Mundo

Professor abraça aluno armado e evita tragédia em escola dos EUA

21 de out de 2019 às 16:33 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Um professor impediu que um aluno armado cometesse uma tragédia em um colégio em Oregon, nos Estados Unidos. O treinador de futebol americano Keanon Lowe, de 27 anos, desarmou o estudante Angel Granados-Diaz, de 18 anos e depois deu um abraço no jovem. A cena incrível de coragem e carinho foi gravada pelas câmeras de segurança do colégio. (vídeo abaixo) “O Universo funciona de maneiras surpreendentes. Tenho sorte e estou feliz por estar naquela sala, por aquelas crianças e poder evitar essa tragédia”, afirmou o professor à emissora NBC.

O vídeo

O caso aconteceu em maio deste ano, mas o vídeo foi divulgado apenas agora. O aluno é visto entrando no prédio de artes plásticas da Parkrose High School, em Portland, com uma espingarda escondida sob a jaqueta. O professor, então, pega a arma de Angel Granados-Diaz. Depois de entregar a espingarda para outro professor, Lowe agarra o aluno com um abraço. “Eu só queria que ele [Granado-Diaz] soubesse que eu estava lá. Eu disse a ele que estava lá para salvá-lo. Eu estava lá por uma razão e que essa é uma vida que vale a pena ser vivida ”, lembrou o professor Lowe. Autoridades disseram que Angel Granados-Diaz estava passando por uma crise de saúde mental quando  levou a arma para a escola.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Sem-teto é retirado das ruas por amigos do ensino médio que não via há décadas

20 de out de 2019 às 14:50 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Fazia décadas desde que Coy Featherson viu seus amigos pela última vez no colegial, mas agora todos eles se reuniram para retirá-lo das ruas. Em 1971, Featherson era um estudante muito popular. Foi eleito “Best All Around Guy” (uma espécie de melhor e mais simpático aluno da turma) em seu anuário do ensino médio; ele também era um habilidoso jogador de futebol e beisebol. Entrou na faculdade com o auxílio de uma bolsa de estudos, e anos depois, trabalhou por mais de uma década como assistente de palco de Frank Zappa (1940-1993), considerado um dos melhores compositores da história do rock. Infelizmente, há cerca de vinte anos, Coy mergulhou em dívidas e precisou deixar sua própria casa. Sem familiares para ajudá-lo (o único que estava por perto era o irmão mais novo, que falecera no final da década de 90) e dispensado do emprego (com o também falecimento de Zappa), Featherson foi para as ruas. Após 20 longos anos desabrigado, sua sorte mudou: no mês passado, uma foto de Coy foi capa de um artigo sobre o dia a dia dos moradores de rua de Austin, no Texas (EUA). Leea Mechling, que era muito amiga de Featherson na época da escola, ficou chocada ao ver sua foto em destaque no artigo. Ela imediatamente entrou em seu carro e partiu para Austin na esperança de encontrar seu velho amigo. Leia mais em Razões para Acreditar.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Carpinteiro constrói carruagem inspirada em casamento real para sua noiva

15 de out de 2019 às 16:41 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Se nos casamentos da realeza britânica é comum que os noivos desfilem em uma carruagem, aqui no Brasil o carpinteiro e artesão Osmir Eile Silva, 52 anos, resolveu inovar e construir com suas próprias mãos uma carruagem vermelha para que sua noiva chegue em grande estilo no dia do casamento. Morador de Mirassol, interior de São Paulo, Osmir conta que a ideia surgiu ao acompanhar pela TV o casamento de Kate Middleton com o príncipe William. Na ocasião uma carruagem levou o casal até o Palácio de Buckingham. “Achei aquela cena muito bonita. As mulheres têm que ser tratadas como princesa, por isso resolvi proporcionar essa sensação para a minha noiva. Além de romântico, ela terá uma carruagem que é única e que foi feita com todo o amor”, conta. A partir dessa ideia, o carpinteiro começou a pesquisar na internet modelos para o veículo, detalhes para a sua construção e possíveis fornecedores de peças. “As rodas vieram de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, o chassi pedi para um amigo fabricar para mim sob medida e o estofado de veludo também foi feito de forma exclusiva”, acrescenta. Já na fase final da construção da carruagem, o carpinteiro fez uma pintura vermelha com detalhes em dourado, com direito a uma corroa na porta. O veículo conta com luzes e um sistema de som alimentado por uma bateria. Espaçosa, a carruagem comporta cinco pessoas. Para a futura noiva, a pedagoga Gecilda Antônia Felix, 46 anos, a atitude de Osmir demonstra o amor e cuidado que ele tem com a relação. “Ele sempre foi de demonstrar o amor que ele sente e essa foi mais uma forma que ele encontrou de fazer isso”, lembra. O casal de Mirassol está junto há sete anos. O casamento será depois de amanhã (13), às 9h, em uma chácara da cidade. “Vou chegar sozinha na carruagem. Vai ser um momento lindo e muito aguardado por nós”, diz.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

‘Alienígenas existem’, garante ex-chefe do serviço secreto britânico

15 de out de 2019 às 09:49 | em: Mundo

Foto: Reprodução / Stan Honda

Sir John Sawers, ex-chefe da agência de espionagem inglesa MI6, compartilhou suas opiniões na Digital Transformation Exposição, em Londres. Ele disse que o tamanho infinito do universo significa que seria “extraordinário se uma forma de vida comparável à nossa não existisse em outro lugar”. Ele disse: “Acho que seria terrível se em um universo infinito o planeta Terra fosse único habitado. Devemos avançar com a suposição de que nada neste planeta é único”. As opiniões de Sir Sawers, que foi chefe do Serviço de Inteligência Secreta de 2009 até 2014, são apoiadas por mais da metade do público do Reino Unido. Uma pesquisa do site YouGov em 2015 descobriu que 58% dos ingleses acreditam que exista vida inteligente espalhada pelo universo, mas está muito longe para entrar em contato conosco. Os ufólogos discordam.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Quênia instala primeira usina solar que transforma água do oceano em potável

12 de out de 2019 às 09:44 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Atualmente, estima-se que 2,2 bilhões de pessoas (28% da população mundial) não possuem o devido acesso à água potável, o componente mais básico e fundamental da vida. Paradoxalmente, isso ocorre em um planeta coberto por 71% de água, em grande parte, dos oceanos. Eis aí o grande desafio para o futuro da humanidade: como transformar a água do mar, demasiadamente salgada, em potável? Talvez a resposta esteja localizada em uma pequena cidade do Quênia, no leste da África. Lá, começou a funcionar uma estação de tratamento que usa a energia do Sol para converter a água salgada em doce. A inovadora instalação foi desenvolvida pela ONG GivePower. O plano piloto tem melhorado a vida dos moradores de Kiunga, uma pequena cidade do país africano, que faz fronteira com a Somália, no chifre continental. A ONG procura reproduzir a tecnologia em outras partes do planeta. Uma em cada três pessoas não tem acesso à água potável, de acordo com um relatório publicado há menos de dois meses pela UNICEF e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Tais condições são ainda mais precárias na África Subsaariana. É por isso que a região foi escolhida para instalar a primeira usina solar que transforma a água salgada do Oceano Índico em potável. Ela está em operação desde o ano passado. Kiunga é o nome da cidade fundada por pescadores em que o projeto está operando com sucesso. Foi financiado pela organização sem fins lucrativos GivePower. Com o sucesso do protótipo, a organização está planejando replicá-lo em outros países, como o Haiti e a Colômbia. A GivePower resolveu esse desafio usando uma tecnologia chamada “fazendas solares de água” (tradução livre para ‘solar water farms’), que envolve a instalação de painéis solares que podem produzir até 50 quilowatts de energia, baterias Tesla de alto desempenho para armazená-lo e duas bombas hídricas que operam 24 horas por dia. Leia mais em Razões para Acreditar.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Vídeo: Prefeito de cidade do México é amarrado a um carro e arrastado

11 de out de 2019 às 16:42 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Moradores de uma cidade do México amarraram o prefeito em um caminhão e o arrastaram pelas ruas na terça-feira (8). Foram presas 11 pessoas pelo crime em Las Margaritas, no estado de Chiapas, segundo o jornal “El Universal”. Os criminosos afirmaram que estavam cansados de aguardar pelos reparos em uma estrada local. O prefeito Jorge Luis Escandón Hernández diz que já foi atacado antes –seu gabinete foi vandalizado há quatro meses– e que vai procurar a Justiça. Um vídeo foi publicado em rede sociais que mostram um grupo de homens puxando Hernández. Funcionários da prefeitura tentam impedir, mas não conseguem. Ele foi arrastado com as mãos presas. Policiais pararam o veículo para retirar o prefeito das pessoas que o arrastavam. O prefeito não ficou ferido, de acordo com o “Washington Post”.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Realizando sonhos: Idosa lança primeiro livro aos 101 anos

04 de out de 2019 às 16:14 | em: Educação,Mundo

Foto: Reprodução

Sarah Yerkes que, aos 101 anos de idade, acaba de publicar o seu primeiro livro de poesias. “Days of Blue and Flame” é o nome da obra de Sarah, que começou a escrever aos 90 anos. Formada pela Escola de Design da Universidade de Harvard, Yerkes tem décadas de carreira como arquiteta e posteriormente, escultora, mas a profissão foi ficando inviável fisicamente pra ela. Uma colega residente em Ingleside, em Rock Creek, a comunidade de aposentados em Washington onde ela mora, começou a fazer uma aula de poesia, então Yerkes se juntou a eles. Há 3 meses, aos 101 anos, ela lançou sua primeira coleção de poemas, “Days of Blue and Flame”, publicada pela Passager Books na Universidade de Baltimore.

Paixão por escrever

O livro é a mais recente versão de uma mente criativa que trabalha com forma e estilo há quase um século. “Eu realmente sinto que as boas fadas estavam sobre o meu berço, me dando o poder de criar”, disse Yerkes recentemente enquanto tomava café da manhã com flocos de milho e torradas em seu apartamento. Morando 74 anos em Washington, Yerkes foi criada em Cleveland e educada como arquiteta. Ela caiu no paisagismo acidentalmente quando ela e um amigo entraram em um concurso e venceram. Eles acabaram abrindo um negócio juntos. A escultura chegou a ela décadas mais tarde, depois dos 50 anos e recém-casada com seu segundo marido, o arquiteto David Yerkes . A história de vida de Yerkes lembrou a Naradzay outra conexão escultor-poeta: a de Auguste Rodin e Rainer Maria Rilke, que trabalhou como secretária de Rodin por um tempo. Rodin disse a Rilke: ‘Você não senta e espera por inspiração; você se senta e começa a trabalhar – você faz como se estivesse fazendo um trabalho regular ‘”, disse Naradzay. Alguns desses sentimentos que a agora escritora Yerkes coloca nos livro não havia compartilhado nem mesmo com familiares próximos. “Eu estava escrevendo para mim. Eu não pensei que fosse de domínio público ou que alguém estaria interessado ”, disse ela.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Garota de 14 anos morre após celular explodir no travesseiro

01 de out de 2019 às 15:46 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Uma adolescente de 14 anos morreu após seu aparelho de celular explodir em cima de seu travesseiro enquanto ela dormia em sua casa no Cazaquistão. O smartphone estava ligado na tomada, segundo a polícia. O serviço de emergência chegou a ser acionado, mas a jovem já estava morta quando a equipe chegou à sua residência, onde morava com a família. Identificada como Alua Asetkyzy Abzalbek, ela tinha dormido ouvindo música usando fones de ouvido. Ao ser encontrada, a bateria do telefone, cuja marca não foi divulgada, estava pegando fogo ao lado de sua cabeça. A estudante sofreu graves ferimentos e não resistiu. De acordo com a polícia, o aparelho explodiu no início da manhã após superaquecer, enquanto carregava. “Ainda não consigo acreditar”, postou uma amiga em rede social. “Você era a melhor”.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Facebook: começa teste de não mostrar a usuários as curtidas de publicações

28 de set de 2019 às 10:35 | em: Mundo

Foto: Ilustração

Depois do Instagram, é a vez do Facebook ocultar para os usuários a quantidade de curtidas de cada publicação. A plataforma começou nesta sexta-feira (27) um teste envolvendo a marcação da reação, o famoso like, que é uma de suas principais ferramentas. A experiência começou na Austrália e poderá ser estendida a outras nações. Não há, ainda, previsão de quando poderá ser implantada no Brasil. A curtida é um dos principais recursos de engajamento com uma mensagem difundida na rede social, permitindo que os usuários demonstrem uma avaliação positiva sobre determinado conteúdo. Em 2016, a empresa passou a disponibilizar outras reações por meio de símbolos gráficos, como expressões de amor, tristeza, raiva e surpresa. “Estamos fazendo um teste limitado em que as contagens de curtidas e reações, além do número de visualizações de vídeos se tornam privados no Facebook e apenas visíveis para o autor do post. A partir disso, vamos reunir feedbacks para entender se essa mudança irá melhorar a experiência das pessoas”, declarou a empresa por meio de nota.

Potenciais prejuízos

Estudos indicaram possíveis impactos do uso de redes sociais no bem-estar de pessoas, especialmente jovens. Pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, estabeleceu uma relação entre o uso do Facebook e comportamentos de vício. A lógica de oferta de “recompensas” por esses sites e aplicativos dificulta a tomada de decisões e estimula atitudes de retorno contínuo ao uso do sistema, assim como no caso de outras desordens ou de consumo de substâncias tóxicas. Já outra investigação acadêmica realizada por pesquisadores das universidades de Stanford e de Nova York identificou efeitos positivos em pessoas que deixaram de navegar na rede social, como aumento de bem-estar e redução da polarização política. De outro lado, dirigentes da empresa, entre eles o CEO (diretor executivo) Mark Zuckerberg, em diversas ocasiões sugeriram o intento de buscar experiências mais positivas na rede social.

Instagram

Em julho, a empresa implementou teste semelhante no Brasil em outra rede social de sua propriedade, o Instagram. A mudança já havia sido testada em outros países e chegou aos usuários brasileiros. O teste fez parte de diversas iniciativas anunciadas pela plataforma para combater práticas nocivas na internet, como discurso de ódio, ou bullying na web. Tais ações são uma resposta a críticas recebidas pela plataforma de que sua arquitetura e lógica de funcionamento favoreceriam um ambiente prejudicial ao bem-estar de seus integrantes.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Hospital cultiva alimentos frescos e os oferta a pacientes de baixa renda

28 de set de 2019 às 10:28 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Um hospital dos Estados Unidos passou a cultivar uma horta no topo de seu edifício para oferecer alimentos frescos e orgânicos a pacientes de baixa renda. A iniciativa do Boston Medical Center, em Massachusetts (EUA) vem sendo implementada através do programa Preventive Food Pantry (Despensa Preventiva de Alimentos), cujo principal objetivo é mostrar a importância de uma boa alimentação aos pacientes. Alimentos nutritivos, orgânicos, livres de agrotóxicos são parte vital dos cuidados médicos providos pelo hospital. Eles são guardados em uma despensa que fica à disposição dos pacientes. No terraço do prédio são produzidas cenouras, tomates, abobrinhas e mais de 25 tipos de hortaliças. Além dos alimentos orgânicos, a dispensa comunitária oferece alimentos industrializados de graça, visando oferecer os nutrientes necessários às necessidades de cada paciente. Para que o enfermo faça parte do programa, o hospital leva em conta se ele vive, de alguma forma, em condição de insegurança alimentar. Infelizmente, apesar de frutas e legumes frescos serem essenciais para o correto funcionamento do organismo, eles são os itens mais caros do supermercado, portanto de difícil acesso à famílias de baixa renda. Os alimentos cultivados no terraço também abastecem a lanchonete da instituição. Além disso, uma vez por mês, oficinas de jardinagem são realizadas no topo do edifício. O projeto comemora em 2021, vinte anos de existência. Mais do que oferecer alimentos a quem precisa, a iniciativa cria mais espaço verde e reduz significativamente o uso de energia do hospital. O Boston Medical Center é a prova de que o papel de uma instituição na área de saúde não deveria ser apenas o de medicar, mas sobretudo prevenir.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

“Submarino do tráfico” é apreendido com carregamento de cocaína avaliado em R$ 680 milhões nos EUA

25 de set de 2019 às 16:48 | em: Mundo

Foto: Reprodução

A guarda costeira dos Estados Unidos apreendeu um ‘submarino do tráfico’ carregado com mais de 5 mil quilos de cocaína, avaliados em 165 milhões de dólares, o equivalente a de R$ 686, 4 milhões na cotação atual. A interceptação ocorreu no início de setembro, mas foi divulgada apenas nesta terça-feira. A embarcação foi detectada por uma aeronave da patrulha marítima e interceptada no Pacífico Oriental após um trabalho conjunto entre a tripulação Valiant e agentes colombianos. Quatro suspeitos por tráfico de drogas foram presos na operação. Aproximadamente 500 quilos de cocaína foram descarregados do submarino. O restante não pôde ser retirado com segurança no local para não prejudicar a estabilidade da embarcação dos agentes americanos. “Não há palavras para descrever o sentimento da tripulação Valiant neste momento”, disse o comandante da tripulação, Matthew Waldron. “Em um período de 24 horas, a tripulação atravessou o equador e interceptou um embarcação semi-submersível carregada de drogas. É um evento importante na carreira de todos. Realizar isso juntos é verdadeiramente extraordinário”, acrescentou.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Temperatura mundial dos últimos 5 anos tem maior média da história

24 de set de 2019 às 08:43 | em: Clima,Mundo

Foto: Ilustração

A temperatura mundial média de 2015 até 2019 deve ser a mais alta de qualquer período de cinco anos já registrado na história. Os dados foram divulgados neste domingo (22) pela Organização das Nações Unidas (ONU) e afirmam que, embora 2019 ainda não tenha terminado, é certa essa projeção. Ainda de acordo com o relatório, isso representa um aumento expressivo demais para poucos anos. A elevação das temperaturas, o aumento do nível do mar e a poluição com carbono se aceleraram. Nesta segunda-feira(23) haverá uma reunião de líderes mundiais sobre o aquecimento global na Cúpula do Clima, em Nova York, que vem acontecendo desde sábado(21). São esperados os líderes europeus Emmanuel Macron- presidente francês, Boris Johnson- primeiro-ministro inglês e a chanceler alemã Angela Merkel. Índia e China também mandarão representantes para a cúpula. Os presidentes Donald Trump e Jair Bolsonaro não participarão.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Boa ação: Grafiteiro responde a mensagens de suicídio em banheiro de escola

23 de set de 2019 às 16:05 | em: Brasil,Filantropia,Mundo

Foto: Reprodução

Um grafiteiro fez um trabalho incrível neste fim de semana em uma escola pública do interior de São Paulo, que estava com banheiros femininos pichados com mensagens de ódio, ofensas e suicídio (veja as fotos das mensagens abaixo). Em vez de simplesmente apagar, ou pintar por cima, Samuel Freiria, de 46 anos, surpreendeu com a ideia de deixar respostas positivas e encorajadoras para as adolescentes, que passam por momentos difíceis, de depressão. No azulejo onde alguém escreveu “Se todo mundo desiste de mim, por que eu não posso?”, ele respondeu: “Porque você é especial para alguém”. Em outro que tinha a mensagem “A conexão humana anda sem sinal”, Samuel completou:  “Reinicie!” Fora as frases que pintou nas portas e paredes do mesmo banheiro: “Depressão não é frescura. Fale, escreva, escute”, “Você é incrível”, “Você é linda”, “Você é especial”, “Você é corajosa” e “Girls power” – A força as garotas, em tradução livre. A boa ação acontece em pleno “Setembro Amarelo”, mês da campanha brasileira de prevenção ao suicídio. Ele contou em entrevista ao SoNoticiaBoa que foi chamado pela coordenadora da Escola Estadual Maria Pio, na cidade de Franca. Jaqueline Vieira disse a Samuel que estava preocupada com as mensagens de suicídio deixadas no banheiro feminino. “Eu fiquei incomodada, com tristeza das frases. Pensei em colar aqueles adesivos na parede, mas ficaria muito caro e entrei em contato com grafiteiros, que me indicaram o Samuel”, contou a coordenadora ao SnB. “Ela me mandou fotos [das pichações] e estava realmente pesado. A ideia que tive de responder, para a pessoa ver que foi notada, que foi escutada, que ela não está falando sozinha”, disse o artista visual. Samuel criou na hora as respostas, pintou nos azulejos e teve outra ideia: “Não vou apagar. Vou colocar respostas de apoio e manter o desenho para outras pessoas verem e deixar espaço para respostas também”, disse ao SnB. Ele revelou que ficou preocupado com o que viu e que queria achar uma boa saída. “É tão real e atual [caso de depressão e suicídio] que merece atenção. Como está a cabeça dessa molecada para escrever esse texto”?, questionou o artista, que tem uma filha adolescente. A pintura foi neste domingo, 22 e as adolescentes se surpreenderam quando entraram no banheiro e viram as cores, os desenhos e as mensagens deixadas pelo artista nesta segunda, 23. “Elas estão encantadas, emocionadas, felizes… É isso que importa! Se a gente pintar um sorriso no rosto dessas meninas, já é um sinal de sucesso” afirmou a coordenadora. O artista, que faz grafite e murais há 5 anos, vai mostrar o trabalho dele em outubro em Paris, na França. “Vou participar de uma exposição os dias 18, 19 e 20 de outubro no Carrousel du Louvre, na França”, contou Samuel, que ficou surpreso com a repercussão que as pinturas no banheiro da escola teve nas redes sociais. Veja mais mensagens:

Galeria de fotos
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução
  • Foto: Reprodução

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Homem tem ‘chifre’ de 10 cm removido em cirurgia após 5 anos

18 de set de 2019 às 13:34 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Um agricultor de 74 anos que tinha um “chifre” de 10 centímetros de comprimento foi submetido a cirurgia para a retirada da protuberância. O “chifre” começou a crescer cinco anos atrás, após Shyam Lal Yadav bater com cabeça. Segundo reportagem do “Metro”, o “galo” produzido pela pancada na cabeça do indiano não parou de crescer. Formado de queratina (proteína encontrada também em unhas e cabelo), o “chifre” foi retirado em hospital de Sagar (Índia). “Inicialmente, o paciente ignorou o calo sebáceo, já que não o incomodava”, comentou o cirurgião Vishal Gajbhiye. “Mas quando o calo se enrijeceu e não parou de crescer, ele veio nos procurar. Esse tipo é raro e é conhecido como chifre do diabo”, acrescentou. A medicina ainda não explica exatamente por que esses “chifres” surgem, mas acredita-se que exposição a radiação e luz do sol pode detonar essa condição incomum. Shyam ficou dez dias internado se recuperando da cirurgia. O local onde o “chifre” estava enraizado deverá ser tratado para impedi-lo de voltar. Por causa da raridade, o caso será relatado na revista “International Journal of Surgery”.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Preço do Petróleo sobe 12% após ataques de drone contra instalações sauditas

16 de set de 2019 às 08:43 | em: Economia,Mundo

Foto: Ag.Reuters

O preço do petróleo disparou nos mercados globais neste último domingo (15) em reação aos ataques de drones a petrolíferas na Arábia Saudita no sábado (14). O barril do petróleo Brent chegou a um pico de US$ 70,98 no mercado futuro, um aumento de 18% em relação ao fechamento de sexta-feira (13), mas depois recuou, registrando alta de 12%. Os ataques provocaram incêndios em Abqaiq, maior instalação de processamento de petróleo no mundo, e em Khurais. Houve uma redução estimada de 5,7 milhões de barris por dia na produção, o equivalente a 6% do abastecimento mundial. O presidente da estatal saudita Aramco, Amin Naser, declarou que estão sendo realizadas “obras” para restabelecer a produção de petróleo bruto do país. O ministro da Energia, o príncipe Abdulaziz bin Salman, afirmou que a redução será compensada com as reservas. Uma disparada no preço do petróleo pode afetar a economia mundial, já abalada pela guerra comercial entre EUA e China e as sanções da Casa Branca contra o Irã. Em uma rede social, o presidente Donald Trump afirmou que autorizou o uso de petróleo da Reserva Estratégica dos EUA, em quantidade a ser determinada. Mais tarde, ele escreveu: “Acreditamos saber quem é o culpado [pelos ataques]”, acrescentando que os EUA “estão prontos para reagir, dependendo da confirmação.” O presidente evitou mencionar o Irã, mas na véspera o secretário de Estado, Mike Pompeo, acusou diretamente o país persa. Segundo Pompeo, não há nenhuma prova de que “o ataque sem precedentes contra o fornecimento mundial de energia” tenha partido do Iêmen —apoiados pelo Irã e há cinco anos em confronto com uma coalizão militar saudita, rebeldes houthis iemenitas reivindicaram a ação.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

OMS mostra que 5 pessoas morrem a cada minuto por erro médico

15 de set de 2019 às 07:44 | em: Mundo,Saúde

Foto: Ilustração

Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que todos os anos milhões de pessoas sofrem as consequências, muitas vezes fatais, de erros médicos. As vítimas são sobretudo pessoas de camadas sociais mais pobres. Em entrevista em Genebra, o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, informou que “morrem por minuto cinco pessoas devido a tratamento inadequado”. Outro representante da organização, Neelam Dhingra-Kumar, comentou que se trata de “um problema global”, muitas vezes explicável por uma hierarquia demasiadamente rígida nos sistemas de saúde, em que médicos ou enfermeiros mais jovens não se atrevem a falar, ou funcionários encobrem erros cometidos por temer represálias. Ainda segundo a OMS, quase metade (40%) dos pacientes sujeitos a tratamento ambulatório sofre os efeitos de erros médicos, percentual que baixa significativamente nos hospitais, embora permaneça, ainda assim, em preocupantes 10%. A pesquisa mostra que anualmente 2,6 milhões de pessoas morrem nos 150 países de baixo ou médio rendimento devido a tratamentos médicos errados. Os erros médicos abrangem desde diagnósticos errados a medicamentos errados, desde radiações inapropriadas a infecções hospitalares. A esses e outros erros possíveis são acrescentadas, por exemplo, a amputação de um membro quando a indicação era de amputar outro, ou a operação de um hemisfério cerebral quando a indicação era de operar o outro. A ideia de que os erros médicos podem ser justificados por medidas de contenção financeira é contestada pelos peritos da OMS, mostrando que, pelo contrário, os sistemas onde os pacientes são, com frequência, vítimas desses erros acabam por gastar mais dinheiro para remediar os danos. O exemplo inverso é o dos hospitais Medicare, nos Estados Unidos, que teriam poupado o equivalente a cerca de 25 bilhões de euros entre 2010 e 2015 devido a melhores controles de segurança, para evitar os erros. A Alemanha é também apontada como um bom exemplo na prevenção dos erros médicos.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Homem morto desaparecido há 22 anos é encontrado após Google Earth revelar carro afundado em lago

13 de set de 2019 às 15:30 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Os restos mortais de um homem desaparecido há mais de duas décadas, nos EUA, foram encontrados dentro de um carro submerso em um lago graças ao Google Earth. William Moldt foi dado como desaparecido em Lantana, na Flórida, em 7 de novembro de 1997. Ele tinha 40 anos na época e não voltou para casa após uma noitada em uma boate. A polícia abriu um inquérito sobre seu desaparecimento, mas a investigação não avançou, e o caso acabou sendo encerrado. Em 28 de agosto deste ano, 22 anos depois, a polícia recebeu a denúncia de que havia um carro afundado em um lago em Moon Bay Circle, Wellington, na Flórida. Quando retirou o veículo da água, se deparou com restos mortais dentro. Uma semana depois, foi confirmado que se tratava de Moldt. A delegacia do condado de Palm Beach informou na quinta-feira que “um ex-morador de Grand Isles estava fazendo uma pesquisa no Google Earth, nessa região, quando notou o que parecia ser um veículo no lago”. A pessoa entrou em contato imediatamente com um ex-vizinho para contar o que achava ter visto dentro do lago, que ficava logo atrás da casa dele.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Fotógrafo capta momento em que esquilo cheira flor amarela e imagem viraliza

12 de set de 2019 às 10:17 | em: Mundo

Foto: Reprodução

Uma sequência de fotos tiradas pelo fotógrafo holandês Dick van Duijn viralizou nas redes sociais nesta semana, recebendo milhares de curtidas. Batizadas de “Deixa eu te cheirar”, a série fotográfica mostra um simpático esquilo que parece estar apaixonado por uma flor amarela. Embora as postagens no Instagram e no Facebook sejam do fim de julho, foi só nesta semana que as fotos se espalharam.

Foto: Reprodução

Em suas contas, Van Duijn explicou que as fotografias foram tiradas em Viena, na Áustria, durante uma viagem de verão no mês de junho. Ele é um especialista em fazer fotografias da vida animal e da natureza. “Semana passada fui à Áustria por alguns dias para fotografar ‘ziesels’ [tipo do esquilo]. Esses esquilos engraçados, curiosos e acrobáticos já estavam há muito tempo na minha lista de fotos para fazer”, conta.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Schumacher está consciente e pode deixar hospital, diz jornal

12 de set de 2019 às 10:02 | em: Esportes,Mundo

Foto: Ilustração

Após passar por um tratamento experimental com células-tronco, o ex-piloto Michael Schumacher está consciente e já pode ser liberado nesta quarta-feira (11), segundo o “Le Parisien”. O alemão realizou o procedimento no hospital Georges Pompidoue, em Paris. Na manhã de 29 de dezembro de 2013, Michael Schumacher sofreu um grave acidente enquanto esquiava na estação alpina de Méribel (França). Bateu o lado direito da cabeça contra uma rocha, seu capacete se rompeu e sua vida ficou em risco. O piloto passou quase seis meses em coma, do qual saiu em junho de 2014, quando estava internado em um hospital de Grenoble.

Relembre

Michael Schumacher melhora e vê a Fórmula 1 pela televisão

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Cientistas descobrem forma de transformar plástico descartado em combustível

04 de set de 2019 às 10:19 | em: Mundo,Notícias

Foto: Reprodução / Época Negócios

Sobram evidências de que o uso do plástico traz diversos problemas ao meio-ambiente, e até mesmo à vida marinha. E mesmo iniciativas anunciadas por governos e grandes empresas para reduzir o consumo do material ainda são pouco para dar conta da quantidade de plástico que é descartada todos os dias. Afinal, são mais de 300 milhões de toneladas ao ano. Mas um grupo de cientistas da Universidade de Purdue, em Indiana (Estados Unidos), pode ter encontrado uma solução que, apesar de parcial, pode ser relevante para dar uma destinação a boa parte de todo esse entulho: transformar plástico em combustível para automóveis. Eles constataram ser possível fazer isso com um tipo específico de plástico: o polipropileno, usado em diversas embalagens de alimentos, cosméticos e produtos de limpeza, que representa um quarto do volume de plástico descartado nos últimos 50 anos. Para convertê-lo em combustível, os pesquisadores o adicionam em água supercrítica, um estado em que, elevada a temperatura e pressão acima de seu ponto de transformação, a água alterna entre os estados líquido gasoso. A equipe liderada por Linda Wang descobriu que, adicionando o polipropileno a esse fluido em determinadas temperaturas, a reação gera como subproduto um óleo semelhante a gasolina e diesel que pode ser usado para abastecer carros, ônibus e caminhões. Adicionando pequenos pedaços de polipropileno à água supercrítica em temperaturas entre 380 e 500 graus Celsius, a uma pressão 2,3 mil vezes maior que a existente no nível do mar, ele se converteu em óleo em um intervalo variável de horas. Chegou-se ao ponto de equilíbrio de 454 graus da água, quando a transformação levou exatamente uma hora para acontecer. A equipe estima ser possível usar o processo para transformar 90% do polipropileno existente no mundo, algo como 4,5 bilhões de toneladas. “O descarte de plástico, seja reciclado ou jogado fora, não precisa significar o fim de sua história”, diz Linda Wang. O problema, no entanto, é a dificuldade em recuperar boa parte da quantidade já descartada, que foi parar no fundo dos oceanos. “É uma catástrofe, porque eles soltam resíduos tóxicos e microplásticos que matam a vida marinha. E, uma vez que esses poluentes estão no mar, é impossível recuperá-los completamente.” Ainda assim, a novidade poderia dar uma destinação melhor a muitos dos resíduos que já existem. A equipe de Indiana acredita que a tecnologia é bem-vinda não só pelo seu benefício ambiental (apesar de o combustível usado nos veículos também ser um poluente), mas pelo lado econômico, já que o resultado da transformação pode ser vendido e usado na indústria automobilística.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.