Riachão do Jacuípe

Marido atira em mulher e tenta se matar em Riachão do Jacuípe

17 de ago de 2017 às 09:40 | em: Riachão do Jacuípe

Foto: Ilustração

Uma mulher identificada por Edilza Souza, 36 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio na manhã desta quinta-feira (17), no bairro Alto do Cemitério em Riachão do Jacuípe. Segundo o blog Dida Negrão, ela foi atingida por tiro disparado pelo marido José Reis conhecido por “Gaúcho do espetinho”, que em seguida tentou se matar com várias facadas pelo corpo. De acordo com informações da Polícia Militar, a guarnição chegou a residência do casal, José Reis estava transtornado e a esposa baleada, ao perceber a presença da polícia ele começou a esfaquear. O casal foi socorrido pela Polícia Militar e encaminhado para a Hospital Municipal de Riachão, em seguida transferidos para Feira de Santana, mas sem risco de morte. Ainda segundo informações de vizinhos, o casal estava em processo de separação.

Justiça suspende concessão de hospital municipal em Riachão do Jacuípe

09 de ago de 2017 às 09:42 | em: Riachão do Jacuípe

Foto: Reprodução / Google Street View

A Justiça suspendeu nesta terça-feira (8) a lei municipal nº 903/2017, que autorizava a concessão dos serviços públicos do Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe por meio da Fundação de Saúde e Assistência Social (Fusas). O projeto lei que determinava a concessão foi encaminhado para Câmara de Vereadores de Riachão há pouco mais de 60 dias e foi aprovado pela maioria absoluta, sendo convertido na lei municipal suspensa. Vereadores de oposição apontaram algumas irregularidades no projeto, tais como a falta de deliberação prévia do Conselho Curador da Fusas sobre a matéria; a tramitação anormal que ocorreu em caráter de urgência urgentíssima sem, supostamente, haver justificativa para tanto; além do desrespeito a exigência do quórum de maioria qualificada (2/3) para aprovação da matéria. Desta forma, os vereadores Antônio Lima, Catarina de Jesus, Gionério de Santana, Lucas Santos, Luiz Carneiro e Robson Souza ingressaram com mandado de segurança e tiveram seu pedido acatado pela juíza Carla Graziela de Araújo. De acordo com a magistrada, a Lei Orgânica Municipal (LOM) “prevê que a celebração de convênio, acordo ou consórcio gravoso ao erário municipal ou empréstimo de qualquer natureza exige prévia autorização da Câmara Municipal por maioria qualificada de 2/3 (dois terços) de seus membros”. Com o projeto de lei aprovado, o próximo passo do município seria a realização da licitação para viabilizar contratação. Pensando nisso, a juíza suspendeu os efeitos da lei e de todos os atos subsequentes, a fim de “evitar a imediata adoção de procedimentos com vistas à concessão, de difícil reversão e onerosos ao ente público municipal”, explicou na sentença. Em caso de descumprimento da decisão, a magistrada instituiu multa diária de R$ 1 mil. (Bahia Notícias).

Ônibus da São Luiz tomba na BR 324 em Riachão do Jacuípe;não há vitima fatal, apenas feridos

04 de ago de 2017 às 07:58 | em: Acidentes,Riachão do Jacuípe

Fonte: Interior da Bahia

Pelo menos 13 pessoas ficaram feridas após um ônibus tombar na madrugada desta quinta-feira (3), na BR-324, na cidade de Riachão do Jacuípe, há aproximadamente 20 km do centro da cidade. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 2h, Segundo a PRF, o ônibus passava pelo KM 416 da rodovia quando saiu da pista e desceu um barranco. Os passageiros feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para hospitais da região. Ainda não hão há detalhes sobre o estado de saúde das vítimas. Ainda segundo a PRF, o motorista do ônibus informou que perdeu o controle do veículo após tentar desviar de um carro, que teria invadido a pista contrária. O ônibus viajava de Salvador para Jaguarari.

Colisão na BR 324 próximo a Tanquinho deixa seis mortos e dois feridos

27 de jul de 2017 às 20:44 | em: Acidentes,Riachão do Jacuípe

Foto: Reprodução

Seis pessoas morreram em uma batida frontal entre dois carros, por volta das 10h desta quinta-feira (27), na BR-324. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no KM-465 da rodovia, trecho da cidade de Tanquinho. Conforme a PRF, a batida envolveu um um Fiat Uno e um GM/ Vectra. Os veículos ficaram destruídos.

Foto: Reprodução

Quatro das vítimas estavam no GM/ Vectra. Ainda não foi confirmado se as outras duas vítimas estavam no Uno. Os corpos serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana, onde serão periciados. Após a batida, o trânsito ficou congestionado no trecho da rodovia.

Foto: Reprodução

Policiais rodoviários foram deslocados para atender a ocorrência. A polícia ainda não tem informações sobre as circunstâncias do acidente ainda não estavam confirmadas. Não há detalhes sobre a identidade das vítimas.

Homem é encontrado morto dentro de casa em Riachão do Jacuípe

27 de jul de 2017 às 16:27 | em: Riachão do Jacuípe

Foto: Reprodução

Nossa redação recebeu a informação de que um rapaz conhecido como “Roque bitoneira” que seria irmão de camunga do acarajé teria tirado sua própria vida tomando chumbinho. O corpo teria sido encontrado na manhã de hoje dentro da casa onde a vítima morava, segundo amigos do mesmo ele estava bem nos últimos dias e não aparentava tristeza e nem depressão. Nossa reportagem não recebeu mais informações nem tão pouco horário de sepultamento. (Blog hora da verdade).

Homem é preso em Nova Fátima pela Polícia Civil de Riachão do Jacuípe acusado de estupro

15 de jul de 2017 às 09:23 | em: Riachão do Jacuípe

Foto Divulgação | Policia Civil

Por volta de 19h desta quinta-feira (13), a equipe comandada pelo Delegado Danilo de Andrade Ribeiro, cumpriram mandado de prisão expedido em desfavor de Josué da Silva Queiroz, após indiciamento pelo delito de estupro de vulnerável. Segundo a Polícia Civil de Riachão do Jacuípe, foram 4 horas de buscas em todo o município e, na tentativa de fuga do indivíduo, a equipe logrou êxito em capturá-lo.

Familiares de professora morta a facadas protestam em Riachão do Jacuípe; noivo é suspeito e está solto

05 de jul de 2017 às 09:50 | em: Riachão do Jacuípe

Foto: Reprodução

Parentes, amigos e alunos da professora de inglês Ienata Pedreira Rios, morta com mais de 20 facadas há um ano, protestaram nas ruas de Riachão do Jacuípe , cidade a 186 km de Salvador, na manhã desta terça-feira (4). Eles pediam urgência no caso, que ainda não foi solucionado. O noivo da vítima é suspeito do crime. Ele chegou a ser preso, mas foi solto, segundo a polícia, por falta de provas. Os manifestantes se concentraram ao lado da casa da professora e saíram em caminhada. Em respeito ao ato, os comerciantes da região fecharam as portas durante o protesto. A primeira parada do grupo foi em frente à Igreja Matriz, onde foram feitas orações. Em seguida, os manifestantes foram até a Câmara de Vereadores e fizeram um ato público. De lá, eles foram até a BR-324, e interditaram a rodovia. O trânsito ficou congestionado no local.

Caso

A professora Ienata Pedreira tinha 35 anos e foi achada morta dentro da casa onde morava, no dia 3 de julho do ano passado. Segundo a polícia, a vítima foi morta com 23 facadas. O crime ocorreu no Loteamento São José. Ienata era noiva e deixou um filho adolescente. A Polícia Militar chegou ao local depois que uma vizinha estranhou que a porta da casa de Ienata estava aberta e acionou os policiais. Chegando ao local, os PMs encontraram a professora caída no corredor, já sem vida. De acordo com a polícia, a residência não possuía sinais de arrombamento e havia marcas e pegadas de sangue pelo imóvel. O noivo da professora foi ouvido pela polícia. Ele morava em Dias D’ávila, região metropolitana de Salvador, e disse que não estava em Riachão do Jacuípe no momento do crime. Mesmo assim, ele foi preso suspeito de matar a noiva. (Vem Ver Cidade).

Motociclista morre em acidente na BA-416 entre São Domingos e a BR-324

14 de jan de 2017 às 12:02 | em: Acidentes,Riachão do Jacuípe,São Domingos
EE6D077A-F4AF-4AC6-9992-9954CBB8C7F6-228-0000000301CD5049_tmp

Fonte: Reprodução

O motociclista identificado como Carlos Cavalcante morreu na noite desta sexta-feira (13) em um acidente de moto na BA 416 trecho que liga o Povoado de Santo Antônio, no Município de São Domingos, a BR 324, também conhecido como Cabaças. Segundo a Policia Militar, a vítima foi encontrada caída fora da pista, assim como a motocicleta Suzuky GSXR 1.300 cc, placa policial NTW-3289, licença de Jacobina, por volta de 20h30. O homem chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de São Domingos, onde deu entrada sem vida.22CB23D4-FE0F-43F9-8663-BDB90469E4DC-994-000001ABBC090F99_tmp  Ainda de acordo com a PM, não se sabe o que provocou o acidente, pois, não havia nenhuma testemunha. Um cidadão que passou pelo local viu a vítima caída e solicitou a ambulância de São Domingos. Uma gravação circula pelo WhatsApp de uma pessoa dizendo conhecer a vítima que trabalhava na mineradora Yamana Gold, em Jacobina, mas residia em Serrinha para onde estava indo. (Calila Notícias).

 

Acidente em Riachão do Jacuípe mata casal e 2 filhos

03 de jan de 2017 às 10:12 | em: Acidentes,Riachão do Jacuípe
Fonte: Reprodução

Fonte: Reprodução

Uma família inteira morreu na tarde desta segunda-feira (2), depois que o carro em que viajavam, um Fiat Uno, de cor prata, bateu de frente com uma carreta que transportava querosene, na BR-324, trecho do município de Riachão do Jacuípe, a cerca de 55 quilômetros de Serrinha. As informações foram confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal. De acordo com a PRF, três das vítimas morreram na hora e os corpos delas ficaram presos nas ferragens do carro. O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer a remoção. Um bebê chegou a ser levado para o Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe por pessoas que passaram pela rodovia logo após o acidente mas, segundo a unidade de saúde, morreu a caminho. O condutor da carreta, Alan Santos Conceição, não sofreu ferimentos.No carro de passeio estavam Rosendo da Costa Sobral, de 42 anos, a mulher dele, Roberta Aparecida Eloi Ribeiro, de 20, e os filhos do casal – Matheus Eloi Ribeiro, de 1 ano e 4 meses, e um bebê de apenas 5 meses. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha, onde serão periciados. Com a batida, o carro em que as vítimas estavam foi completamente destruído. A carreta tombou, ficou atravessada na rodovia e a carga de querosene foi derramada na pista. A via foi interditada nos dois sentidos. Conforme a PRF, o tráfego de veículos precisou ser desviado para estradas vicinais da região. O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) foi acionado para analisar a situação e fazer a remoção do veículo do local do acidente. Até por volta das 18h30, os veículos ainda estavam no local do acidente. (Cleriston Silva).

Galeria de fotos
  • Fonte: Reprodução

Prefeita de Riachão do Jacuípe será denunciada ao MPE e terá que devolver R$9 milhões

27 de dez de 2016 às 11:02 | em: Política,Riachão do Jacuípe
Fonte: Reprodução

Fonte: Reprodução

Na sessão de quinta-feira (22/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da prefeita de Riachão do Jacuípe, Tânia Regina Alves de Matos, relativas ao exercício de 2015. O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Dias, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra a prefeita para que se apure indícios de prática de ato de improbidade administrativa, em razão de irregularidades em processos licitatórios. Ela terá que pagar ainda duas multas, no valor total de R$60 mil. Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais de um total de R$9.294.858,60, com recursos pessoais, por irregularidades como a ausência de comprovação da efetiva ocorrência de pagamento de folhas de servidores (R$8.378.989,55); não apresentação de nota fiscal e/ou recibo (R$413.643,87); saída de numerário da conta específica do Fundeb sem que haja documento de suporte (R$207.837,42); ausência de comprovação de despesas (R$165.224,52); despesa com publicidade desacompanhada da matéria veiculada (R$24.850,00); despesa paga irregularmente (R$14.001,38); pagamento realizado em duplicidade (R$7.152,00); sonegação de processo de pagamentos ao exame da Inspetoria Regional (R$5.346,00); injustificável pagamento de multas e juros por atraso no cumprimento de obrigações (R$1.222,90).
A relatoria verificou a ausência de processos licitatórios no montante de R$2,5 milhões e de procedimento de dispensa e/ou inexigibilidade, no valor de R$244 mil. Houve ainda a expressa declaração de não ter sido efetivado o procedimento licitatório, no montante expressivo de R$490 mil. Sobre as obrigações constitucionais, a gestora investiu na manutenção e desenvolvimento do ensino recursos na ordem de R$5.631.434,19, que representaram apenas 9,99%, quando o mínimo exigido é de 25%, descumprindo a norma constitucional. O mesmo ocorreu com a aplicação de recursos do Fundeb na remuneração dos profissionais do magistério, que corresponderam a apenas 13,89%, sendo o limite mínimo 60%. Cabe recurso da decisão. (TCM Bahia).

Mulher mata companheiro a golpe de faca em Riachão do Jacuípe

04 de nov de 2016 às 08:27 | em: Policia,Riachão do Jacuípe
junior-289x210

Vítima Foto: reprodução Interior da Bahia

Uma briga entre um casal na Rua Barão do Rio Branco, Bairro Alto do Cruzeiro, no município de Riachão do Jacuipe, na noite da última quarta-feira, 2, feriado de finados, resultou na morte de José Valdoberto dos Santos Júnior,24 anos, que recebeu um golpe de faca nas costas, desferida pela sua companheira Ariana de Lima,30 anos.

delegado-sergio-araujo

Delegado. Foto: Raimundo Mascarenhas

De acordo com o delegado Sérgio Araújo, o homicídio aconteceu por volta das 23h no interior da residência, após o crime Ariana foi detida em flagrante pela Policia Militar. O delegado informou também que existem muitas queixas de Ariana contra o companheiro por agressões e ameaças. Apesar da mulher ter confessado o crime, uma irmã da vítima teria dito que ouviu de populares que ela não foi autora dos golpes e sim um irmão dela,” surgiu essa versão aqui e já intimei o irmão da agressora para ouvi-lo. Estamos ainda em andamento das investigações, ouvindo testemunhas e posteriormente daremos novas informações”, disse o delegado em entrevista ao CN. Até o fechamento dessa reportagem não havia informações precisas do que motivou a briga, no entanto existem rumores que o casal estava separado e um deles buscava reconciliação. (Calila Notícias).

Abastecimento de água começa a ser retomado nos municípios da região do Sisal

25 de out de 2016 às 09:02 | em: Riachão do Jacuípe,Valente

embasa

Em comunicado divulgado a imprensa, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informou que o fornecimento de água começou a ser retomado na tarde desta sexta-feira (21) nos municípios de Riachão do Jacuípe, Ichu, Candeal, Pé de Serra, Nova Fátima, Valente, São Domingos e Gavião. Segundo a empresa, o abastecimento teve de ser interrompido na manhã desta quinta-feira, para possibilitar a realização de reparos na adutora do Sisal, atingida pela ação de vândalos que danificaram equipamentos da rede.  A Embasa explica que devido à complexidade dos serviços, a intervenção entendeu-se por um período maior do que o previsto inicialmente, tendo sido concluído apenas hoje. A concessionária informou ainda que o abastecimento está sendo retomado gradativamente e deve ser normalizado em até 48 horas. A Embasa recomenda que os moradores mantenham a utilização racional da água armazenada nos reservatórios domiciliares até a completa regularização do serviço. (Notícias de Santa Luz).

Acusado de matar professora em Riachão do Jacuípe é solto

05 de ago de 2016 às 10:40 | em: Riachão do Jacuípe
Foto: Reprodução / Acorda Cidade

Foto: Reprodução / Acorda Cidade

O acusado de ter matado a noiva, a professora de inglês Ienata Pedreira Rios, de 35 anos, em Riachão do Jacuípe, no começo de julho foi liberado nesta quinta-feira (5). Cássio Fabrício Carneiro saiu da delegacia de Teofilândia, onde estava detido, após ter a prisão temporária revogada. Segundo o delegado Sérgio Araújo Vasconcelos, a Justiça revogou a prisão por entender que não há motivos parar mantê-lo preso, já que a prisão temporária teve o prazo de 30 dias encerrado.  Ao Acorda Cidade, o delegado declarou que já pediu a prorrogação do prazo do inquérito por se tratar de caso que exige mais investigação, como a conclusão de várias perícias. Ienata Pedreira Rios foi morta a facadas dentro de casa em Riachão do Jacuípe. Cássio Carneiro foi preso três dias depois do assassinato. Ele e a professora mantinham um namoro há cerca de três anos. No dia do crime, Cássio disse à polícia que não estava em Riachão do Jacuípe.

Prefeita de Riachão do Jacuípe reúne imprensa e anuncia desistência de sua candidatura a reeleição

23 de jul de 2016 às 23:20 | em: Riachão do Jacuípe
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A prefeita da cidade de Riachão do Jacuípe Tânia Matos (PDT), convocou a imprensa em seu gabinete na manhã desta sexta-feira (22), e fez um pronunciamento afirmando que não irá disputar a reeleição no dia 2 de outubro. Segundo a prefeita a decisão partiu por livre e espontânea vontade, e não por pressão, já que teria o direito a reeleição. A prefeita começou o pronunciamento falando que perdeu muito tempo arrumando a casa, mas que se sente realizada pelos investimentos aplicados no município e pelas obras conquistadas. “O período que eu levei arrumando a casa, perdi muito tempo, mas o que nós conseguimos foi muito, e demos uma parcela de evolução. Dei uma cara nova ao centro da cidade com o asfaltamento e sinalização, trouxe a modernização da Lomanto Junior, reforma do estádio, enfim, são inúmeras obras que transformaram a cidade”, disse a prefeita.carlos-matos Mesmo com várias obras em andamento e outras em fase de conclusão, a prefeita diz que é preciso dar oportunidade para que outros possam gerir o município dando continuidade ao trabalho feito por ela, e o nome escolhido segundo a prefeita é o ex-secretário de finanças e atual vereador Carlos Matos (DEM). “Foi batido martelo e o nosso nome para disputar o pleito será o vereador Carlos Matos, que é alguém que já é da militância política e eu vou a luta para dar seguimento ao trabalho iniciado. A minha contribuição eu já dei e quero dá a oportunidade ao Carlos Matos que tem o mesmo pensamento de desenvolvimento”, reforçou. Por fim a prefeita agradeceu a todos e ressaltou que vai se dedicar a conclusão das obras e inaugurações sem se preocupar com a Lei Eleitoral, e que o próximo gestor vai encontrar uma prefeitura totalmente adimplente sem restos a pagar. (Ascom PMRJ)

Noivo de professora morta a facadas em Riachão do Jacuípe é preso em Serrinha suspeito de crime

07 de jul de 2016 às 20:30 | em: Riachão do Jacuípe
Noivo da professora foi preso por suspeita de envolvimento no crime (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Noivo da professora foi preso por suspeita de
envolvimento no crime (Foto: Reprodução/TV Bahia)

O noivo da professora Ienata Pedreira Rios, 35 anos, morta a facadas na cidade de Riachão do Jacuípe, na Bahia, foi preso na tarde desta quarta-feira (6), na cidade de Serrinha. A informação foi confirmada pelo delegado que investiga o caso, Sérgio Araújo Vasconcelos. Ao G1, ele disse por volta das 15h20 que foi cumprido um mandado de prisão temporária contra o rapaz. Ainda segundo o delegado, a prisão do almoxarife Cássio Fabrício Carneiro, 29 anos, foi pedida após as investigações apontarem que ele pode ser o autor do crime. Conforme a polícia, o suspeito não conseguiu provar onde estava na manhã de domingo (3), quando a mulher teria sido assassinada.

(Foto: Reprodução / Facebook)

(Foto: Reprodução / Facebook)

As apurações sobre o crime, no entanto, continuam, segundo o delegado. Cássio estava no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha, onde fazia exame de corpo de delito, solicitado pelo delegado Sérgio, quando foi preso. Conforme Vasconcelos, o exame foi pedido porque, logo após o crime, foi observado que Cássio apresentava uma lesão na testa semelhante a um arranhão provocado por uma unha. “Temos uma série de observações feitas no local do crime e também conversas dele com a vítima em um aplicativo. Há marcas deixadas no piso da casa que coincidem com o pé dele. Estamos aguardando os laudos periciais que vão comprovar a autoria. No sábado, ele alega ter passado o dia com o filho, que fazia aniversário, a ex-mulher e mais três pessoas. Durante a noite, ele alegou que estava na companhia de dois amigos numa festa em Dias D’Ávila. Entretanto, no período entre 5h e 11h de domingo, quando ocorreu o crime, ele alega que estava sozinho em casa dormindo”, afirmou Sérgio Vasconcelos. O noivo da professora nega ter cometido o crime. Inicialmente, a polícia divulgou que ele disse em depoimento que não estava em Riachão do Jacuípe no dia do crime. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Teofilândia, onde ficará custodiado. A prisão temporária tem um prazo de 30 dias. Nesse período, informou o delegado Sérgio Vasconcelos, pode ser solicitada a prisão preventiva. Os materiais coletados das unhas das vítima e impressões digitais encontradas no local do crime já estão sendo examinados. A polícia também fez, nesta quarta, o molde dos pés de Cássio, para comparar com as pegadas encontradas na casa de Ienata. O resultado dos exames deve ficar pronto em um prazo de trinta dias. Cássio Fabrício e a professora Ienata namoravam há cerca de três anos. Ele mora na cidade de Dias D’Ávila, na região metropolitana de Salvador. O rapaz tem um filho pequeno de outra relação. Já a vítima, deixou um filho adolescente.

crime_jacuipe

Crime ocorreu em Riachão do Jacuípe (Foto: Raimundo Mascarenhas / Calila Notícias)

Crime
A professora Ienata Pedreira Rios foi encontrada morta dentro de casa no domingo (3), na cidade de Riachão do Jacuípe, a cerca de 180 quilômetros de Salvador. Segundo a polícia, a vítima tinha ferimentos de faca pelo corpo. De acordo com o delegado Sérgio Araújo Vasconcelos, a Polícia Militar chegou ao local depois que uma vizinha estranhou que a porta da casa estava aberta e acionou os policiais. Chegando lá, os PMs encontraram a professora caída no corredor, já sem vida.

Crueldade
As investigações do crime contra a professora de inglês Ienata Pedreira Rios apontam a crueldade do assassino. Em entrevista ao G1 na manhã desta quarta-feira, o delegado afirmou que três facas foram recolhidas do local do crime. Com base nas circunstâncias, todas podem ter sido usadas para matar a vítima. “No local foram apreendidas três facas. Eram duas facas de serra pequenas. Uma delas estava sobre a pia, com a ponta torta. Outra estava do lado do corpo suja de sangue. A terceira era um tipo peixeira, que estava cravada no pescoço da vítima”, detalha.

(Foto: Raimundo Mascarenhas / Calila Notícias)

(Foto: Raimundo Mascarenhas / Calila Notícias)

O corpo de Ienata Pedreira Rios apresentava cerca de 20 perfurações, segundo a polícia. Os exames de perícia devem confirmar o uso dos objetos no crime. O que a polícia já descarta é que a motivação do crime tenha sido latrocínio ou estupro. A brutalidade do crime assustou os moradores da cidade e os alunos da professora.

Sepultamento
Sob grande comoção, Ienata foi enterrada na manhã de terça-feira, na cidade de Pé de Serra, interior baiano. Uma amiga da professora contou durante o enterro que Ienata tinha medo da violência na cidade e por isso pagava uma empresa que fazia a segurança dela do trabalho para casa. “Não era um segurança particular, era uma pessoa que presta serviços para uma empresa de segurança, que quando a gente precisa, ele acompanha para que a gente não volte para casa sozinha”, relatou Ludiane Oliveira. O enterro reuniu dezenas de parentes, amigos e moradores, que acompanharam as homenagens na despedida da professora, que além de Riachão do Jacuípe, dava aulas também no município de Pé de Serra.(As informações são do G1)