Santa Bárbara decreta situação de emergência, mas realiza São João milionário

16 de jun de 2017 às 21:42 | em: Santa Bárbara

Foto: Divulgação

A escassez da chuva em quase metade dos municípios baianos tem comprometido os festejos juninos em alguns deles, mas o município de Santa Bárbara, no centro-norte baiano, desconsiderou a crise hídrica e vai realizar os festejos juninos com gastos de R$ 1.003,590. O município, com 21 mil habitantes, está entre os 221 que decretaram situação de emergência afetados pela estiagem, desde março deste ano. O prefeito, Professor Jailson (PT), reservou R$ 340 mil para a contratação dos artistas, na festa que inicia nesta sexta-feira (16). Na lista estão Pablo (R$ 75 mil), Adelmário Coelho (R$ 66 mil), Alcymar Monteiro (R$ 54 mil), Saia Rodada (R$ 48 mil), entre outros. Os valores foram publicados no Diário Oficial do Município, nesta quarta-feira (14), todos por inexigibilidade de licitação. Para a estrutura da festa, como locação de palco, banheiros químicos, gerador de energia, tenda piramidal, grades de contenção e locação de som, o prefeito vai gastar R$ 663.590,00. O Ministério Público Estadual já está de olho nas prefeituras que vão realizar os festejos juninos e instaurar procedimentos para verificar gastos incongruentes este ano. Os procuradores levarão em conta a recessão econômica do país. A Procuradoria Geral da Justiça ressalta que o uso de recursos públicos na organização dos festejos juninos não pode ser feito em prejuízo do cumprimento de obrigações de maior relevância constitucional. (Bocão News)

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.