Mundo

Trump pede às Forças Armadas da Venezuela que deixem de apoiar Maduro

19 de fev de 2019 às 09:44 | em: Mundo,Notícias

Foto: Reprodução

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, pediu às Forças Armadas da Venezuela que deixem de apoiar o presidente Nicolás Maduro ou correrão o risco de perder tudo. Nessa segunda-feira (18), Trump falou na Flórida, diante de um público que incluía imigrantes venezuelanos. Ele afirmou que os Estados Unidos buscam uma transição de poder pacífica na Venezuela, mas que todas as opções estão disponíveis. Donald Trump alertou que, caso os militares venezuelanos continuem a apoiar Maduro, eles não encontrarão um refúgio seguro ou uma saída fácil, ficarão sem saída e perderão tudo. Os Estados Unidos e outras nações ocidentais apoiam o líder oposicionista da Venezuela, Juan Guaidó, que se declarou presidente interino. Nicolás Maduro, por sua vez, é apoiado pela China e a Rússia. O presidente americano chamou Maduro de um fantoche de Cuba. Ele criticou os governos socialistas da Venezuela, de Cuba e da Nicarágua, afirmando que os dias do socialismo estão contados nesses países. Aparentemente, o discurso duro de Trump tem por objetivo conquistar o apoio de imigrantes hispânicos que fugiram de governos esquerdistas nas Américas Central e do Sul. A Flórida é um dos principais campos de batalha eleitoral no pleito presidencial de 2020.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Qual a temperatura ideal para o ar-condicionado consumir menos energia?

08 de fev de 2019 às 15:55 | em: Mundo

Foto: Ilustração

Depois de um mês de janeiro que foi o mais quente da história, em Curitiba, e do século, para diversas cidades brasileiras, as temperaturas finalmente se amenizaram, mas o calor promete retornar ainda em fevereiro. Junto com a temperatura, o que pode ir até as alturas nessa época é a conta de luz – algo que, segundo especialistas em climatização, pode ser culpa dos próprios usuários. Isso porque a temperatura que aparece no visor do ar-condicionado influencia – e muito! – os índices de consumo de energia, graças a um fator chamado “carga térmica”, a diferença entre a temperatura externa e a desejada pelo usuário do aparelho. Usar o aparelho em 23ºC ou 24ºC pode significar uma economia significativa e o mesmo conforto que se alcança quando o ar está em 18°C ou 20ºC. De acordo com o engenheiro mecânico Arnaldo Lopes Parra, especializado em climatização e vice-presidente de marketing da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-condicionado e Ventilação (Abrava), entre a cada grau que se reduz no controle remoto do equipamento, são cerca de 3,5% de aumento no consumo de energia. “Existem alguns estudos da Abrava que comprovam que, se o ar estava em 23ºC e a temperatura for aumentada para 25ºC, há uma redução de 7% no consumo”. Ele complementa que, quando as referências são números mais baixos, como 18ºC ou 19ºC, por exemplo, a economia pode ser ainda mais significativa, uma vez que a carga térmica será maior e exigirá mais esforço da máquina. “É o mesmo raciocínio do consumo de combustível de um automóvel. Se você anda a 80 km/h em uma via plana, o consumo de gasolina é menor do que quando você dirige na subida, pois exige muito mais do carro”, exemplifica. Em outras palavras, quanto mais quente estiver lá fora, mais esforço a máquina tem que fazer para rejeitar o calor do ambiente e alcançar as temperaturas desejadas, o que pode resultar em cerca de 20% de consumo de energia adicional se você optar por 18ºC ou 20ºC no visor.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Homem quer processar pais por nascer sem seu consentimento

07 de fev de 2019 às 17:14 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Um homem de 27 quer processar os pais, pois não pediram consentimento a ele para trazê-lo ao mundo. Raphael Samuel, de Mumbai, na Índia, afirma que ama os pais e que tem um bom relacionamento com eles, e diz que ele só nasceu “para a alegria o prazer deles”. O indiano afirma que é contra a procriação, para que as crianças não sofram na vida. Ele quer que as pessoas saibam que não ter filhos é uma opção do casal e incentiva as pessoas a perguntarem a seus pais por qual motivo eles decidiram ter um filho. “Minha vida tem sido incrível, mas eu não vejo por que eu deveria colocar outra vida no mundo para ter que estudar e encontrar uma carreira, especialmente quando ela não pede para existir”. Raphael destaca que muitos casais têm filhos por pressão familiar, e que muitas pessoas se tornam pais apenas por querer uma boa noite juntos, com a gravidez sendo uma consequência disso. Quanto à tentativa de processar os pais, a grande questão é explicar como alguém que ainda não nasceu pode dar ou não consentimento para isso. (Bahia Noticias).

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Garoto de 12 anos distribui milhares de almoços gratuitos a desabrigados

29 de jan de 2019 às 21:05 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Liam Hannon pode ter apenas 12 anos, mas já está fazendo uma grande diferença em Massachusetts, na costa leste norte-americana. Liam é o fundador e operador do Liam’s Lunches of Love (ou Almoços de Amor do Liam), uma organização sem fins lucrativos dedicada a distribuir refeições aos sem-teto da cidade de Cambridge.  Ao longo do último ano, Liam distribuiu mais de dois mil almoços gratuitos para a população desabrigada de sua vizinhança – um ato de bondade que não passou despercebido por sua comunidade. “Neste momento, quando parece haver tanta negatividade ao nosso redor, talvez você tenha que voltar a sua atenção para um jovem de 12 anos para recuperar as esperanças”, disse o prefeito de Cambridge, Marc McGovern à uma rede de televisão local. “Liam me dá esperança para o futuro de Cambridge, o país e o mundo”.  Em cada saquinho de papel para embrulho das marmitas, Liam escreve uma mensagem manuscrita, muitas vezes acompanhada de um pequeno desenho encorajador. Outras pessoas de todos os EUA contribuíram para a missão de Liam, enviando-lhe também os seus próprios saquinhos de almoço ilustrados. “É uma maneira de dar alegria às pessoas, talvez despertar algo nelas que possa mudá-las”, disse Liam.  O pai de Liam, Scott, criou uma campanha no GoFundMe (vaquinha online) de modo a arrecadar dinheiro para a organização de seu filho, e até o momento arrecadou mais de US$ 45 mil (R$ 160 mil) – recurso que Liam usará para comprar um caminhão de alimentos, para poder viajar mais facilmente por Boston e oferecer seus lanches gratuitos à população sem-teto.

Assista ao vídeo abaixo:

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Emocionante: Menino comemora fim do câncer dançando Michael Jackson

23 de jan de 2019 às 17:09 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Uma dança contagiante ao som de Michael Jackson! Foi assim que um garotinho de 5 anos comemorou o último tratamento contra o câncer. Solomon Haufano Jr. foi diagnosticado com câncer de abdômen em 2018 e encaminhado para tratamento no Hospital Infantil de Seattle, nos Estados Unidos.  Durante os tempos difíceis, as músicas de Michael Jackson e os movimentos de dança favoritos de Solomon o ajudaram a passar pelo tratamento. Para a mãe de Salomon, Leni Lutui, a música é o melhor remédio.”Foi como um entretenimento no hospital”, disse Lutui.

O câncer

O pai de Salomon morreu de câncer no cérebro, logo depois de o menino nascer. “Ele não entendia o que era câncer. Ele não entendia por que estávamos lá por tanto tempo”, disse Lutui. Então, um dia, Solomon fez uma descoberta. “Minha irmã mostrou a ele os vídeos de Michael Jackson, e então ele ficou apaixonado”, disse Lutui. Se Salomon estivesse em dificuldades, ele ligaria o som do Michael Jackson e dançaria.

A dança

Após oito longos meses, a família chegou a um momento especial. “Dissemos a ele que esta é sua última quimioterapia, e nós vamos voltar para casa para sempre. Você deveria começar a dançar, certo?”, recomendou Lutui. Foi então que ele decidiu comemorar com a dança. O garotinho fez uma performance que foi compartilhada nas redes sociais. O vídeo, divulgado este mês, foi compartilhado pela página Strong Against Cancer e continua fazendo sucesso. Viralizou com mais de 5 milhões de compartilhamentos. Agora, o garotinho está de volta em casa, onde eles celebram seu sucesso. Salomon ainda toma remédio, mas planeja continuar dançando. Além de se apoiar na música, a família diz que recebeu cuidados incríveis dos médicos e enfermeiras do Hospital Infantil de Seattle.

Veja o vídeo:

#StrongAgainstCancer Solomon Finishes Cancer Treatment

We're SO happy about this news coming from #StrongAgainstCancer HQ at Seattle Children's: Solomon finished cancer treatment! To celebrate, he rang in the new year in the perfect way – with his favorite Michael Jackson dance moves.

Posted by Strong Against Cancer on Thursday, January 3, 2019

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Bebê de nove meses sofre 25 paradas cardíacas em um dia

22 de jan de 2019 às 16:10 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Por conta de um problema congenital raro, o pequeno  Theo Fry, de um ano e seis meses, sofre com problemas cardíacos que faz com que seu coração não faça o bombeio correto de sangue para o resto do corpo. Nascido na Inglaterra, o garotinho foi submetido a uma cirurgia cardíaca. Ao jornal The Mirror,pai Steven Fry, 35 anos, disse que por pouco não perdeu o filho. “Nos disseram que se não tivéssemos telefonado para 111 naquela noite, Theo não teria acordado na manhã seguinte”, disse Steven.  A mãe Fauve Syers disse que durante a reanimação cardíaca que fizeram no menino, pensava: ‘Oh meu Deus, por favor, não deixe que este seja seu último suspiro’, lembrou a Fauve Syers, a mãe de Theo. Após ser internado por três meses, o pequeno bebê teve outra parada cardíaca, devido a uma septicemia, mas se recuperou bem e teve alta.Em casa as idas ao hospital eram constantes devido a arritmia cardíaca e o medo de que o pequeno tivesse outra parada cardíaca. Aos 9 meses, Theo sofreu 25 paradas cardíacas em apenas um dia. A mãe da criança lembra como foi difícil ver o filho sofrendo. “Foi horrível. Ele estava tendo ataque após ataque. Eu sabia que ele não aguentava muito mais. Toda vez que acontecia, as enfermeiras chamavam pela equipe de detenção”, relembrou emocionada durante a entrevista. Theo ficou na sala de cirurgia por dez horas até que os médicos encontraram seu ventrículo esquerdo coberto de tecido cicatricial, que o impedia de funcionar adequadamente.Segundo o jornal The Sun, após a cirurgia, a criança teve uma recuperação instantânea e voltou para casa em poucos dias. Depois de um total de 30 paradas cardíacas até hoje e 17 cirurgias, ,Theo que tem 1 ano e seis meses passa bem.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Terremoto de magnitude 6,7 no Chile deixa dois mortos

20 de jan de 2019 às 11:47 | em: Mundo

Foto: Reprodução / Jonathan Campos / Gazeta do Povo

Um terremoto de magnitude 6,7 atingiu o Chile na noite deste sábado (19). Uma mulher e um homem idosos morreram em decorrência de parada cardíaca, segundo a polícia chilena. O tremor foi registrado em cinco regiões do centro e do norte do país, incluindo a capital Santiago, por volta das 22h30 no horário local. Nas horas após o terremoto, houve cerca de 14 tremores secundários, o maior deles de 4,3 graus. Mais cedo, o Escritório Nacional de Emergência do Chile (Onemi) chegou a iniciar uma “evacuação preventiva” na costa de Coquimbo –que já foi atingida por um tsunami que matou 12 pessoas em 2015. As autoridades chilenas, entretanto, já descartaram a possibilidade de um tsunami na região. Houve deslizamento de pedras em rodovias e queda de energia elétrica em algumas cidades atingidas. Prédios históricos foram danificados pelo tremor na cidade costeira de La Serena. “A sensação foi muito forte. Os turistas ficaram muito nervosos”, disse Camila Castillo, recepcionista em um hotel na cidade. O Chile está localizado na região conhecida como “círculo de fogo do Pacífico”. Isso faz com que o país seja um dos mais sísmicos do mundo, com tremores acima de oito graus registrados na última década.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Canadá quer receber mais de 1 milhão de novos imigrantes nos próximos três anos

19 de jan de 2019 às 10:59 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Lembra quando você disse a si mesmo/a que queria se mudar para o Canadá? Bom, agora é um bom momento para começar a arrumar suas malas! O Parlamento Canadense anunciou um plano para receber mais de um milhão de novos residentes permanentes nos próximos três anos. Isso é quase um por cento da população do país a cada ano. O Canadá recebeu mais de 286.000 residentes permanentes em 2018 e esse número pode chegar a 350.000 neste ano.

E 360.000 em 2020.

E 370.000 em 2021.

Muitos, muitos imigrantes, né?!

“Graças aos recém-chegados que recebemos ao longo de nossa história, o Canadá se tornou um país forte e vibrante de que todos gostamos”, disse Ahmed Hussen, ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC). Hussen, ele próprio um imigrante da Somália, disse que o afluxo ajudará a compensar o envelhecimento da população do Canadá e a taxa de natalidade em declínio, enquanto cresce sua força de trabalho. A postura amigável do Canadá em relação aos seus novos moradores contrasta com outras nações ocidentais, como os Estados Unidos, que estão adotando políticas de imigração mais restritivas. O Canadá é especialmente dedicado a oferecer proteção a refugiados, desde imigrantes advindos de países em zonas de guerra (como a Síria) a perseguidos políticos. A Agência de Refugiados das Nações Unidas relatou níveis sem precedentes de refugiados em 2017, com o número de deslocados forçados chegando a 68,5 milhões de pessoas. O IRCC, Departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania prometeu US$ 5,6 milhões para apoiar iniciativas globais de reassentamento.

Fonte: CNN

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019

19 de jan de 2019 às 08:00 | em: Mundo

Foto: Divulgação / OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, esta semana, uma lista com as 10 principais ameaças à saúde global no ano de 2019, dentre elas, surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, poluição, mudanças climáticas e crises humanitárias. De acordo com informações da Agência Brasil, o levantamento servirá para colocar em prática um novo plano estratégico de cinco anos, com o objetivo de garantir que um bilhão de pessoas a mais se beneficiem do acesso à saúde e da cobertura universal de saúde, estejam protegidas de emergências e desfrutem de melhor saúde e bem-estar.

Confira a lista de principais problemas a serem enfrentados em 2019, segundo a OMS:

Poluição do ar e mudanças climáticas

A estimativa da Organização Mundial da Saúde é que nove em cada 10 pessoas respiram ar poluído todos os dias. Poluentes microscópicos podem penetrar nos sistemas respiratório e circulatório, danificando pulmões, coração e cérebro, o que resulta na morte prematura de 7 milhões de pessoas todos os anos por enfermidades como câncer, acidente vascular cerebral e doenças cardiovasculares e pulmonares.

Doenças crônicas não transmissíveis

Dados da entidade mostram que doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares, são responsáveis por mais de 70% de todas as mortes no mundo – o equivalente a 41 milhões de pessoas. Isso inclui 15 milhões de pessoas que morrem prematuramente (entre 30 e 69 anos), sendo que mais de 85% dessas mortes prematuras ocorrem em países de baixa e média renda.

Pandemia de influenza

O mundo enfrentará outra pandemia de influenza – a única coisa que ainda não se sabe é quando chegará e o quão grave será. O alerta é da própria OMS, que diz monitorar constantemente a circulação dos vírus para detectar possíveis cepas pandêmicas.

Cenários de fragilidade e vulnerabilidade

A entidade destacou que mais de 1,6 bilhão de pessoas – 22% da população mundial – vivem em locais com crises prolongadas (uma combinação de fatores como seca, fome, conflitos e deslocamento populacional) e serviços de saúde mais frágeis. Nesses cenários, metade das principais metas de desenvolvimento sustentável, incluindo saúde infantil e materna, permanece não atendida.

Resistência antimicrobiana

A resistência antimicrobiana – capacidade de bactérias, parasitos, vírus e fungos resistirem a medicamentos como antibióticos e antivirais – ameaça, segundo a OMS, mandar a humanidade de volta a uma época em que não conseguia tratar facilmente infecções como pneumonia, tuberculose, gonorreia e salmonelose. “A incapacidade de prevenir infecções pode comprometer seriamente cirurgias e procedimentos como a quimioterapia”, alertou.

Ebola

No ano passado, a República Democrática do Congo passou por dois surtos de ebola, que se espalharam para cidades com mais de 1 milhão de pessoas. Uma das províncias afetadas também está em zona de conflito ativo. Em dezembro, representantes dos setores de saúde pública, saúde animal, transporte e turismo pediram à OMS e seus parceiros que considerem 2019 um “ano de ação sobre a preparação para emergências de saúde”.

Atenção primária

Sistemas de saúde com atenção primária forte são classificados pela entidade como necessários para se alcançar a cobertura universal de saúde. No entanto, muitos países não têm instalações de atenção primária de saúde adequadas. Em outubro de 2018, todos os países-membro se comprometeram a renovar seu compromisso com a atenção primária de saúde, oficializado na declaração de Alma-Ata em 1978.

Vacinação

Segundo a OMS, a relutância ou a recusa para vacinar, apesar da disponibilidade da dose, ameaça reverter o progresso feito no combate a doenças evitáveis por imunização. O sarampo, por exemplo, teve aumento de 30% nos casos em todo o mundo. “[A vacina] é uma das formas mais custo-efetivas para evitar doenças – atualmente, previnem-se cerca de 2 milhões a 3 milhões de mortes por ano”, diz a OMS. Além disso, 1,5 milhão de mortes poderiam ser evitadas se a cobertura global de vacinação tivesse maior alcance.

Dengue

Um grande número de casos de dengue é comumente registrado durante estações chuvosas de países como Bangladesh e Índia. Dados da OMS mostram que, atualmente, os casos vêm aumentando significativamente e que a doença já se espalha para países menos tropicais e mais temperados, como o Nepal. A estimativa é que 40% de todo o mundo esteja em risco de contrair o vírus – cerca de 390 milhões de infecções por ano.

HIV

De acordo com a entidade, apesar dos progressos, a epidemia de Aids continua a se alastrar pelo mundo, com quase 1 milhão de pessoas morrendo por HIV/aids a cada ano. Desde o início, mais de 70 milhões de pessoas adquiriram a infecção e cerca de 35 milhões morreram. Atualmente, cerca de 37 milhões vivem com HIV no mundo. Um grupo cada vez mais afetado são as adolescentes e as mulheres jovens (entre 15 e 24 anos), que representam uma em cada quatro infecções por HIV na África Subsaariana.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Explosão de carro-bomba na Colômbia deixa mortos em Escola Policial

17 de jan de 2019 às 18:24 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Um carro explodiu dentro da academia de polícia Escola General Santander, em Bogotá, na Colômbia, na manhã desta quinta-feira, 17, deixando pelo menos nove mortos e mais de vinte feridos, segundo informações dos jornais colombianos El Tiempo e El Espectador. As autoridades suspeitam que tenha sido um atentado terrorista com carro-bomba. O veículo que explodiu estava dentro da escola, que forma os oficiais da Polícia Nacional da Colômbia, por volta das 9h48 do horário local. Imagens mostraram o carro em chamas. Ambulâncias e helicópteros estão no local. Testemunhas disseram que ouviram uma explosão que destruiu as janelas de prédios próximos da escola.

Foto: Reprodução

O presidente Ivan Duque classificou o episódio como “um ataque miserável” e falou que a Colômbia não irá se curvar à violência. “Todos os colombianos rejeitamos o terrorismo e estamos unidos para combatê-lo”, publicou em rede social. Autoridades não sabem quem foi o autor do ataque. Recentemente, rebeldes da guerrilha de extrema esquerda do Exército de Libertação Nacional (ELN) têm aumentado os ataques em alvos de polícia na Colômbia em meio a uma disputa com Ivan Duque sobre como reiniciar as conversas sobre acordos de paz. Desde que ele tomou posse em agosto de 2018, ele se recusou a negociar um cessar-fogo. O ELN era considerado uma ameaça militar menor que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), cujo acordo de paz feito em 2016 desarmou os 7 mil guerrilheiros. Por décadas, moradores de Bogotá viveram sob atentados de bombas de rebeldes de extrem

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Mãe descobre que filhos adotivos são irmãos de sangue

14 de jan de 2019 às 16:31 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Uma mãe solo teve uma supresa imensa ao saber que seus dois filhos adotivos eram irmãos de sangue. Katie Page, de 35 anos, é de Parker, no Colorado, EUA. Ela se divorciou aos 30 anos, tinha problemas de infertilidade e sonhava em adotar. Em 2016 ela adotou Grayson, atualmente com dois anos. O menino tinha poucos dias de vida quando foi para os braços de Katie. Como a mãe biológica era usuária de drogas, o menino enfrentou dificuldades para se desenvolver fisicamente. Quando o pequeno completou 11 meses, Katie resolveu que era o momento de buscar uma irmãzinha pra ele. Semanas depois, ela recebeu a notícia de que Hannah havia sido deixada no mesmo hospital em que Grayson nasceu e tinha uma história médica semelhante. “Eu pensei comigo mesmo: ‘Você pode fazer isso, você já fez isso antes’”, lembra. Logo nos primeiros contatos com a bebê, ela começou a perceber pequenas coincidências: as duas mães biológicas tinham o mesmo nome e os aniversários das duas mulheres tinham apenas um dia de diferença.

Foto: Reprodução

“Eles poderiam ter a mesma mãe?”, pensou ela. “À primeira vista, as crianças não eram nada parecidas. Além disso, Grayson não tinha nem um ano de idade. É fisicamente possível?”, relembra. Katie entrou em contato com a assistente social para descobrir se eles tinham alguma outra informação sobre as mães biológicas dos bebês. A assistente riu da suspeita. A confirmação veio quando Katie ficou frente a frente com a mãe de Hannah. “Quando finalmente fomos apresentadas, soube na hora que estava olhando para a mãe do meu filho”, disse ela. “Mas, ao mesmo tempo, eu tive que agir normalmente e não enlouquecer! Ela me deu pequenos insights sobre sua vida que partiram meu coração. Ela era linda assim como meu filho”, conta.  “Um enorme milagre”. É assim Katie Page resume a incrível história dos filhos adotivos, Grayson, 2, e Hannan, 1. A família deve aumentar esse ano: “Nossa aventura continua, porque 13 meses depois que Hannah nasceu, a mãe biológica teve outro menino, que estamos com esperança de adotar em 2019”, finaliza Katie.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Senadores dos EUA condenam programa de envio de médicos de Cuba: “tráfico de pessoas”

11 de jan de 2019 às 14:47 | em: Mundo

Foto: Ilustração

O programa do regime de Cuba que exporta médicos cubanos para outros países do mundo foi classificado como tráfico de pessoas por uma resolução apresentada no Senado dos Estados Unidos nesta quinta-feira (10). A resolução cita especificamente cerca de 8,3 mil médicos cubanos que estavam recentemente alocados no Brasil sob um contrato com o governo de Cuba, pelo programa Mais Médicos – criado durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Em novembro, Cuba retirou os médicos do Brasil depois de críticas do então presidente eleito, Jair Bolsonaro, que classificou o programa de “trabalho escravo”. Bolsonaro tomou posse em 1º de janeiro. Bolsonaro criticou, à época, o fato do governo de Cuba ficar com a maior parte dos salários pagos aos médicos. O presidente, ainda antes de tomar posse, condicionou a continuidade do programa Mais Médicos à aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos e a liberdade para trazerem suas famílias. Com o sistema de saúde, Cuba arrecada divisas externas enviando mais de 50 mil trabalhadores de saúde para mais de 60 países. A condenação – apresentada por iniciativa do senadores Bob Menendez, democrata de Nova Jersey, e Marco Rubio, republicano da Flórida – é em grande medida simbólica, tendo como objetivo chamar atenção para a situação, e não penalizar ninguém. “As informações recentes vindas do Brasil mostram que o governo cubano lucra com suas missões médicas estrangeiras patrocinadas pelo Estado, que são vendidas como diplomacia médica, mas se parecem muito mais com servidão contratada”, disse Menendez em um comunicado. Os Estados Unidos e Cuba possuem relações conturbadas desde que Fidel Castro assumiu o poder na revolução de 1959.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Presidente da Venezuela diz que país está no “centro da guerra mundial”

10 de jan de 2019 às 16:18 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Nicolás Maduro prestou juramento para seu segundo mandato na presidência na Venezuela nesta quinta-feira (10), em cerimônia no Tribunal Supremo de Justiça do país. Isso porque a Assembleia Nacional, dominada pela oposição, não reconhece a legitimidade do novo período do chavista no poder, que deve durar até 2025. Logo após prestar juramento, já com a faixa presidencial, Maduro criticou opositores durante discurso. O presidente reeleito disse que a Venezuela está no “centro de uma guerra mundial”, conflito que, nas palavras dele, é travado por “governos satélites dos Estados Unidos”. “Não há um só país onde não haja uma campanha persistente, diária, permanente, de 20 anos de manipulação contra o comandante [Hugo] Chavez e este humilde trabalhador”, declarou Maduro. No discurso, o venezuelano insistiu na crítica aos países vizinhos com presidentes opositores a Maduro, como o Brasil e a Colômbia. “Veja o caso do Brasil, o surgimento de um fascista como Jair Bolsonaro”, atacou. Sobre a Colômbia, cujo presidente Iván Duque também se opõe ao regime chavista, Maduro disse: “Quem libertou a Colômbia foi o exército de [Simon] Bolívar, não do Capitão América”. “Eu creio que têm medo. Têm medo de nós, de nos encontrar cara a cara, de escutar nossa verdade”, afirmou Maduro.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Vírus da Aids: Vacina é aplicada com sucesso em macacos e poderá ser testada em humanos

06 de jan de 2019 às 12:21 | em: Mundo,Saúde

Foto: Reprodução

Uma nova vacina contra o vírus do HIV deixou os pesquisadores bastante satisfeitos. Testada em macacos, a substância induziu a produção de anticorpos contra uma das formas do vírus mais comuns em humanos – o que já é um grande passo para os estudiosos. De acordo com o portal Science Daily, a nova pesquisa, publicada na revista Immunity, está sendo desenvolvida desde os anos 90. Ela mostrou o bom resultado da vacina em macacos da espécie rhesus (também conhecido como Macaca mulata). Quando em contato com a substância, seu sistema imunológico começou a produzir anticorpos neutralizantes contra a cepa Tier 2 (a forma viral mais comum nas infecções do HIV em humanos). Além disso, os cientistas também chegaram à primeira estimativa de níveis de anticorpos neutralizantes induzidos pela vacina necessários para proteger contra o HIV. “Descobrimos que anticorpos neutralizantes que foram induzidos pela vacinação podem proteger os animais contra o vírus que se parece muito com o HIV do mundo real”, diz Dennis Burton, PhD, presidente do Departamento de Imunologia e Microbiologia da Scripps Research. Segundo ele, apesar da vacina ainda estar longe de chegar às pessoas, o estudo fornece uma “luz no caminho” para futuras estratégias contra os causadores da aids.

Leia mais em Revista Galileu.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Aquecimento global pode levar à falta de cerveja no mundo, diz estudo

29 de dez de 2018 às 09:48 | em: Mundo

Foto: Ilustração

Não é que os cientistas estejam botando água no seu chope. Nem é que o aquecimento global vá terminar esquentando também seu copo. Na realidade, conforme mostra estudo publicado nesta segunda-feira, os fenômenos climáticos contemporâneos podem acabar com os estoques globais de cerveja. A conclusão, publicada no periódico Nature Plants, é que as secas e ondas de calor concomitantes – que andam agravadas pelo aquecimento global provocado pelo homem – devem levar a declínios bruscos no rendimento das colheitas de cevada, gramínea cerealífera que é o principal ingrediente da apreciada bebida. Principalmente se os níveis de emissão de carbono continuarem como estão hoje. A perda de produtividade nas colheitas de cevada pode chegar a 17%, o que deve fazer o preço da cerveja dobrar ou até mesmo triplicar em alguns lugares do mundo. “Embora esse não seja o impacto futuro mais preocupante da mudança climática, extremos climáticos relacionados a isso podem ameaçar a oferta e a acessibilidade econômica da cerveja”, diz o estudo, desenvolvido por cientistas da Universidade da Califórnia, da Universidade Chinesa de Pequim, da Academia Chinesa de Ciências Agrícolas, do Centro Internacional Mexicano para Melhorias do Milho e do Trigo e da Universidade de East Anglia (Inglaterra). Confira a matéria completa em BBC Brasil.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Tsunami deixa 222 mortos e mais de 800 feridos na Indonésia; confira vídeos

23 de dez de 2018 às 09:29 | em: Mundo

Ao menos 222 pessoas morreram e mais de 800 ficaram feridas quando um tsunami posterior a uma erupção vulcânica atingiu praias e zonas costeiras ao redor do estreito de Sunda, na Indonésia, no sábado à noite, espalhando pânico entre moradores e turistas. Há 28 desaparecidos. Centenas de edifícios foram danificados pela onda gigante, que atingiu praias do sul da ilha de Sumatra e do extremo oeste de Java às 21H30 locais (12H30 de Brasília) de sábado. O tsunami foi provocado pela erupção do vulcão que é considerado o “filho” do lendário Krakatoa, o Anak Krakatoa, segundo o porta-voz da Agência Indonésia de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho. Ele próprio divulgou imagens fortes do fenômeno.

As equipes de emergência procuram sobreviventes entre os escombros. Um vídeo dramático que circula pelas redes sociais mostra o momento em que uma onda gigantesca atinge um show do grupo de música pop “Seventeen” (veja a imagem impressionante no início desta reportagem). Os integrantes da banda correm desesperados do palco, enquanto a onda chega aos espectadores. Em uma mensagem no Instragram, o vocalista do grupo, Riefian Fajarsyah, anunciou, sem conter as lágrimas, as mortes do baixista e do empresário que organizava a turnê. Imagens exibidas por um canal de televisão mostram a onda na praia de Carita, um popular destino turístico da costa oeste de Java: na passagem, o fenômeno deixa um rastro de destruição, com pedaços de telhados, madeira e árvores derrubadas.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Alerta de extinção: Abelhas são declaradas os seres vivos mais importantes do mundo

22 de dez de 2018 às 19:01 | em: Mundo

Foto: Ilustração

A ciência já descobriu que as abelhas podem estar viciadas em agrotóxicos. Os pesticidas causam a morte das produtoras de mel e seu desaparecimento pode acabar com a humanidade. Graças a isso, não foi uma grande surpresa quando, há 10 anos, o Royal Geographical Society de Londres declarou as abelhas como seres vivos insubstituíveis e os mais importante sdo mundo. O anúncio fez parte de uma competição denominada Earthwatch, cuja final foi entre as abelhas e os plânctons. Durante a apresentação, cientistas apresentavam argumentos para defender cada uma das espécies e as pessoas presentes deveriam votar em qual ser elas consideravam mais importante.

Alerta: Abelhas entram para a lista de espécies em extinção

Já faz tempo que as abelhas estão, lentamente, sumindo. O mundo está preocupado com o que pode acontecer se as pequenas polinizadoras forem varridas da Terra – tanto que até apareceram algumas soluções pouco ortodoxas, como uma abelha-robô. E, pelo jeito, é melhor corrermos, porque esses insetos acabam de ser colocados na lista de espécies em extinção pelo US Fish and Wildlife Service (FWS) – o Ibama dos EUA.  Sem abelhas, não vai faltar só mel. É que elas funcionam como se fossem órgãos sexuais de plantas. Uma parte considerável do Reino Vegetal conta com abelhas para espalhar seu pólen. Sem abelhas, você castra essas plantas. E elas deixam de existir também, o que é um péssimo negócio, mesmo para quem tem alergia a abelhas: pelo menos dois terços da nossa comida vem direta ou indiretamente de vegertais que precisam de abelhas para se reproduzir.  Ainda não se trata de um apocalipse. Existem 25 mil espécies de abelha. Para a lista, entraram sete: Hylaeus anthracinus, Hylaeus longiceps, Hylaeus assimulans, Hylaeus facilis, Hylaeus hilaris, Hylaeus kuakea, e Hylaeus mana – todas abelhas de cara amarela, parecidas com a abelhinha comum aqui do Brasil. As abelhas em perigo são todas nativas do Havaí, e a hipótese do FWS é que a razão principal tenha sido a inclusão de espécies de plantas e animais invasores, que desequilibraram a fauna local. Outro problema é a urbanização cada vez maior das ilhas, o que favorece o turismo descuidado e a destruição do habitat natural dos insetos. Mas o problema não se restringe ao Havaí, claro: desde 2006, apicultores do mundo inteiro têm reclamado que as populações do inseto caíram. De 2012 para 2013, 31% das abelhas dos EUA tinham desaparecido; na Europa, naquele período, o número chegou a 53%, e no Brasil, a quase 30%. O pior é que ninguém sabe exatamente o que está causando essa catástrofe. Alguns cientistas acham que é a poluição; outros apostam nos pesticidas. Existe, também, uma doença chamada Síndrome do Colapso da Colônia, na qual as abelhas simplesmente abandonam suas colmeias sem que nada de errado aconteça, mas a síndrome ainda é um mistério, o que deixa os cientistas de mãos atadas.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Venezuela diz estar pronta para eventual guerra contra Brasil, Colômbia e EUA

18 de dez de 2018 às 14:05 | em: Brasil,Mundo

Foto: Reprodução

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta segunda-feira (17) que a milícia bolivariana já tem 1,6 milhões de membros e que sua principal missão é “defender” o território nacional do que tem sido descrito como possíveis agressões externas do Brasil, Colômbia ou Estados Unidos. Maduro afirmou, sem fornecer provas, que seus oponentes liderados por Washington tentam assassiná-lo e impor uma ditadura no país. Ele acusou o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, de já ter discuto o assunto com os EUA. Brasil, Colômbia e EUA não se manifestaram sobre o assunto. O mandatário venezuelano apontou as sanções dos Estados Unidos como a fonte dos cinco anos de recessão da economia local. Em abril “dei uma ordem (…) para em um ano para chegarmos a um milhão de milicianos e (…)foi alcançado em tempo recorde de oito meses”, disse Maduro em uma cerimônia no pátio da Academia Militar na frente de centenas de milicianos com rifles nos ombros.

A milícia como exército na Venezuela

Em abril, o presidente disse que as milícias tinham “quase 400 mil pessoas”. A Milícia Nacional Bolivariana da Venezuela foi criada pelo falecido presidente Hugo Chávez em 2008 e é composta de voluntários civis. O presidente disse que a força chegou a 1,66 milhão de homens e mulheres. Maduro disse que a função dos milicianos é a “inteligência e contra-inteligência popular” e proteger o território. Pode ser que “uma força de invasão imperialista entre em algum lugar da pátria, mas os imperialistas devem saber que não vão sair daqui vivos”, disse Maduro em discurso transmitido pela televisão estatal.  A Venezuela se defenderá de “oligarcas (…) vindos de Bogotá ou de Brasília”, disse Maduro. A milícia dá apoio ao exército da Venezuela. Analistas afirmam que o exército venezuelano é o maior da América Latina.

Treinamentos Russos na Venezuela e aumento da tensão na região

A Rússia vai estabelecer uma base militar a longo prazo na ilha venezuelana de La Orchila, a 200 quilómetros a nordeste de Caracas, noticiou, esta terça-feira, a imprensa venezuelana. “A medida parece ser uma resposta à decisão dos Estados Unidos de se retirarem do Tratado das Forças Nucleares de Nível Intermédio (INF) e como medida de dissuasão perante as contínuas ameaças de Washington contra do Presidente venezuelano, Nicolás Maduro”, indicou o portal Aporrea. Nesta última semana,  a aterrissagem na Venezuela de dois caças bombardeiros russos com capacidade para levar armas atômicas provocou uma reação enfurecida de Washington e uma resposta irônica de Moscou. Os caças supersônicos TU-160, conhecidos como “cisnes brancos” pelos pilotos russos, aterrissaram no aeroporto Simón Bolívar, em Maiquetía, próximo a Caracas, na segunda-feira, depois de voarem 10 mil quilômetros desde a Rússia. Os aviões podem percorrer até 12 mil quilômetros sem precisar reabastecer. Os jatos militares foram enviados para exercícios logo depois de uma visita a Moscou do presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Ator é preso após marcar encontro com menor de idade nos EUA

17 de dez de 2018 às 13:39 | em: Mundo

Foto: Reprodução

A Polícia de Salt Lake City, nos Estados Unidos, prendeu no sábado (14) um ator da Disney acusado de marcar encontro para fazer sexo com menor de idade. Stoney Westmoreland, de 48 anos, interpreta o avô da protagonista da série infantil “Andi Mack”, do Disney Channel. Westmoreland foi pego em flagrante em uma emboscada armada pela polícia. Os policiais se passaram por uma pessoa menor de 13 anos – as autoridades não disseram se o falso perfil era de um menino ou de uma menina. Ao “Washington Post”, o detetive Greg Wilking disse que o ator sabia que se tratava de um menor de idade e mandou fotos íntimas ao perfil. Ele também teria pedido ao falso jovem que fizesse o mesmo. A Justiça local arbitrou ao ator fiança de US$ 30 mil – equivalente a cerca de R$ 117 mil. Westmoreland responderá por cinco acusações: uma por sedução de menores pela internet, e quatro por entregar material nocivo a um ou uma menor. Além de enfrentar a Justiça, o ator perdeu o emprego no Disney Channel, o canal de desenhos e séries da gigante do entretenimento norte-americano. A porta-voz da empresa, Patti McTeague, comunicou a demissão à imprensa dos EUA: “Dada a natureza das acusações e da nossa responsabilidade pelo bem estar dos jovens empregados [no Disney Channel], nós o dispensamos de seu papel atual. E ele não vai voltar a trabalhar na série [Andi Mack], cuja projução da terceira temporada começa na semana que vem”, disse McTeague.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Menino de 8 anos ganha R$ 84 milhões com Youtube

13 de dez de 2018 às 17:04 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Um menino de oito anos, que faz vídeos sobre brinquedos, é o mais bem pago do YouTube. Ele ganhou US$ 22 milhões, cerca de R$ 84 milhões em um ano. As estimativas da revista Forbes indicam que Ryan, do canal Ryan ToysReview, desbancou o youtuber Jake Paul por US$ 500 mil, nos 12 meses anteriores a junho. O canal Dude Perfect ficou em terceiro lugar, faturando US$ 20 milhões, de acordo com a revista. Os ganhos de Ryan, que não incluem impostos ou pagamentos a agentes e advogados, dobraram em comparação ao ano anterior. O menino disse que tem a fórmula pra conversar com o público infantil. “Porque eu sou divertido e engraçado”, contou o garoto. Desde que o canal foi criado pelos pais de Ryan em março de 2015, os vídeos tiveram quase 26 bilhões de visualizações e ganharam 17,3 milhões de seguidores. A Forbes disse que apenas US$ 1 milhão do total de US$ 22 milhões não vinha de anúncios exibidos no início dos vídeos, mas sim de posts patrocinados. O montante gerado por posts patrocinados é pequeno se comparado ao de outros youtubers, diz a Forbes. É “resultado dos poucos acordos que a família dele aceita”, diz a revista. Os brinquedos que aparecem no canal podem acabar nas lojas na mesma hora. Em agosto, a rede Walmart começou a vender brinquedos e roupas da marca Ryan’s World e um vídeo que mostrava Ryan e seus pais procurando esses produtos no Walmart teve 14 milhões de visualizações em três meses. O que Ryan ganhou com o acordo com o Walmart deve aumentar bastante os ganhos dele no ano que vem. Como ele ainda é criança, 15% do que ele ganha vão para uma conta bancária que Ryan só poderá acessar quando for adulto. As irmãs gêmeas dele também estão na festa: elas aparecem em alguns vídeos em outro canal, o Ryan’s Family Review. Apesar de ser um dos rostos infantis mais famosos da internet, sabe-se pouco sobre a vida privada de Ryan. Nunca foram revelados seu nome completo, nem onde vive. Mas em uma entrevista que sua mãe concedeu em 2017, citada pelo jornal The Washington Post, ela conta que a ideia do canal do Youtube surgiu quando o menino tinha 3 anos de idade. “Ryan estava assistindo a uma grande quantidade de canais de resenhas de brinquedos. Alguns de seus favoritos são EvanTubeHD e Hulyan Maya, porque costumavam fazer um monte de vídeos sobre Thomas the Tank Engine (um trem de brinquedo), e Ryan era fã de Thomas”, disse sua mãe ao site Tubefilter, no ano passado. “Um dia ele me perguntou: ‘Como é que eu não estou no Youtube como todas as outras crianças?’. Foi assim que dissemos: ‘sim, podemos fazer isso’. Então o levamos à loja para comprar seu primeiro brinquedo. Acho que foi um trem de Lego. E tudo começou a partir daí”, explica a mulher, que prefere manter o anonimato. O canal aberto em março de 2015 teve seu grande lançamento com um vídeo em que Ryan abriu mais de 100 brinquedos escondidos em ovos-surpresa de plástico. O vídeo teve mais de 800 milhões de visualizações. Um vídeo chamado “Top 10 experiências científicas que você pode fazer em casa com as crianças”, em que estrelavam os três, teve mais de 26 milhões de visualizações.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.