Intermunicipal: Coordenador da seleção araciense envia nota de esclarecimento e anuncia afastamento da função

16 de ago de 2019 às 13:33 | em: Araci,Intermunicipal

Foto: Divulgação

O então coordenador da seleção araciense, Manoel Nunes emitiu esta semana uma nota de esclarecimento que anuncia seu afastamento da função antes exercida. Leia a nota na íntegra.

“Eu, Manoel Nunes empresário, amante apaixonado pelo futebol de Araci, fui convidado a ser coordenador da seleção ARACIENSE, exercendo a função acima, venho a público esclarecer o meu afastamento da função supracitada. A decisão foi tomada em razão da pressão sofrida por mim, vindo de pessoas que misturam futebol com política, de pessoas que nunca fizeram nada pelo futebol de Araci, pessoas que se dizem gostar de esporte, mas até hoje não tem na sua galeria pessoal um troféu de campeão pelo menos de um torneio de baralho ou de dominó, enquanto eu apenas um mero empresário tenho 12 títulos, sendo 5 deles em cidades próximas ao município onde representamos Araci muito bem. Ingressei nesse projeto à convite de uma comissão independente, sem interesse político ou partidário, sem a intervenção do poder público ou de político ou a quem quer que seja.

Contudo, vale ressaltar que o patrocínio concedido pela prefeitura para o uniforme oficial da seleção e no pagamento do trio de arbitragem no jogo do último dia 11/08. Portanto, fica claro que os demais gastos até o momento são resultados de patrocínios de parceiros privados que tiveram seus nomes fixados nas camisas tanto de jogos, treinos e torcedor. Quero através deste agradecer imensamente a todos os empresários que a mim confiaram durante a minha permanência nesse projeto e saibam que a marca de vocês nunca se apagarão das nossas camisas e menos ainda das nossas memórias, as divulgações continuarão por onde a seleção estiver. Assim declaro que fica em caixa o valor de R$ 4.176,00 (quatro mil cento e setenta e seis reais) valor este suficiente para pagamento da próxima folha de pagamento no jogo de fora contra tucano no dia 25 deste mês corrente.

Ressalto aqui a confiança a mim concedida pelo presidente da liga Valter Cardoso, ao ex-presidente Dunga e o carinho especial por cada um dos jogadores e parte da comissão que tiveram contato físico comigo em campo, no meu escritório e na rua. Assim retiro-me de alma lavada e consciência tranquila por der deixado tudo organizado da melhor maneira possível, porque não posso fazer mais. Mas aqui de fora estarei torcendo muito por cada um de você. Nesse momento você não pode me ver, mas estou chorando, chorando pela falta que irei sentir de estar perto de vocês, mas meu choro de verdade irá aliviar o meu coração e limpar minha alma. Independentemente de qualquer coisa, estarei torcendo muito por vocês e sei que vocês vão longe, muita além do que muitos esperavam.

Estarei inteiramente à disposição de todos para quaisquer esclarecimentos,” escreveu Nunes.

Manoel Nunes
14 de Agosto de 2019

Como você se sentiu com este conteúdo?
Curti
Curti Amei Feliz Surpreso Triste Raiva
112

Clique aqui para seguir nossa página no Facebook.