Maestro Lucelmo

Alunos da educação infantil participam de aula de música em Araci

19 de set de 2017 às 16:37 | em: Maestro Lucelmo

Foto: Bamuara

Alunos da Escola de Educação Infantil Neuza Cristina participaram de uma aula de musicalização infantil ministrada pelo Maestro Lucelmo no Centro Cultural de Araci, com o tema: “Para ver a Banda passar”. Os alunos conheceram um pouco da história da Bamuara, a Banda de Música da Cidade. Ele fizeram o primeiro contato com a história musical de Araci e instrumentos musicais que compõem a Banda Marcial.

Foto: Bamuara

Segundo o maestro, foi uma manhã cheia de emoções e de muitas informações e conhecimento. Ele agradeceu aos professores envolvidos, aos pais e a oportunidade de ministrar música para crianças. “Uma vez que a música traz benefícios comprovados cientificamente no desenvolvimento emocional, cognitivo e estudantil de crianças, jovens e adultos”, disse ele.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Lançado o Projeto Escola de Música de Araci

05 de maio de 2017 às 13:36 | em: Araci,Maestro Lucelmo

Foi lançado nesta última quinta-feira 04/05 o projeto inovador Escola de Música de Araci, projeto desenvolvido pela Prefeitura de Araci e o Maestro Lucelmo, que ofertará cursos gratuitos de Teclado, Saxofone, Violão e Bateria, nessa primeira fase o curso terá a duração de 6 meses com aulas aplicadas em cada instrumento e teoria musical, o curso é voltado para jovens e adultos da sede e zona rural que não tenham ainda o contato com a vivência musical, onde despertarão os talentos dos futuros músicos da Cidade, as aulas acontecerão as quartas e sextas-feiras.

Para o Maestro Lucelmo é a realização de mais um sonho para a classe dos músicos de Araci, pois, para ele, a Cidade possui um grande potencial musical, haja visto ser a terra de grandes artistas já conhecidos do grande público, com a implantação da Escola de Música Araci passa a ser referência da região, tanto pelo pioneirismo na música quanto na importância pedagógica no cenário musical, por fim, o Maestro agradeceu também ao Centro Cultural de Araci pela parceria na pessoa do Presidente Pedro Juarez, aos alunos inscritos nesta primeira etapa, foram 70 inscrições ao todo, e agradeceu também aos professores que farão parte deste projeto, ficando assim;

TECLADO E SAXOFONE; MAESTRO LUCELMO

VIOLÃO; EMERSON MOURA

BATERIA; TIAGO BATERA

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.

Araci: 58 Anos de História e Música

05 de abr de 2017 às 09:35 | em: Maestro Lucelmo

Araci, Cidade Mãe do Dia, nosso torrão amado, prestes a completar seus 58 anos de Emancipação política no dia 07 de Abril, e que há muito leva consigo o nada árduo peso de a cada ano ser umas das grandes referências do semi-árido Baiano, quer seja pela produção do Sisal outrora contada por muitos, seja pela culinária atraente, pelas tradições orais da Cultura Popular, ou do Celeiro Musical sempre presente desde a sua fundação.

Araci, da língua Tupi; Mãe do Dia, és também, berço da Música e MÃE dos artistas, a que me rememoro ao livro de Dona Maura que retrata aos meados dos ano 20 (1920), em que ela conta em seu livro sobre um grupo de músicos que se reuniam sob o pé da Quixabeira na Praça da Conceição para dedilhar, interpretar e soar seus instrumentos de cordas e metais, eis que ali então, surgia em Araci o seu primeiro conjunto musical, tempos depois chamado Filarmônica que por anos entoou e encantou os momentos culturais e religiosos daquela época despertando assim, o interesse e apreciação pela música dos futuros músicos e adeptos desta maravilha divina na Cidade.

Araci sempre se destacou pelos excelentes artistas da terra em todas áreas culturais, na música em específico até os dias de hoje sempre surgem novos talentos, músicos com apresentações Solos, em Bandas, em Grupos, por atividades profissionais, amadoras ou de recreação, ainda quando criança muito ouvi falar e pude também prestigiar algumas apresentações do nosso saudoso Bobozinho que dedilhava lindamente seu instrumento de corda, e quem não se encantava ao ouvir os acordes perfeitos de nosso eterno maestro Antônio Pinheiro ao seu violão, das sanfonas que até os dias de atuais ecoam pelos cantos da cidade em época de festa de Santo-Reis (Boi-de-janeiro), ai que saudade do Velho Tinteiro e o seu cancioneiro junino, quem nos dera voltar ao passado e assistir aos shows da Banda Over-Dose, Projeção, Achados e Perdidos, Banda Yes, como não se encantar nas melodias de nossos cantores revelados da música Araciense, Mário, Bel da Seresta, Nego, Eline, Carlão da Caçamba, Cobeu, Vandelson, Laerte, dentre outros grandes artistas a quem saúdo em nome destes.

Ainda criança eu não se contia ao ouvir os batuques e assopros da Fanfarra quando o Sete de Setembro se aproximava, e naquele alvoroço todo eu me perdia na vontade de poder estar ali um dia podendo mostrar meu talento que ainda havia de florescer, eis então que mais tarde pude ter a honra de me tornar o Maestro da Banda de Música da Cidade (Fanfarra) e da Filarmônica Capitão José Ferreira, esta que leva como homenagem o nome do nosso fundador e que tenho a oportunidade e a graça de partilhar o que aprendi ao longa da vida com tantos outros músicos talentosos.

Hoje, Araci com seus quase 58 anos de Emancipação política abraça e apresenta ao mundo seus diversos artistas que embelezam mais ainda o cosmo, assim como nasceu para um dia brilhar, eis que ao longo da história a música também ao seu lado nunca deixou de caminhar, um salve para a primeira Filarmônica da Cidade originada em meados dos anos 20 que espalhou as sementes que proliferaram em dons vistos hoje, somos todos frutos daquela era de ouro, viva a todos nós aracienses de brilho e esplendor, viva a música, viva o nosso Araci, viva a terra-mãe dos artistas…

Maestro Lucelmo Oliveira

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.