Política

Justiça bloqueia R$ 9,9 milhões em bens de Geraldo Alckmin em processo ligado à Odebrecht

16 de abr de 2019 às 09:40 | em: Policia,Política
Foto: Reprodução / Jovem Pan

A Justiça de São Paulo bloqueou nesta segunda-feira (15) os bens do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. O processo está relacionado com uma denúncia de caixa 2 da Odebrecht para a campanha de 2014, em que Alckmin se reelegeu no primeiro turno. A decisão, que cabe recurso, é do juiz Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, atendendo a um pedido do Ministério Público (MP) de São Paulo. Muñoz ordenou o bloqueio de R$ 39,7 milhões dos investigados, incluindo Alckmin, a própria empreiteira e mais cinco réus executivos da empresa. O pedido de bloqueio em relação à conta de Alckmin é de R$ 9,9 milhões. Segundo o Ministério Público, a Odebrecht, entre os anos de 2013 e 2015, por meio de dois ex-diretores, teria “escolhido candidatos a governador e deputados estaduais que correspondem a suas pretensões de ser beneficiada em licitações, contratos de obras públicas e parcerias público-privadas, através de contribuições não declaradas à Justiça Eleitoral às respectivas campanhas políticas”. À Justiça, a defesa de Alckmin alegou que as delações premiadas seriam o único indício de caixa-2, mas o juiz rejeitou o pedido, alegando que há provas apresentadas pelo MP, além dos acordos de colaboração.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Bolsonaro retoma conversas com partidos nesta terça-feira (09)

09 de abr de 2019 às 09:20 | em: Brasil,Política
Foto: Reprodução / Agencia Brasil

O presidente Jair Bolsonaro retoma o diálogo com dirigentes de partidos políticos em busca de apoio para a aprovação de medidas no Congresso Nacional, especialmente a reforma da Previdência. Hoje (9) e amanhã (10), Bolsonaro deve se reunir com representantes de seis legendas: PSL, PR, Novo, Avante, Podemos e Solidariedade. “O presidente Jair Bolsonaro acredita que o encontro com os presidentes de partidos, na semana passada, e os que vão ocorrer esta semana, significam um reforço muito importante, sob o ponto de vista político, à reforma da Previdência”, afirmou o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros. Na agenda presidencial de hoje constam reuniões com o PR e o Solidariedade. Às 11h30, Bolsonaro receberá o senador Jorginho Mello (PR/SC) e o deputado Wellington Roberto (PR/PB). Na sequência, irão ao Palácio do Planalto os deputados Paulinho da Força (SP), presidente nacional do Solidariedade, e Augusto Coutinho (PE), líder do partido na Câmara. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, participa das reuniões com os partidos.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Deputado baiano apresenta projeto na Câmara para proibir “nepotismo eleitoral”

06 de abr de 2019 às 08:01 | em: Política
Foto: Divulgação

O deputado federal Joseildo Ramos (PT-BA) apresentou nesta sexta-feira (5) na Câmara um projeto de lei que proíbe o “nepotismo eleitoral”. O texto propõe que parentes de até segundo grau não possam disputar a mesma eleição. Caso aprovado, o projeto de lei vai impedir que pais, filhos, maridos e esposas de um candidato tentem se eleger no mesmo ano. Segundo Joseildo, a proposta visa que famílias inteiras sejam perpetuadas no poder. “Recursos que hoje poderiam contribuir em campanhas de candidatos que representem a sociedade em sua pluralidade podem ser utilizados para financiar candidaturas de integrantes de uma mesma família, fomentando o nepotismo eleitoral e contribuindo para a sub-representação nos espaços de poder”, comentou.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Vereadores de Queimadas discutem e trocam socos antes da sessão

03 de abr de 2019 às 12:12 | em: Notícias,Política,Queimadas
Foto: Montagem A Voz do Campo

Na manhã desta quarta-feira (03) os vereadores de Queimadas, José Ariel (PSD) e Mario Regis (PTN), discutiram antes o inicio da sessão. O motivo foi o Projeto de Regulamentação de Aparelhos sonoros no município. Segundo informações repassadas ao site A Voz do Campo, a discussão verbal partiu para as vias de fato, com socos. A briga foi apartada logo no início. Ambos passam bem.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

ALBA gastará R$ 534 mil mensalmente com alimentação para deputados e funcionários

23 de mar de 2019 às 16:11 | em: Bahia,Política
Foto: Ilustração

Com dispensa de licitação, a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) contratou à Lemospassos Restaurantes Industriais para preparo e fornecimento de alimentação para deputados e servidores do Legislativo. Segundo o Bahia Notícias, a empresa contratada em regime emergencial até que a Casa Legislativa resolva um imbróglio com a Justiça, receberá R$ 534 mil mensalmente. Além do preparo de alimentos, a LPATSA também ficará responsável pelo serviço de buffet para eventos oficiais internos e externo às dependências  da AL-BA.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Investigação da Lava Jato diz que Temer é chefe de organização criminosa há 40 anos

21 de mar de 2019 às 16:31 | em: Brasil,Notícias,Política
Foto: Ilustração

Uma investigação da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro afirma que o ex-presidente Michel Temer é chefe de uma organização criminosa que atua no estado há 40 anos. A organização teria faturado mais de R$1,8 bilhão em operações criminosas, segundo informações do G1. Preso em São Paulo na manhã desta quinta-feira (21), em sentença protocolada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Temer teria recebido R$1 milhão em propina da Engevix, comandada pelo empresário José Antunes Sobrinho, segundo a decisão do Ministério Público Federal (MPF). A prisão reventiva foi decretada após delação do próprio dono da Engevix à  polícia federal. Além de Temer, foram presos temporariamente Rodrigo Castgro Alves Neves e Carlos Jorge Zimmermann. Outras 8 prisões preventivas foram decretadas, sendo elas de Michel Miguel Elias Temer, João Baptista Lima Filho (Coronel Lima), Wellington Moreira Franco, Maria Rita Fratezi, Carlos Alberto Costa, Carlos Alberto Costa Filho, Vanderlei De Natale e Carlos Alberto Montenegro Gallo.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Moreira Franco, ex-ministro de Temer, é preso

21 de mar de 2019 às 13:01 | em: Brasil,Política

O ex-ministro Moreira Franco (Ueslei Marcelino/Reuters)

O ex-ministro Moreira Franco foi preso na manhã desta quinta-feira. Ele foi alvo de mandado de prisão preventiva emitido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Moreira Franco foi ministro da Secretaria-Geral da Presidência e de Minas e Energia no governo Temer. O emedebista também foi ministro no governo Dilma Rousseff, nas secretarias de Aviação Civil e Assuntos Estratégicos. Franco também foi governador do Rio de janeiro entre 1987 e 1991, além de ter tido três mandatos como deputado federal. Moreira Franco é casado com Clara Maria de Vasconcelos Torres Moreira Franco, sogra do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Segundo a GloboNews, o ex-ministro foi preso na saída do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. A Polícia Federal tem mandados de busca e apreensão a cumprir em endereços residenciais ligados a ele. Mais cedo, o ex-presidente Michel Temer também havia sido preso.  Ao todo, a PF cumpre oito mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária e 24 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Distrito Federal. A Operação Descontaminação, como foi chamada pela Polícia Federal, decorre do elementos colhidos nas operações Radioatividade, Pripyat e Irmandade, deflagradas a partir de colaboração firmada pela PF. Desde dezembro de 2015, o juiz Marcelo Bretas é responsável pelo processo decorrente da Operação Radioatividade, que investiga um esquema de corrupção na Eletronuclear envolvendo as obras da usina de Angra 3. O caso havia saído das mãos do então juiz Sergio Moro, no fim de outubro daquele ano, após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki determinar que o processo da Eletronuclear fosse separado do que investiga o esquema de corrupção na Petrobras.

MDB diz que não há irregularidade

O MDB, partido dos dois políticos, lamentou as prisões. “O MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa”, diz o texto. (Veja)

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Força-tarefa da Lava Jato prende Michel Temer

21 de mar de 2019 às 11:23 | em: Brasil,Política
Foto: Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (21), a Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro prendeu, o ex-presidente da República. Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia. Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Desde quarta-feira (20), a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Deputados baianos que fizeram campanha para Haddad se tornam vice-líderes de Bolsonaro no Congresso

20 de mar de 2019 às 09:05 | em: Bahia,Política

Foto: Reprodução

Deputados baianos que integram a base do governador Rui Costa (PT) e apoiaram Fernando Haddad (PT) nas eleições presidenciais, foram escolhidos para serem vice-líderes do governo no Congresso. São eles: José Rocha (PR) e Cláudio Cajado (PP).  O pepista era filiado ao Democratas e migrou para a sigla do vice-governador João Leão no ano passado. “Através de ato do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro , assumi ontem a função de 1o Vice-Lider do Governo Federal no Congresso Nacional, ao lado da Lider Deputada Joice Hasselmann”, escreveu Cajado em postagem nas redes sociais.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Dayane Pimentel apresenta projeto que prevê fim de cotas raciais em instituições de ensino

15 de mar de 2019 às 23:26 | em: Bahia,Política

Foto: Divulgação / Dayane Pimentel

Membro da Comissão de Educação na Câmara dos Deputados, a federal baiana Dayane Pimentel (PSL) apresentou nesta quarta-feira (13) um projeto que prevê o fim da reserva racial de vagas para o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio.  No texto do projeto, Dayane Pimentel revoga a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Batizada como “Lei das Cotas”, a norma estabeleceu a reserva de 50% das vagas de instituições públicas para estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo (um salário-mínimo e meio) per capita. Mais tarde, a lei possibilitou também a criação de outras modalidades de cotas, como a racial.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Prefeito de Morro do Chapéu dá soco em fazendeiro durante reunião

08 de mar de 2019 às 15:51 | em: Brasil,Política

Foto: Reprodução

Uma reunião do prefeito Leo Dourado (PR) com moradores do distrito de Icó, no município de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, acabou em pancadaria. Vídeos divulgados nas redes sociais mostram uma discussão acirrada entre o prefeito Leo Dourado e o empresário Aderbal Oliveira, mais conhecido como Aderbalzinho, proprietário de uma fazenda em Morro do Chapéu. A briga começou durante o pronunciamento do empresário, que teria sido acusado “de ter pedido a um funcionário da prefeitura para pagar o salário de um trabalhador de sua fazenda”. Nesse momento, iniciou-se um bate-boca entre as partes. Na discussão, Aderbalzinho chamou o prefeito de “moleque”, que reagiu com um soco no rosto do opositor. A reunião acabou em confusão.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Euclides da Cunha recebe poços e estrutura hidráulica através de deputados

01 de mar de 2019 às 15:52 | em: Bahia,Euclides da Cunha,Política

Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (01), o deputado federal José Nunes (PSD), publicou em suas redes sociais imagens da construção da infraestrutura hidráulica, elétrica, física e técnica que está sendo desenvolvida pelo Programa Águas do Sertão em Euclides da Cunha. Através do pedido do deputado estadual Adolfo Menezes, e do federal, José Nunes, também serão colocados em funcionamento dois poços artesianos por conta da Embasa, que irá atender a sede do município. “No último dia 23 de janeiro, recebi a garantia do Superintendente da Embasa, Dr. Raimundo Neto, que nos próximos 90 dias serão colocados em funcionamento (final de março/inicio de abril). Resolvendo assim um problema que nossa população tanto deseja”, disse José Nunes

Galeria de fotos
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

PDT discute Reforma da Previdência em Brasília

26 de fev de 2019 às 14:21 | em: Brasil,Política

Foto: Ilustração

O PDT realizou, na última terça-feira (19), um debate sobre a Reforma da Previdência. Segundo o deputado Félix Mendonça Junior, que participou do debate, o evento foi realizado na sede nacional do partido, em Brasília, e teve a participação das bancadas da Câmara e do Senado, além de lideranças e filiados. “Este foi o primeiro de vários debates que vão acontecer por todo o Brasil, para discutir um modelo de reforma adequado às diferentes realidades sociais do nosso país”, disse Félix.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Em última manifestação a ONU, Lula diz que foi tratado com ‘cruel mesquinhez’ pelo Brasil

24 de fev de 2019 às 10:58 | em: Política

Foto: Reprodução

Nessa quinta-feira (21), os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entregaram a última manifestação dele ao Comitê de Direitos Humanos da ONU. Com isso, o processo está pronto para ser julgado, o que deve ocorrer em março. Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, a defesa rebateu as alegações do governo brasileiro no documento e diz que Lula foi tratado com ‘cruel mesquinhez’ pelo estado. Para embasar esse argumento, os advogados listaram as sentenças que negaram os pedidos para que o petista saísse da prisão, mesmo que temporariamente, como foi o caso do velório de Vavá, irmão do ex-presidente, no mês passado. Além disso, de acordo com a publicação, a defesa de Lula afirma que, ao aceitar o convite do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o Ministério da Justiça, o ex-juiz Sergio Moro colocou em xeque sua própria afirmação de que agiu com isenção no caso de Lula.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Deputada Dayane Pimentel é acusada de desvio de verba pública partidária para sua campanha

17 de fev de 2019 às 13:13 | em: Bahia,Política

Foto: Reprodução | Blog de Giorlando Lima

O Vereador David Salomão (PTC), do município de Vitória da Conquista, usou a tribuna da Câmara para alertar ao Presidente Jair Bolsonaro, sobre a Deputada Federal Dayane Pimentel, que é Presidente do PSL da Bahia e o seu esposo Alberto Pimentel, secretário do partido no Estado. Segundo o site Feira Denúncias, aliado e da base do Presidente da República, o vereador acusa a Deputada de desviar R$ 483 mil reais da verba partidária para sua campanha, ficando ela com a maior parte do dinheiro. Ele ainda acusa o esposo da Deputada Alberto Pimentel, hoje Secretário Municipal do Governo de ACM Neto, de ser cheio de antecedentes criminais. Ao final do pronunciamento, o vereador até alerta o Presidente Bolsonaro a sair do PSL. O site A Voz do Campo tentou contato com o PSL na Bahia, através de seus contatos institucionais, e não obteve êxito.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Prefeita e vice de Conceição do Jacuípe são cassados por abuso de poder econômico

12 de fev de 2019 às 14:42 | em: Notícias,Política

Foto: Reprodução / Berimbau Notícias

A prefeita de Conceição do Jacuípe, Normélia Maria Rocha Correia e o vice- prefeito, Antônio Carlos de Brito, tiveram os mandados cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). A sentença, publicada nesta terça-feira (12), foi decretada pelo juiz Abraão Barreto Cordeiro, da 192ª Zona Eleitoral. Normélia Correia e Antônio Carlos Brito foram condenados por abuso de poder econômico nas eleições de 2016, quando Normélia Correia foi reeleita. Na análise da ação, o juiz considerou abuso de poder econômico na distribuição de cestas básicas em proveito da então candidata. Nas ações, uma empresa contratada para coleta de lixo no município auxiliava a distribuição das cestas básicas. Ainda conforme a decisão, uma servidora municipal ligada à gestora, acompanha as entregas dos produtos, fazendo um gesto expresso com os dedos do número 10, usada pela prefeita nas eleições de 2016.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Rui Costa nomeia sete secretários; posse acontece nesta quinta-feira (07)

07 de fev de 2019 às 09:02 | em: Bahia,Política

Foto: Reprodução

O governador Rui Costa (PT) nomeou sete secretários e irá empossar os novos integrantes do governo na tarde desta quinta-feira (7), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Os atos foram publicados no Diário Oficial do Estado desta quinta. Foram nomeados: Lucas Teixeira Costa (Agricultura), João Leão (Desenvolvimento Econômico), Leonardo Góes (Infraestrutura Hídrica e Saneamento), João Carlos Oliveira (Meio Ambiente), Walter Pinheiro (Meio Ambiente), Davidson Magalhães (Trabalho, Emprego, Renda e Esporte) e Fausto Franco (Turismo). Na mesma edição, os antigos titulares foram exonerados: Andrea Mendonça (Agricultura), Luiza Maia (Desenvolvimento Econômico), Cássio Peixoto (Infraestrutura Hídrica e Saneamento), Geraldo Reis (Meio Ambiente), Antonio Henrique Moreira (Planejamento), Vicente Neto (Infraestrutura Hídrica e Saneamento) e José Alves (Turismo).

Indefinição

O governador ainda não anunciou os titulares de cinco pastas: Desenvolvimento Rural (SDR); Relações Institucionais (Serin); Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS); Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Ciência e Tecnologia (Secti).

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Barrado na Câmara, deputado eleito agride segurança

01 de fev de 2019 às 13:29 | em: Brasil,Política

Foto: Reprodução

Senador até esta sexta-feira (1º), quando tomou posse como deputado federal, José Medeiros (Pode-MT) se irritou com a segurança do Congresso depois de ter a entrada barrada três vezes. Medeiros foi para cima dos seguranças, mas foi contido por homens que estavam ao seu redor. O agora deputado disse que exigiram dele um holograma -adesivo para a cerimônia de posse-, embora estivesse com o bottom de parlamentar, o que o libera automaticamente. “Não é a primeira vez que essas pessoas põem a mão em mim. Não vou ficar falando ‘sou parlamentar’. Acho pedante. Fiquei quieto”, disse, arfando, logo após o incidente. “Depois fui com a minha esposa, e eles vieram me agradar. Aí não. Aí é demais.” Medeiros afirmou que não pretende tomar providência, mas condenou o contato físico. “Daqui a pouco ele está dando entrevista que é coitadinho. ‘Um parlamentar tentou forçar a entrada no Parlamento’…”, ironizou. O segurança não quis se manifestar.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Otto Alencar quer um nome novo para o Senado Federal e descarta Renan Calheiros

26 de jan de 2019 às 09:12 | em: Bahia,Política

Foto: Reprodução

O senador Otto Alencar, que apoia o nome de seu liderado Ângelo Coronel (PSD) para a presidência do Senado, questionado pelo jornalista Levy Vasconcelos sobre Renan Calheiros, que também é candidato na Câmara Alta, declinou. Disse que defende um nome novo e vai esperar a reunião da bancada, terça-feira (29).

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Com medo de ameaças, Jean Wyllys desiste de mandato e deixa o Brasil

24 de jan de 2019 às 16:26 | em: Brasil,Política

Foto: Reprodução / Folha de S. Paulo

Nesta quinta-feira (24), o deputado federal reeleito Jean Wyllys (PSOL-RJ) anunciou  que não vai tomar posse para o novo mandato, previsto para começar em 1º de fevereiro. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o parlamentar alegou que recebe ameaças e teme por sua vida. Ele ainda afirmou que deixará o país. Em seu perfil no Twitter, Wyllys agradeceu aos eleitores e afirmou que preservar sua integridade também é uma forma de luta. “Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores. Fizemos muito pelo bem comum. E faremos muito mais quando chegar o novo tempo, não importa que façamos por outros meios! Obrigado a todas e todos vocês, de todo coração. Axé!”, postou. Caso assumisse, a nova legislatura seria seu terceiro mandato parlamentar consecutivo, em que se elegeu com 24 mil votos. Jean já está no exterior, de férias, e disse que não pretende retornar ao Brasil. A vaga deixada por Jean será assumida por David Miranda (PSOL-RJ), segundo informou o site da Câmara dos Deputados. Miranda também tem a pauta LGBTI+ como causa de atuação. Em entrevista à Folha, Jean afirmou que tem recebido muitas ameaças e que o fato de ser desafeto público do presidente Jair Bolsonaro (PSL) o deixa em situação ainda mais delicada. Outro fator citado por ele diz respeito ao fato de familiares de um ex-PM suspeito de chefiar a milícia investigada pela morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco, e do motorista Anderson Gomes. “Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário”, afirma Wyllys. “O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim”, acrescenta. O parlamentar afirmou ao jornal que pretende se dedicar à vida acadêmica, investindo em um mestrado, mas não revelou para onde pretende ir. O deputado que está nos últimos dias de atual legislatura – que se encerra em 31 de janeiro -, afirmou que o nível de tensão em que tem vivido é muito alto é que a decisão não foi fácil, principalmente, pela privação da vida com familiares e amigos. Mas, considerou que a situação estava insustentável. “Como é que eu vou viver quatro anos da minha vida dentro de um carro blindado e sob escolta? Quatro anos da minha vida não podendo frequentar os lugares que eu frequento?”, afirmou ao jornal.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.