Município de Araci terá site para pesquisa histórica, cultural e científica

05 de jun de 2017 às 10:15 | em: Araci,Cidades,Pedro Juarez

                                      Crédito: Danilo Victor

O município de Araci, que ocupa importante posição geográfica no sertão da Bahia, junto aos Tabuleiros do Itapicuru, na rota para Paulo Afonso, Canudos , Monte Santo, Juazeiro e outras grandes cidades, terá um portal na internet (www.viladoraso.com.br) com todas as informações sobre sua história, documentos, jornais, vídeos e fotografias novas e antigas, além de outros materiais que ajudarão pesquisadores das mais diversas áreas. A página será apresentada ao público no próximo dia 9 de junho, às 19 horas, no Centro Cultural de Araci (Rua Sete de Setembro, S/N), quando também ocorrerão os lançamentos do livro Confraria poética feminina , da professora e escritora Rita Queiroz e a exposição de desenhos da araciense Renata Carvalho.

O nome do portal é referência à antiga denominação da cidade, que se encontra cercada de montanhas, daí ter sido chamada de Raso. O site pretende estimular o debate de ideias, por isso tem como lema “Araci: memória, cultura e pensamento”. Além de artigos científicos e opinativos, disponibilizará pesquisas acadêmicas, crônicas, notícias e registros audiovisuais. Estará disponível também no site uma série de documentos antigos do Cartório Civil de Araci, que abrange um período de 1877 a 1949. São registros de batismos, casamentos, óbitos e algumas atas, que servirão de fonte para pesquisadores. A ideia é que esse acervo seja ampliado e já está previsto também que documentos como Inventários, processos crimes e civis do século XIX que estão arquivados no CEDOC –Uneb-Coité sejam também digitalizados e façam parte do acervo do site.
Segundo Pedro Juarez Pinheiro, um dos responsáveis pelo Vila do Raso, o portal também divulgará informações sobre os eventos culturais que acontecerão em Araci, como oficinas, festivais, tradições populares e oportunidades para professores, estudantes e pesquisadores. Para ele, o site deve servir para que as pessoas articulem eventos como seminários, debates e outras trocas de conhecimento. “Queremos constituir uma rede de pesquisa sobre Araci e a região sisaleira, no seu entorno. Nossa produção ficará visível na internet para historiadores e demais pessoas interessadas pela cultura e história local. O cidadão leigo também deve gostar, pois usamos uma linguagem bastante acessível”, concluiu.
A maior parte do acervo do portal foi levantada junto a moradores da cidade que se dedicaram a registrar os fatos ao longo de décadas, mas também há relatórios de origem governamental. O trabalho prossegue, e quem quiser pode encaminhar novas informações, inclusive seus próprios textos, fotos e outras produções, por meio do canal “Fale Conosco”, na mesma página. O site contou com o apoio financeiro do Colégio Apoio, de Salvador e apoio da Diretoria de Cultura de Araci.

Por Franklin Carvalho

Como você se sentiu com este conteúdo?
Curti
Curti Amei Feliz Surpreso Triste Raiva

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.