Retirolândia: Médica abandona plantão após ser ameaçada por Policial

18 de dez de 2018 às 09:50 | em: Retirolândia

Foto: Reprodução

Um assunto atípico dominou as redes sociais e a cada ponto onde havia reunião de pessoas na noite de domingo (16), em Retirolândia. Segundo o site Calila Notícias, repercutiu a informação de que a médica plantonista Clívia Araújo Lopes abandonou o trabalho após sofrer ameaças de um homem identificado Gilson Rodrigues Pereira, policial militar residente no mesmo município. Segundo as informações, ele estava de folga, sofrera uma acidente de moto e deu entrada com ferimentos leves, recebeu os primeiros atendimentos realizadas pelas técnicas de enfermagem, porém necessitava de um serviço de sutura, procedimento que seria realizado pela médica.Ainda segundo o site, quando a mesma chegou, teria encontrado uma crianças na sala que seria filho do militar. Ela teria pedido que a mesma saísse. Gilson teria se exaltado e começado a agredi-la verbalmente.  O caso ganhou grande proporção, até que foi preciso uma guarnição da PM comparecer para tentar acalmar Gilson.A médica não se posicionou sobre o assunto.  A Secretaria de Saúde divulgou nota lamentando o episódio. O policial também se manifestou nas redes sociais, lamentando o erro.

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.