Antes da greve, governo rebate aliados e nega recuo de cortes na Educação

14 de maio de 2019 às 21:02 | em: Brasil

Foto: Reprodução

A Casa Civil da Presidência da República desmentiu a informação do líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (PSL-GO), que garantiu que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) havia recuado nos cortes de recursos na educação pública.  “A Casa Civil acaba de desmentir oficialmente o líder do PSL na Câmara. Contingenciamento no MEC segue como antes”, apurou a editora da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, Daniela Lima. Horas antes, Waldir garantiu que ouviu de Bolsonaro o cancelamento dos cortes. “O presidente ligou para o ministro na nossa frente e pediu para rever. O ministro tentou contra-argumentar, mas não tem conversa”, disse o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), destacando que o valor contingenciado não será cortado em outra pasta.

Como você se sentiu com este conteúdo?
Curti
Curti Amei Feliz Surpreso Triste Raiva

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.