Biritinga

Serrinha, Barrocas, Biritinga e Teofilândia firmam TAC para cuidar de animais de rua

27 de jun de 2017 às 08:21 | em: Barrocas,Biritinga,Serrinha,Teofilândia

Foto: Portal Cleriston Silva

Para controlar a população de animais de rua, as cidades de Serrinha, Barrocas, Biritinga e Teofilândia firmaram um Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público da Bahia. O objetivo é controlar, através de políticas públicas, a população de animais domésticos de rua em situação de risco. O TAC foi proposto pela promotora de Justiça Letícia Baird. O documento prevê a prestação de serviço médico-veterinário para animais de rua ou cuidados por pessoas de baixa renda, em casos de emergência como acidentes de trânsito, maus-tratos e enfermidades graves. “Não há dúvidas de que os animais sentem dor quando enfermos ou vítimas de maus-tratos. Também é comum vermos pelas ruas animais agonizarem até a morte à mercê de socorro. A situação se agrava diante do fato de que inexistem políticas públicas de controle de tais populações de animais, multiplicando-se diariamente a violação dos direitos de tais sujeitos”, disse a promotora de Justiça. De acordo com os termos de compromisso, os municípios devem ainda implantar comedouros e bebedouros para os animais abandonados; capacitar agentes públicos para a defesa dos animais e realizar campanhas educativas para a população; instituir comissão com a participação de representantes da sociedade civil que atuam na proteção e defesa dos direitos dos animais; reestruturar os órgãos municipais para funcionamento de departamento específico para o recebimento de denúncias de maus-tratos e adequar as leis orçamentárias para atendimento destas demandas. A promotora afirma que as municipalidades devem cumprir as obrigações em até 90 dias, quando os prefeitos deverão apresentar ao MP-BA um projeto permanente para a resolução dos problemas atuais. “Os compromissos firmados pelos municípios contribuirão, nesta primeira etapa, com o atendimento emergencial de tais animais e, principalmente, com ações visando à educação ambiental, que é o instrumento verdadeiramente efetivo para a reversão da atual situação imposta aos animais e o fomento no sentido da adoção, pela sociedade, de posturas éticas com relação a esses seres”, afirmou. (Portal Cleriston Silva).

Prefeito de Biritinga é acusado de nepotismo ao nomear filhas e genro em cargos do executivo municipal

22 de jun de 2017 às 08:21 | em: Biritinga,Política

Foto: Reprodução

O Ministério Público estadual ajuizou na terça-feira (20) ação civil pública com pedido liminar de anulação da nomeação, com consequente exoneração, do secretário de Finanças José Aécio Pedreira Lobo, da secretária de Saúde Lívia Santos de Queiroz e da procuradora do Município de Biritinga Lilian Santos de Queiroz. Segundo a promotora de Justiça Letícia Queiroz de Castro, os atos de nomeação, publicados oficialmente no último dia 2 de janeiro, são ilegais porque configuram ato de improbidade administrativa pela prática de nepotismo, uma vez que o secretário, a secretária e a procuradora são, respectivamente, genro e filhas do prefeito Antônio Celso Avelino de Queiroz. “Embora a nomeação a cargo comissionado seja ato discricionário do Poder Executivo, o juízo de conveniência e oportunidade do administrador deve pautar-se entre as hipóteses legais e moralmente admissíveis, o que não ocorreu no caso”, afirma a promotora. Ela aponta desvio de finalidade, já que as nomeações teriam sido realizadas não “em prol do interesse público, mas visivelmente em nome do proveito dos familiares da própria autoridade nomeante”. Na ação, a promotora Letícia de Castro destaca que o caso da procuradora é ainda mais grave por, não sendo cargo de natureza política, exigir qualificação técnica. A ação foi ajuizada após o prefeito não acatar a recomendação do MP pedindo que as nomeações fossem anuladas. (Jornal da Grande Bahia).

Parque Eólico Tucano poderá gerar até 460 empregos diretos na região do Sisal durante 2 anos

21 de jun de 2017 às 07:13 | em: Araci,Biritinga,Teofilândia,Tucano

Foto: Ilustração

O Parque Eólico Tucano será implantado no território das cidades de Tucano, Araci, Nova Soure, Biritinga, Sátiro Dias e Teofilândia (VER). A a proposta é  instalar 220 turbinas eólicas de 3.0 MW cada. Cada torre eólica a ser implantada no Parque Eólico Tucano terá um custo médio de R$ 12.6 milhões. A implantação de 220 torres poderá custar R$ 924 milhões. São quase 1 bilhão reais. Segundo a multinacional responsável pelo projeto, a Sowitec, a proposta é gerar 460 empregos diretos durante a fase pico de implantação.

Foto: Sowitec

Durante as fases com menor número de funcionários. serão 77 pessoas diretamente contratadas pela obra. Indiretamente, calcula-se que 1400 pessoas serão beneficiadas financeiramente pelo projeto (direta e indiretamente). A respeito das contratações, a emprega informou ao site A Voz do Campo: Em relação ao desenvolvimento local, é valido ressaltar que haverá geração de emprego, o projeto propiciará uma oferta relativamente significativa de mão-de- obra especializada durante a fase de operação e manutenção do parque eólico, inserindo, após treinamento e capacitação, podendo gerar no máximo 460 vagas de emprego, entre: gerente de projetos, gerente de construção, profissionais de engenharia, topógrafos, mestre de obras, operário (pedreiros, serventes, etc.), serviços gerais (segurança, cozinheiro, etc.), o prazo de conclusão das obras será em média de 24 meses.

Próxima matéria: Como está o projeto para o Parque Eólico Tucano? Quando as torres poderão ser implantadas? O artigo tratá informações que discorrem sobre prazos e status do projeto. O site entrou em contato com a empresa e especialistas do setor eólico do Brasil.

Matéria já publicada: Parque Eólico Tucano promete trazer bilhões em investimento à região do sisal; entenda

Parque Eólico Tucano promete trazer bilhões em investimento à região do sisal; entenda

16 de jun de 2017 às 19:20 | em: Araci,Biritinga,Nova Soure,Teofilândia,Tucano

Foto: Folder da Sowitec | Características do Parque Eólico Tucano

Conforme publicação no Diário Oficial do Estado da Bahia, portaria Nº 5831 de 12 de setembro de 2013, o Parque Eólico Tucano terá uma capacidade de geração de energia de 660 MW. A empresa responsável pelo projeto é a multinacional SOWITEC. Eles estabeleceram presença na Alemanha, França, Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Peru, Colômbia, Casaquistão, Rússia e México. Nas cidades de Tucano, Araci, Nova Soure, Biritinga, Sátiro Dias e Teofilândia, a proposta é  instalar 220 turbinas eólicas de 3.0 MW cada. Segundo o fabricante de torres eólicas Wobben, o valor médio em investimento para usinas é de R$4.2 milhões por MW instalado. Este valor inclui o aerogerador, infra-estrutura civil e elétrica, tudo isso dependendo das características de cada empreendimento.

Foto: Ilustração

Ou seja, cada torre eólica a ser implantada no Parque Eólico Tucano terá um custo médio de R$ 12.6 milhões. A implantação de 220 torres poderá custar R$ 924 milhões. São quase 1 bilhão reais.  Tendo em vista o volume do investimento e que o desenvolvimento do projeto na região do sisal encontra-se em estágio avançado, o site A Voz do Campo entrou em contato com a SOWITEC e obteve informações detalhadas e importantes sobre este projeto. Portanto, de maneira sequenciada, neste mês de Junho de 2017 serão publicadas matérias sobre o tema.

Próxima matéria: Quantos empregos o projeto pode gerar na região do sisal?

Dois jovens são mortos a tiros na zona rural de Biritinga; vítimas moravam em Serrinha

09 de jun de 2017 às 07:17 | em: Biritinga,Serrinha

Foto: Reprodução | Cleriston Silva

Por volta das 19h30 desta quinta-feira (09), uma guarnição do Pelotão de Biritinga foi informada que no povoado do Barrocão haviam 02 corpos numa estrada vicinal. Segundo a PM, uma guarnição deslocou-se de imediato para o local, onde foi constatado que se tratava de um duplo homicídio onde as vitimas foram alvejadas com várias perfurações de arma de fogo. Um dos indivíduos foi identificado por Douglas Ayrton Sena Oliveira Souza, 22 anos, e o outro como Bruno Souza. Segundo testemunhas, o mesmo residia na cidade de Serrinha. Junto aos corpos se encontrava uma motocicleta de marca Honda, NXR Bros 125, cor preta. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Guarda Municipal de Biritinga expõe obras de arte em evento de Serrinha

03 de jun de 2017 às 07:55 | em: Biritinga

Foto: Biritinga Informa

O Guarda Civil Municipal do município de Biritinga, Maick Lustosa, expôs suas obras de arte na Primeira Mostra de Artes e Cultura do território do Sisal através do IF Baiano localizando no município de Serrinha (BA) na manhã desta quarta-feira (31). Fábio Oliveira, comandante da Guarda Municipal no município de Biritinga e outros membros da guarda fizeram questão de prestigiar o trabalho impressionante do colega de profissão. “É um orgulho para nós poder apoiar e incentivar o artista e membro da guarda municipal Maick” disse Fábio.  Maick Lustosa é artista plástico e faz incríveis desenhos realistas.

Foto: Biritinga Informa

Utilizando técnicas como: lápis sob papel, aquarela, e outras, o artista consegue imprimir sua identidade através de suas obras com um traço particular e detalhista. Ainda não há programação de outras exposições. Para acompnhar os trabalhos do artista, CLIQUE AQUI e acesse sua página no Facebook.

Foto: Biritinga Informa

Com a ideia de valorizar as manifestações artísticas e culturais da região sisaleira, o IF Baiano – Campus Serrinha promoveu sua primeira Mostra de Arte e Cultura do Território do Sisal. Segundo a coordenadora de extensão do campus e uma das organizadoras, Anadeje Campêlo, o evento tem a proposta de “contribuir com o desenvolvimento do território, valorizando a pluralidade dos atores e a multisetorialidade das políticas públicas através da arte e da cultura”. (Blog Biritinga Informa).

Galeria de fotos
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa
  • Foto: Biritinga Informa

Projeto do Governo deve restaurar estradas rurais de 68 municípios, entre eles Araci, Tucano, Coité e Biritinga

24 de maio de 2017 às 23:27 | em: Araci,Biritinga,Conceição do Coité,Lamarão

Foto: A Voz do Campo

Mais de um milhão de habitantes de áreas rurais baianas serão beneficiados com o projeto de Estradas Vicinais, que teve início em abril. Em um primeiro momento, a ação atenderá 62 municípios, com possibilidade de chegar a 98. Realizado pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), o projeto busca melhorar as vias consideradas intransitáveis e realizar obras que garante o trânsito de pessoas e veículos sem interromper o escoamento do fluxo de água, tais como construções de pontes, bueiros e passagens molhadas. Por meio de consultas públicas com sete consórcios, associações de municípios definidos em lei, o projeto escolherá trechos rurais prioritários de cada localidade que vão passar por intervenções. Até o momento já foram definidos reparos em 11 cidades baianas, são elas: Lamarão, Biritinga, Tucano, Araci, Coração de Maria, Irará, Conceição de Feira, Conceição do Coité, Amélia Rodrigues, Conceição do Jacuípe e Capim Grosso. A previsão é que as obras sejam iniciadas no segundo semestre de 2017. Para o coordenador de Estradas Vicinais da Seinfra, Creomar Baptista, a ação tem papel social importante, pois melhora as condições de tráfego nas estradas rurais não pavimentadas. “Viabiliza o acesso das comunidades à escola e serviços de saúde, além de ampliar o alcance dos produtores no escoamento para o mercado”, disse. O investimento previsto é de R$ 65 milhões do Banco Mundial, valor que poderá ser ampliado para R$ 90 milhões se concretizado um futuro empréstimo junto ao Banco Europeu (BEI). Entre os critérios utilizados para seleção das vias, estão os indicadores de área, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), e também a proximidade da estrada vicinal com as rodovias estaduais. A previsão é que as consultas para decidir os locais sejam realizadas até 2018.

Homem é vítima de arma de fogo em quadra esportiva de Biritinga

22 de maio de 2017 às 14:36 | em: Biritinga

Foto: llustração

Por volta de 1h da manhã desta segunda-feira (22), deu entrada no Hospital Municipal de Biritinga, Barnabé Cardoso dos Santos, 36 anos, vítima de arma de fogo, morador da Fazenda Campo da Ema, Biritinga. Segundo a PM, Barnabé foi transferido para a cidade de Feira de Santana. Ele foi vítima de tiro numa quadra esportiva próximo a um evento. Até o momento não foi identificado o autor. O evento estava sendo realizado no Bar Oasis do Quipe, de propriedade de Vailson de Jesus, 43 anos. Não havia nenhuma solicitação para a realização do evento.

Um corpo em estado de decomposição foi encontrado em Biritinga

19 de maio de 2017 às 16:18 | em: Biritinga

Foto: Ilustração

Um corpo foi encontrado na cidade de Biritinga às 07h desta sexta-feira (18) no povoado de Lagoas das Piadas. Segundo a PM, aparentemente tem alguns dias de sua morte e o corpo já em estado de putrefação. O corpo seria de Manoel Souza de Almeida, 57 anos, natural de Rio Real. A Polícia Civil não soube afirmar no momento se foi um homicídio porque não há nenhuma marca aparente no corpo de penetração de projétil de arma de fogo, branca ou outro ato violento.  Manoel residia no povoado de Boa Sorte.

Mulher é presa acusada de esfaquear a própria irmã em Biritinga

15 de maio de 2017 às 09:32 | em: Biritinga,Policia

Foto: Reprodução

Por volta das 9 h deste domingo (14), uma guarnição do Pelotão de Biritinga recebeu uma denúncia anônima, onde foi informado a localização da suposta autora de uma tentativa de homicídio. Joice de Jesus Santos, 35 anos, nascida em 15/08/1981  é acusada de ter esfaqueado sua irmã no último dia 12/05 (sexta feira). Segundo os informantes, a mesma se encontrava homiziada em uma residência, na localidade conhecida como ” Raso de Pôncio”. A PM informa que uma guarnição deslocou-se até o local e constatou a veracidade da denuncia, prendendo a autora do delito, que foi conduzida para a 15a Coorpin em Serrinha.
A tentativa de homicido teria ocorrido no conjunto Habitacional Renascer, na cidade de Biritinga. A vítima foi socorrida por uma ambulância com o apoio da viatura e posteriormente foi transferida para o HGE. Segundo informações, a vitima se encontra fora de perigo.

Laboratório de refinamento de drogas é descoberto pela CETO em Biritinga

12 de maio de 2017 às 10:31 | em: Biritinga,Policia

Foto: Ascom 16° BPM

Por volta das 05h30 desta quinta-feira (12), uma guarnição da CETO em Biritinga recebeu o informe por populares a respeito de um possível ponto de tráfico de drogas, localizado no bairro Candeias. Chegando no local, foi realizada a busca no interior do domicílio, sendo constatado que se tratava de um laboratório de refino de droga. Segundo a PM, foram encontrados materiais utilizados para confecção e distribuição de entorpecentes além de diversas drogas em posse de  Cristiane M, de J. S, dos S., 18 anos.
Foi encontrado e apreendido:(01) balança de precisão, aproximadamente 154 gr de cocaína, (06) trouxinhas de maconha, divididas em (02) pacotes, R$ 70,00 reais em espécie, (01) celular marca Alcatel de cor azul, (05) tubos de ácido bórico que é utilizado para mistura da droga, (01) ampola de pomada cloreto de lidocaína, 01 rolo de fita de cor marrom para embalar a droga, bem como diversos comprovantes de depósitos bancários.  Foi encontrada em posse da acusada uma carteira de passe de visitante a presídio, sendo admitido pela mesma que mantém relacionamento com um interno do Presídio de Feira de Santana, membro da facção “Caveira”, identificado por Wesley de Souza Coelho.

Polícia encontra ossada humana na zona rural de Biritinga

13 de abr de 2017 às 09:23 | em: Biritinga

Foto: Ascom 16° BPM

Por volta das 11h desta quarta-feira (12), o Pelotão de Biritinga foi informado que no Povoado Santa Virgínia, dentro da fazenda Alto Alegre, em Biritinga, havia uma ossada humana em vala. A guarnição  deslocou para o local mencionado juntamente com o DPT. O local é de difícil acesso, cerca de 40km da Sede do Pelotão, sendo preciso andar mais 5 km a pé. A guarnição chegou ao local por volta das 16h e constatou o fato. Segundo o perito que esteve no local, provavelmente teria sido morte natural, tratando-se de um andarilho. Supostamente o fato teria ocorrido a cerca de alguns meses, conforme o estado  em que foi encontrada a ossada. Não houve até o momento nenhuma identificação. (Ascom 16° BPM). Confira um vídeo que circula nas redes sociais:

Morte de macaco por febre amarela é confirmada em Biritinga

04 de abr de 2017 às 10:36 | em: Biritinga,Região Sisal,Saúde

Foto: Reprodução

Mais duas mortes de macacos causadas por febre amarela foram confirmadas na manhã desta segunda-feira (3), na Bahia. Com os dois novos casos registrados, o número de mortes de macacos por febre amarela no estado sobe para 25. Os novos casos foram registrados nas cidades de Feira de Santana e Biritinga. As informações foram divulgadas pelo coordenador-geral do Núcleo Regional de Saúde de Feira de Santana e região, Edy Gomes. É o segundo caso de morte de macaco por febre amarela em Feira de Santana. A morte confirmada nesta segunda ocorreu no bairro Papagaio. A primeira, confirmada no dia 30 de março, foi no bairro Sim. Gomes disse que a informação dos novos registros em Feira e Biritinga já foi repassada à Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), mas o órgão destacou que um novo boletim atualizado com número de casos confirmados só será divulgado no final da semana. Os municípios que registraram mortes de animais causadas pela doença são Alagoinhas, Biritinga, Camaçari, Catu, Cordeiros, Feira de Santana, Ituberá, Nova Viçosa, Ouriçangas, Pedrão, Salvador, Santa Rita de Cássia, São Felipe e São Miguel das Matas.

Balanço – O último boletim oficial divulgado pela Sesab reúne dados colhidos somente até o dia 28 de março. O documento aponta que, até então, tinham sido notificados 104 casos suspeitos da doença em macacos, em 42 municípios do estado. Foram encaminhadas 51 amostras dos animais em condições de análise para o Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen) e, dos casos analisados. Também conforme o último boletim da Sesab, a Bahia não possui nenhum caso confirmado de febre amarela em humanos, com infecção dentro do território do estado. Até o dia 28 de março, haviam sido notificados 16 casos suspeitos em humanos de 8 municípios. São eles: Coribe (4), Feira de Santana (1), Ilhéus (1); Itamaraju (2), Itiúba (1), Mucuri (1), Nova Viçosa (1), Teixeira de Freitas (3) e 2 casos com pessoas residentes no estado de Alagoas (que passaram por vários locais na Bahia). Destes, sete casos foram descartados laboratorialmente (Coribe – 4; Mucuri – 1; Teixeira de Freitas – 2) e nove casos permanecem em investigação, aguardando resultados laboratoriais. (Cleriston Silva).

Instituto Fazer Acontecer distribui uniformes e materiais para projeto apoiado pelo Criança Esperança

24 de mar de 2017 às 16:51 | em: Araci,Barrocas,Biritinga,Conceição do Coité,Valente

O Instituto Fazer Acontecer (IFA) realizou entre os dias 9 e 13 de março a distribuição de uniformes e materiais para projeto FAES (Fazer Acontecer o Esporte no Semiárido) apoiado pelo Criança Esperança. Todos os materiais serão utilizados nas cidades de Araci, Teofilândia, Biritinga, Barrocas, Ichu, Pé de Serra, Conceição do Coité e Valente para a execução do projeto FAES – Fazer Acontecer o Esporte no Semiárido. Com o apoio financeiro do Criança Esperança, o instituto conseguiu entregar a cada um dos oito municípios, 60 uniformes, responsáveis por atender duas turmas de 30 alunos, juntamente com bolas de futebol de salão, futebol de campo, handebol e voleibol. Além dos equipamentos destinados às modalidades esportivas tradicionais (futebol, voleibol e handebol), os municípios receberam também cones grandes, pequenos, bambolês, cordas, sacolas e apitos, indispensáveis às demais práticas esportivas englobadas pelo projeto. As entregas foram realizadas na Secretaria de Educação de cada um dos municípios, na presença do secretário da pasta ou responsável indicado por ele, além de ter contado com a presença de professores responsáveis pela execução do FAES em cada um dos municípios.

Biritinga: Proprietário de casa de “caça niqueis” é detido pela Cipe Nordeste por favorecer jogos de azar

08 de mar de 2017 às 09:19 | em: Biritinga,Policia
Foto: Ilustração

Foto: Ilustração

Nesta terça-feira (7), por volta das 15:30h, em rondas pela cidade de Biritinga, ao passar por um estabelecimento vizinho ao banco Sicoob, a Cipe Nordeste percebeu a movimentação de máquinas caça niqueis e, ao adentrar, no recinto percebeu que funcionava uma casa de jogos ilegais de propriedade do senhor José Roberto Pereira Lima (vulgo Vitorino) de 47 anos, que foi conduzido à DP de Biritinga. Ele apresentado ao agente Cloves de Araújo Meireles, juntamente com as máquinas apreendidas. Sendo um total de 24 caça Níqueis e um monitor de computador, e ainda um total de 7.648,90 em dinheiro retirado do interior das máquinas. (Ascom Cipe Nordeste).

Por que os jogos de azar foram proibidos no Brasil?

Os capítulos mais marcantes da história da jogatina no Brasil começaram a ser escritos em meados do século 20. Em 1933, o presidente Getúlio Vargas decidiu legalizar o jogo associado a espetáculos artísticos, inaugurando a era de ouro dos cassinos no país, que perduraria até 1946. No Rio de Janeiro, estabelecimentos luxuosos se multiplicaram, entre os quais o Cassino da Urca. Grandes cantoras, como Carmen Miranda, ganharam fama nos salões. Em Petrópolis, região serrana do Rio, o Palácio Quitandinha foi inaugurado com pompa em 1944, descrito como o maior cassino da América Latina. Mas funcionou apenas dois anos.  Após assumir o lugar de Vargas, Eurico Gaspar Dutra proibiu, em maio de 1946, os jogos de azar no país. A medida foi tomada após a publicação de reportagem no jornal O Globo retratando “as fábricas do vício e do crime”, como foram chamados os estabelecimentos. O texto escandalizou a primeira-dama, Carmela Dutra, que teria influenciado a decisão. Em 1993, a Lei Zico autorizou a volta de bingos, para entidades esportivas angariarem fundos a partir da atividade. Depois de idas e vindas, o tema voltou a dominar as manchetes em 2004. Embora tenha se declarado favorável à liberação da atividade, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou atrás. Motivo: Waldomiro Diniz, ligado à Casa Civil, foi acusado de cobrar propina de Carlinhos Cachoeira, empresário do ramo de jogos. Para estancar a crise, Lula editou medida provisória vetando bingos e caça-níqueis. Onze anos depois, o assunto volta à tona. Mais uma vez, em tempos de crise.