Homem é condenado a 26 anos de prisão por feminicídio em Jeremoabo

04 de dez de 2018 às 09:01 | em: Jeremoabo

Foto: Reprodução

Raul de Jesus foi condenado a 26 anos e 11 meses de prisão por feminicídio depois de matar a namorada dele Izabelly Oliveira Bispo Souza. O crime, que foi motivado por ciúme, aconteceu no dia 1º de maio de 2017, na casa de Raul, em Jeremoabo. A acusação feita pelo promotor de Justiça Leonardo Cândido Costa relatou que, após discutir com Izabelly, Raul agrediu a namorada com socos e golpes de facão. Ao ver a vítima desacordada, Raul jogou gasolina e ateou fogo “com o intuito de dificultar o esclarecimento do crime”. Raul de Jesus foi preso em flagrante um dia depois do crime e cumpre prisão preventiva. O júri levou em conta o motivo fútil e a destruição do cadáver para mantê-lo na cadeia e determinar o imediato cumprimento da pena em regime, inicialmente, fechado.

Como você se sentiu com este conteúdo?
Curti
Curti Amei Feliz Surpreso Triste Raiva

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.