Vice-prefeito critica contratação milionária sem licitação em Serrinha; Prefeitura rebate

14 de mar de 2019 às 11:35 | em: Serrinha

Foto: Montagem A Voz do Campo

O vice-prefeito de Serrinha, Berg da Aragom (DEM), utilizou suas redes sociais para criticar uma publicação no Diário Oficial de Serrinha, onde o prefeito aponta a contratação de uma empresa chamada IBRADESC, para realizar um curso de capacitação e aperfeiçoamento a todos os servidores efetivos vinculados ao Fundo Municipal de Educação. Segundo ele, o que mais chama a atenção é o valor dessa contratação (ver aqui). “Chega a R$ 2.417.580,00. Um valor extremamente alto, ainda mais na situação de crise em que estamos enfrentando no momento. Um valor tão alto como esse no minimo deveria ter passado por uma licitação pública, coisa que ele não fez“, disse o vice-prefeito. Ao site A Voz do Campo, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Serrinha afirmou que a Lei 8.666, de 21 d junho de 1993, em seu Art. 24, XIII, garante que a gestão pública possa realizar tal contratação sem processo licitatório. “Diz a lei: é dispensável a licitação: a contratação de instituição brasileira incumbida regimental ou estatutariamente da pesquisa, do ensino ou do desenvolvimento institucional, ou de instituição dedicada à recuperação social do preso, desde que a contratada detenha inquestionável reputação ético-profissional e não tenha fins lucrativos“, disseram. “Ele tem que procurar se orientar com alguém que conheça, antes de falar algo que não sabe“, finalizaram.

Como você se sentiu com este conteúdo?
Curti
Curti Amei Feliz Surpreso Triste Raiva

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.