimentada há tempos. Publicamente, o tucano já chamou o petista de ‘mentiroso’, ‘covarde’ e ‘cara de pau’. Dessa vez, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Doria afirmou que “haverá um momento da disputa em que [rivalizar com o ex-presidente] será inevitável”, diz. Questionado sobre os seus discursos contra Lula e os seus seguidores, Doria ressalta: “Não escondo minhas posturas, principalmente no antagonismo ao PT. Mesmo que isso contrarie uma parte do eleitorado a favor do Lula, faço questão de ficar do outro lado”, disse o tucano. ‘Haverá um momento da disputa em que isso será inevitável, por causa do estilo Lula de ser e de fazer campanha. Ele tem uma forma de conduzir principalmente sua vida política que não é suave. Haverá um momento na campanha em que essas circunstâncias serão ainda mais marcadas”, completou. A reportagem pergunta à Doria, como era sua relação com Lula, enquanto pessoa privada. “Nunca foi uma relação afetuosa e simpática, mas ele já esteve num almoço no Lide [grupo empresarial de Doria], no primeiro mandato. A minha posição em relação ao Lula, distante e adversa, é antiga, não foi cultivada agora”, explica. O prefeito de S. Paulo também disse que: “Lula tem memória curta e seletiva. Minha primeira prova eu já demonstrei: ganhei a eleição do candidato dele no primeiro turno”. O candidato ao qual Doria se refere é o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), sobre quem o tucano confessa: “Não vou omitir a verdade. Mas tenho respeito pelo ex-prefeito. É uma das raras pessoas honestas no PT”, diz Doria. (Folha de São Paulo).

Pré-candidato, Bolsonaro percorre o país bancado pela Câmara

18 de ago de 2017 às 15:11 | em: Brasil,Política

Foto: Reprodução

Pré-candidato à Presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) tem viajado pelo país com passagens aéreas bancadas pela Câmara para participar de atividades políticas. Em um primeiro momento, a assessoria de imprensa do deputado afirmou que esses deslocamentos eram pagos por Bolsonaro do próprio bolso. Depois, confrontada com a prestação de contas da cota parlamentar a que tem direito, a assessoria do deputado afirmou que essas atividades têm relação com o exercício do mandato. Os deputados federais têm direito a reembolso de despesas com passagens aéreas, alimentação, hospedagem e aluguel de carros, entre outras, desde que exclusivamente vinculadas ao exercício da atividade parlamentar. A cota de Bolsonaro é de R$ 35.759,97 por mês. O valor depende da unidade da federação que o deputado representa, por causa da variação do preço das passagens aéreas entre Brasília e o domicílio eleitoral. De acordo com a prestação de contas da cota parlamentar, o gabinete de Bolsonaro emitiu, no dia 5 de julho, por exemplo, passagens para o deputado viajar de Brasília para Campo Grande (MS) e retornar para o Rio, com escala em Campinas, pela Gol. Não é possível verificar as datas dos voos. A ida custou R$ 804,64 e a volta para o Rio, R$ 915,39. Uma semana depois, no dia 12 de julho, Bolsonaro chegou no aeroporto Campo Grande para uma agenda de dois dias. Ele foi recebido, como de costume, por uma multidão aos gritos de “mito”, “Bolsonaro presidente da República” e “nossa bandeira nunca será vermelha”, em referência ao PT, um de seus principais alvos. O deputado fez um discurso logo depois de desembarcar. “No que depender de mim, todo cidadão de bem terá o direito de ter uma arma de fogo em casa” afirmou ele, em seu discurso, ressaltando logo em seguida que não estava em campanha. Essa tem sido uma preocupação de Bolsonaro para evitar eventuais punições da Justiça por propaganda eleitoral antecipada. “Deixo claro que essa nossa viagem não tem qualquer conotação político partidária e muito menos eleitoral” disse ele, em vídeo para anunciar sua visita a Mato Grosso do Sul.A principal agenda no estado era no dia seguinte, no município de Nioaque: a celebração dos 150 anos da retirada da Laguna, um dos episódios mais dramáticos da Guerra do Paraguai. Bolsonaro serviu de 1979 a 1981 no 9º Grupo de Artilharia de Campanha (9º GAC), uma unidade do Exército localizada em Nioaque. No dia 5 de maio, o gabinete de Bolsonaro emitiu passagens de Brasília para Florianópolis, por R$ 571,69, e de Navegantes (SC) para o Rio, a R$ 1.179,39, pela Gol. O deputado chegou na capital de Santa Catarina no dia 18 de maio e fez palestras nos dias seguintes em Joinville, Jaraguá do Sul e Blumenau, além de conceder entrevistas. Na mesma data, 5 de maio, foram emitidas passagens para Bolsonaro de Brasília para Londrina (PR), por R$ 568,69, e de Maringá (PR) para o Rio, a R$ 1.097,39. Os dois trechos foram comprados na Gol. O deputado fez palestras em Londrina, no dia 25 de maio, e em Maringá, no dia seguinte. Na quinta-feira, Bolsonaro foi alvo de uma ovada durante visita a Ribeirão Preto (SP). Em vídeo divulgado em redes sociais, o político aparece dentro de uma lanchonete, cercado de apoiadores, quando uma manifestante o atinge com um ovo no ombro. Bolsonaro estava na cidade para palestra organizada pelo PEN (Partido Ecológico Nacional). Surpreso após a hostilidade, Bolsonaro deixa o local em seguida, enquanto a mulher foi contida.

Militantes anti-Lula são presos com arma em Salvador

18 de ago de 2017 às 09:11 | em: Bahia,Brasil,Política

Foto: Ilustração

Cinco militantes anti-Lula foram detidos pela Polícia Militar da Bahia na noite desta quinta-feira (17) após um deles sacar uma arma durante chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Salvador. Adjalbas Pereira (que se identificou para a Folha como sendo policial) foi detido, segundo o major responsável pela segurança do ato. E será submetido a exame para confirmar se havia atirado para o alto no momento em que a van de Lula passava diante da calçada onde os cinco carregavam faixas em favor de intervenção militar no Brasil. Lula chegou a Salvador às 16h30. E pegou metrô para chegar à Arena Fonte Nova. No trem, viajou na cabine. No meio do caminho, um grupo exibia faixas contra o ex-presidente. Policiais cercaram os manifestantes para que não houvesse confronto com apoiadores de Lula. Segundo os policiais, um deles sacou a arma. Pereira e Marcelo Vasconcelos (que se identificou como blogueiro) já haviam discutido com petistas horas antes, dentro da estação onde Lula era aguardado. Diante da Arena Fonte Nova, um manifestante de apelido Jarrão também foi detido sob acusação de porte de armas. Ele e cerca de 30 manifestantes anti-Lula faziam um protesto em frente ao estádio. Diante de um boneco gigante do “pixuleko”, um repetia em um carro de som que todos de vermelho eram vagabundos. O boneco foi destruído até a dentadas.

Lula cresce e alcança 32% das intenções de voto

18 de ago de 2017 às 08:37 | em: Brasil,Política

Foto: Ilustração

Nova pesquisa do Instituto DataPoder 360 apontou crescimento nas intenções de voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso seja candidato às eleições presidenciais em 2018. Lula chegou a pontuar 32% na projeção, divulgada nesta quarta-feira (16). Nos dois cenários em que o nome de Lula é testado, o ex-presidente pontua 32% e 31%. Se a disputa fosse hoje, o líder petista seria o único presidenciável com vaga garantida no segundo turno. Em julho, as intenções de voto do petista nos dois cenários testados estavam em 23% e 26%. Os números de possíveis eleitores de Lula dispararam frente ao que o PT considera como “perseguição política e jurídica a que o ex-presidente vem sendo submetido”. A pesquisa do DataPoder360 foi realizada por telefone (com ligações para aparelhos fixos e celulares) de 12 a 14 de agosto. Foram feitas 2.088 entrevistas em 197 cidades. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Justiça Federal suspende homenagem a Lula na UFRB marcada para esta sexta-feira

17 de ago de 2017 às 17:00 | em: Brasil,Política

Foto: Reprodução

A Justiça Federal decidiu suspender a homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcada pera acontecer nesta sexta-feira (18) na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Cruz das Almas. O documento da 10ª Vara Federal Cível se refere a Lula como réu e sugere que o título de Doutor Honoris Causa outorgado pela instituição de ensino tem viés político. A decisão aponta que a homenagem visa “propiciar manifestação ruidosa do réu Luiz Inácio Lula da Silva” no local da entrega da homenagem ao coincidi-la com o evento onde ele está envolvido de visibilidade político-partidária denominado ‘Brasil em Movimento'”. A tutela de urgência que pediu a suspensão da entrega do título a Lula foi protocolada pelo vereador de Salvador Alexandre Aleluia (DEM). O ex-presidente receberia a homenagem durante sua caravana pelo Nordeste, que começa nesta quinta-feira (17) em Salvador. Em entrevista concedida ao jornal A Tarde, ele negou que sua viagem tenha como objetivo a construção de sua candidatura para 2018.

Neto acusa Rui de retirar PMs que prestam serviços à prefeitura: ‘Ação persecutória’

17 de ago de 2017 às 16:58 | em: Brasil,Política

Foto: Reprodução

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), acusou o governador Rui Costa (PT) de ordenar a retirada de 20 dos 35 policiais militares que prestam serviço na gestão de postos de saúde e na proteção institucional da prefeitura. Em vídeo publicado nas redes sociais nesta quinta-feira (17), o democrata disse que a ação foi uma retaliação ao fato de ele ter feito, na quarta (16), críticas à política de segurança pública estadual. “Essa é uma ação persecutória. Ele confunde autoridade com autoritarismo. Mas ele não está me prejudicando, está prejudicando nossa cidade”, bradou Neto. Ainda na série de ataques desferidos contra Rui, o prefeito da capital baiana disse que o governador está “muito enganado” se acha que a medida “vai calar minha voz”. “Eu vou continuar cobrando do governo do Estado, que vem perdendo a batalha para o crime, que comece a tomar providências”, finalizou.

Em busca de benefícios para Araci; vereadora Edneide do PT esteve em varias audiências em Secretarias do estado

16 de ago de 2017 às 14:49 | em: Araci,Política

Foto: Edineide Pereira do PT

A vereadora do Município de Araci, Edneide Pereira do PT, esteve em varias audiências em diversas Secretarias do Estado da Bahia nesta segunda-feira (14). O esforço, segundo ela, é para trazer mais benefícios para Araci e para o homem do campo. Ela esteve acompanhada de Rosival Leite, coordenador da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do estado da Bahia, Anderson (comunidade de Laranjeira), Edmundo (comunidade de Ribeira), senhor Lero (comunidade de Vargem Grande, região de Tapuio), Arivaldo (comunidade de Barbosa e assentamento Vale do Itapicuru) e Leone (morador de Bela Vista).

Foto: Edineide Pereira do PT

Ela participou de audiência com a coordenadora executiva da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), Renata Rossi e toda sua equipe. Na pauta estavam os títulos de terra urbano e rural e o Programa Nacional de Crédito Fundiário. Segundo a vereadora, a coordenadora se comprometeu a acelerar todos os títulos para poder efetivar a entregas dos mesmos. “Já estará licitando o processo para contratação de empresa para poder finalizar o processo de varredura na zona rural e finalizar a medição dos títulos de toda zona rural”, informou Edineide. Ela ainda informou que para a zona urbana, a pauta dos títulos de terra ficará sob responsabilidade da Prefeitura, mas Renata Rossi teria se colocado à disposição da vereadora e da prefeitura para poder continuar ajudando. A pedido de Edineide do PT, a coordenadora da CDA se comprometeu em realizar uma audiência publica para tratar dos dois temas o mais breve possível.

Foto: Edineide Pereira do PT

Logo após, a vereadora teve audiência com Jeronimo Rodrigue, secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia (SDA), e Wilson Dias, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). Eles receberam uma extensa pauta que a vereadora do PT já tinha entregado ao governador Rui Costa. Entre os pedidos, estavam: 1) barragem que foi efetivado os projetos a pedido da vereadora e da prefeitura, 2) mecanização agrícola, 3) forrageiras com reboque, 4) kits de irrigação para agricultores que praticam atividade de horticultura, 5) carro pipa para associações, dentre outras. O secretario Jeronimo Rodrigues e o presidente da CAR, Wilson Dias, comprometeram-se em cumprir a pauta e ajudar a agricultura familiar do município.

Foto: Edineide Pereira do PT

Edineide também teve uma audiência com o presidente da Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb), Marcos Bulhões, para tratar de instalações de poços artesianos e extensão de rede de água. Segundo a vereadora de Araci, o mesmo muito receptivo se comprometeu em resolver as demandas postas na mesa. Edineide também esteve em audiência na Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social. Com a superintendente Rose Pondé e sua equipe, ela ratificou a necessidade de mais cisternas para o município e solicitou também a possibilidade de doação simultânea do estado para entidades e órgãos que trata de pessoas em calamidade publica e extrema pobreza.

Foto: Edineide Pereira do PT

Ao final, foi apresentado o projeto que está sendo desenvolvido com a juventude de Araci. Ao final, Edineide esteve no INCRA para tratar as pautas do assentamento Vale do Itapicuru, no qual encaminhou varias demandas.

Vereador Marquinhos assina ato de seu retorno à Câmara de Vereadores de Araci

16 de ago de 2017 às 10:22 | em: Araci,Política

Foto: Ilustração

Na sessão desta terça feira (15), o vereador Marcos Antônio Pimentel (PRB) foi apresentado aos colegas de Plenário pelo presidente Jefson Miranda Cardoso Carneiro. Marquinhos pediu sua exoneração do cargo que ocupava na gestão do prefeito Silva Neto. Ele era Secretário municipal de Relações Institucionais e Comunicação Social.  Em sua vacância declarada na primeira sessão de instalação da legislatura em janeiro, assumiu o vereador Anastácio Oliveira Carvalho, suplente ao se eleger pelo PR na ultima eleição com 695 votos que lhe oportunizaram a condição de vereador.

⁠⁠⁠⁠⁠Secretário pede exoneração do cargo e assume vaga na Câmara de Vereadores de Araci

O Secretário de Relações Institucionais, Marcos Antônio Pimentel, mais conhecido como Marquinhos (PSDB), pediu na manhã desta quinta-feira (10) exoneração do cargo que tinha assumido no dia 02 de janeiro deste ano. Marquinhos foi eleito vereador nas eleições de 2016 e deve voltar a assumir sua vaga na Câmara Municipal de Araci esta semana.  Na época de sua posse como secretário, o suplente de vereador, Anastácio Carvalho (PR) assumiu a cadeira. Este já é o segundo pedido de exoneração dos primeiros escalões feito no Governo do Prefeito Silva Neto somente este ano. O primeiro foi feito pelo então diretor de esportes da época, Hidelmar Pinho.

Diretor de esporte e lazer de Araci, Hidelmar Pinho pede demissão do cargo

“Maia nunca conspirou contra Temer”, diz ACM Neto

15 de ago de 2017 às 10:23 | em: Bahia,Política

Foto: Ilustração

O prefeito de Salvador, ACM Neto, diz que seu correligionário Rodrigo Maia (DEM-RJ) “nunca conspirou” contra Michel Temer, embora já se trate abertamente em Brasília o ‘pós-Temer’, cujo protagonista seria o presidente da Câmara dos Deputados, a quem caberá convocar eleição indireta para escolha de um novo presidente. “Maia nunca assumiu a postura de conspirar contra o governo. Não escondo a amizade que tenho com Rodrigo Maia. Ele talvez seja um dos amigos mais próximos que tenho na política. Ele jamais assumiu uma posição de conspirar para derrubar o governo. Ele não faz isso porque sabe da sua responsabilidade como presidente da Câmara. Ele sabe da importância da estabilidade política. Com tudo isso o Dólar está caindo e a bolsa subindo. Tudo porque o Congresso tem dado lições de responsabilidade e compromisso com a política do Brasil”, disse ACM Neto em entrevista à rádio Metrópole nesta quarta-feira. Ainda segundo o democrata, se Rodrigo Maia tivesse “uma posição conspiratória, o Brasil estaria vivendo outro momento”. “Não é hora de intensificar a crise. Estou atuando como bombeiro nos bastidores”. ACM Neto não quis especular sobre possíveis dividendos que ele pudesse tirar no caso de o presidente da Câmara dos Deputados ascender à presidência da República. “Não faço essa especulação. A imprensa adora isso. Rodrigo Maia em hora nenhuma sentou comigo para discutir um governo dele, porque nunca pensou nisso”, garante ACM Neto, cuja candidatura ao governo da Bahia em 2018 é dada como certa por seus aliados. O prefeito escorregou quando questionado sobre o futuro do PMDB (partido de seu vice, Bruno Reis, e do ex-ministro Geddel Vieira Lima), a partir das próximas eleições. ACM Neto começou a resposta dizendo que o partido é parceiro, mas interrompeu e disse que “é um partido parceiro”. “O PMDB é um partido grande em todos os estados. É um partido que tem três vezes mais deputados do que o Democratas, por exemplo. Não vou fazer nenhuma crítica ao PMDB. Somos parceiros aqui na Bahia. Temos uma relação estreita de ação política aqui no estado…”, afirmou o democrata.

Marcelo Reis assume assessoria do deputado Alex Lima e garante defender aracienses em Salvador

14 de ago de 2017 às 11:05 | em: Araci,Bahia,Política

Foto: Reprodução

Marcelo Reis que foi candidato a vereador em Araci nas eleições municipais de 2016 e adquiriu 234 votos assumiu a assessoria do deputado estadual, Alex Lima (PTN) que foi apoiado pela ex-prefeita Nenca (PP) em 2014 e na época obteve 3.916 votos somente em Araci. Antes Marcelo estava a frente da assessoria do deputado federal, José Nunes (PSD). Ao A Voz do Campo na manhã desta segunda-feira (14), Marcelo agradeceu o deputado Alex Lima pela oportunidade de poder ajudar as pessoas e disse que irá defender a população de Araci com carinho especial. “Estou em Salvador e Araci buscando solucionar os problemas de saúde do povo e agora com essa parceria terei mais apoio,” disse Marcelo. O Deputado estadual Alex Lima foi na época eleito com 46.604 mil votos em diferentes municípios da Bahia, e é o parlamentar mais jovem da 18ª legislatura.

Fetraf Bahia avança nas políticas públicas da Agricultura Familiar junto ao Governo do Estado

14 de ago de 2017 às 10:32 | em: Política

Foto: Reprodução

Lideranças da agricultura familiar da Fetraf Bahia e os que compõem o fórum baiano da Agricultura Familiar participaram de audiência pública com o governador do estado Rui Costa nesta quarta-feira 09.08 para tratar sobre políticas públicas que irão avançar na produção e comercialização de alimentos saudáveis. Para o coordenador geral da Fetraf Bahia Rosival Leite, são ações estruturantes que vão fortalecer a agricultura familiar na Bahia. “Dentre os principais pontos está à política de convivência com o semiárido com foco nos recursos hídricos, ampliação da assistência técnica e extensão rural, escolas agrícolas para agricultura familiar, regularização fundiária e a comunicação estratégica, que são pilares para o avanço”, explica. A pauta entregue pelos representantes reivindica ao todo 10 pontos chaves para a continuidade dos trabalhos da agricultura familiar, cujo objetivo é produzir com sustentabilidade buscando a soberania alimentar do país. Elisangela Araújo, coordenadora do fórum baiano da Agricultura Familiar (FBAF), da direção da Fetraf Bahia e também da executiva nacional da CUT disse que a reunião é um exemplo do empenho do governo baiano para o crescimento da agricultura familiar. “Queremos reconhecer o esforço da Bahia, já que 80% dos recursos que a agricultura familiar recebia eram do Governo Federal e hoje nós não temos nem mesmo um ministério mais. A Bahia manteve os investimentos e o fortalecimento do segmento. Por isso a gente compreende que a Bahia é um estado importante para construir o futuro da agricultura familiar no Brasil”, afirmou. Participaram da reunião os secretários de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues e de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner. Os agricultores familiares entregaram cestas com produtos da agricultura familiar produzidos pelas cooperativas, num ato simbólico de reconhecimento e parceria do Governo com a valorização da Agricultura Familiar.

Foto: Reprodução

Seminário

Nesta quinta-feira 10.08 acontece o Seminário Estadual da Cooperativa de Assessoria Técnica e Educacional para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar (COTRAF), com a presença do secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues. O objetivo é capacitar 60 profissionais do estado nas especialidades de assistência técnica e extensão rural e ampliar o acesso destes serviços ao agricultor familiar, como também trabalhar novas tecnologias de captação de água para o consumo e produção.

Com a presença de Rosival Leite, Governador fortalece diálogo e ações para a agricultura familiar na Bahia

12 de ago de 2017 às 10:09 | em: Política,Sem categoria

Foto: Rosival Leite

A continuidade do fortalecimento da agricultura familiar na Bahia, a partir das conquistas já alcançadas, foi tema de reunião entre o governador Rui Costa e representantes do Fórum Baiano da Agricultura Familiar (FBAF), nesta terça-feira (8), na governadoria. Criada em 2006, a entidade reúne mais de 40 organizações de toda a Bahia e entregou uma pauta de dez assuntos a serem discutidos, sendo cinco deles prioritários. Participaram da reunião os secretários de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, o Coordenador Geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do estado da Bahia (FETRAF-BAHIA/CUT), Rosival Leite. Ao site A Voz do Campo ele disse que a reunião mostra que o Governador Rui Costa se empenha dia a dia para o crescimento da agricultura familiar no estado. “É um esforço que só vimos igual no governo Wagner. Mesmo com a crise, a Bahia manteve os investimentos e o fortalecimento neste segmento que está diretamente associado aos mais humildes. Agricultura familiar é a base de muita gente neste estado. Fortalecer esse segmento, é fortalecer o povo”, finalizou Rosival Leite.

Herdeira de banco suíço doa R$ 500 mil a Lula; petista teve bens bloqueados por Moro

11 de ago de 2017 às 15:06 | em: Notícias,Política

Foto: Ilustração

Uma herdeira do banco suíço Credit Suisse decidiu doar R$ 500 mil ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, depos que o petista teve os bens bloqueados pela Justiça. O juiz Sergio Moro determinou o bloqueio de quase R$ 10 milhões em planos de previdência e contas bancárias. De acordo com a Folha, Roberta Luchsinger fez a doação pessoal em dinheiro, joias e objetos de valor. “Com o bloqueio dos bens de Lula, Moro tenta inviabilizá-lo tanto na política quanto pessoalmente. Vou fazer uma doação para que o presidente possa usar conforme as necessidades dele”, declarou à coluna Rede Social, da Folha. Entre as doações estão um cheque ao portador no valor de 28 mil francos suíços, cerca de R$ 91 mil, da mesada que recebia do avô Peter Paul Arnold Luchsinger, morto em julho. “Foi o último cheque que recebi dele e vou repassar integralmente ao Lula. Agora já podem dizer que ele tinha conta na Suíça, aquela que os procuradores da Lava Jato tanto procuraram e não acharam”, ironizou. Roberta também vai doar um relógio Rolex, avaliado em R$ 100 mil, e um anel de diamantes da joalheria Emar Batalha, que vale cerca de R$ 145 mil. Os objetos serão entregues ao ex-presidente em uma mala, que contará ainda com uma bolsa Chanel (R$ 32 mil), um par de sandálias Christian Louboutin (R$ 3 mil) e um vestido Dolce e Gabbana (R$ 30 mil). “São itens que poderão ser leiloados em um evento em benefício ao ex-presidente”, sugeriu. Também foi incluído na lista uma bandeja de prata com o brasão da família Luchsinger, segundo Roberta em protesto pelo confisco dos presentes que o ex-presidente recebeu de chefes de Estado quando estava na Presidência. “Esse ódio exacerbado contra os partidos de esquerda, principalmente contra o PT, chegou ao ponto de cegar parte da socieade. Virou moda se referir a Lula como ladrão. Esses que hoje o demonizam se esquecem de que Lula foi bom para os pobres e também para os ricos e deixou a Presidência com 90% de aprovação”, observou Roberta, que pretende se candidatar a deputada federal pelo PCdoB nas eleições de 2018.

Desembargador aceita denúncia contra Prefeito de Teofilândia; Tércio vira réu por crime de responsabilidade

11 de ago de 2017 às 09:02 | em: Política,Teofilândia

Foto: Ilustração

O Desembargador Federal Cândido Ribeiro foi relator do processo de inquérito policial n. 0029630-43.2017.4.01.0000, em 08/08/2017, na 2° Seção do TRF-1, em Feira de Santana. Dentre os indiciados está o atual prefeito de Teofilândia, Tércio Nunes. A denúncia foi recebida pela Justiça Pública em 23/07/2014. São réus no processo: Tércio Nunes Oliveira, Michelle Cardoso de Lima, Delmar Pinheiro Queiroz e José Ruan de Jesus. Segundo o documento do JusBrasil (VER), a denúncia é de prática, em tese, dos crimes crimes de responsabilidade dos Prefeitos Municipal, sujeitos ao julgamento do Poder Judiciário, independentemente do pronunciamento da Câmara dos Vereadores. O processo em tela versa sobre o art. 1º, I, do DL 201/67: “apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio”.

Procurado, o advogado do atual prefeito de Teofilândia se dispôs a enviar uma nota sobre o caso, mas até o momento o documento não foi enviado. A redação A Voz do Campo procurou contato com o prefeito através de contato telefônico e não obteve êxito. Márcio Santos informou ao site que o documento “só está informando a transferência do processo, devido a prerrogativa de função de Prefeito”.