Araci: Mercadinho é assaltado por homens armados no distrito de João Vieira

23 de fev de 2017 às 11:39 | em: Araci,Policia
Foto: Ilustração

Foto: Ilustração

Moradores do distrito de João Vieira, Araci, entraram em contato com o site A Voz do Campo para informar sobre um assalto que ocorreu na manhã desta quinta-feira (23) no Mercadinho de Bebé. Em contato com um funcionário do estabelecimento comercial, ele confirmou o fato e informou que os assaltantes chegaram armados por volta das 8h da manhã. Eles estavam com um revólver calibre 32 e renderam os funcionários logo na entrada. A quantia levada não foi informada. A Polícia Militar foi acionada e já iniciou a busca pelos assaltantes.

Primeiro escritório de contabilidade de Araci reposiciona marca e se torna referência no ramo de atuação

23 de fev de 2017 às 11:30 | em: Araci,Bahia
Foto: AJ7 Drone Foto & Vídeo

Foto: AJ7 Drone Foto & Vídeo

Com mais de 45 anos de experiência no mercado de contabilidade, a Organização Contábil Almeida (Orcontal) foi o primeiro escritório do ramo contábil a atuar em Araci. Empresa familiar que presta serviços aos mais diversos segmentos empresariais em todo território da Bahia. Com sede em Araci, a Orcontal conta com profissionais qualificados e com uma vasta experiência no mercado. A Orcontal surgiu da necessidade de assessorar pessoas que almejavam abrir o seu negócio e contribuir com o sucesso dos mesmos, além de contribuir com as empresas já existentes. Ao longo do tempo ela se tornou referência. A Orcontal foi fundada por Luiz de Almeida Nery (Luiz Contador) que é um dos mais antigos e respeitados profissionais contábeis da cidade, onde está sempre investindo na capacitação dos seus profissionais e buscando melhorias na qualidade dos serviços prestados. 

A Orcontal vem a cada dia investindo na capacitação de seus profissionais

A Orcontal vem a cada dia investindo na capacitação de seus profissionais

Hoje os parceiros podem contar com os seguintes serviços: Escritura contábil e fiscal; Apuração de tributos; Elaboração de demonstrativos contábeis; Obrigações assessórias; Rotinas trabalhistas e previdenciárias; Aberturas, alterações e encerramentos de empresas; Arquivamentos de atos consultivos; Planejamento para mudança de regime tributário; Administração e Gestão pública e outros. Os cliente podem fazer consultas à certidões negativa de débito CND; Regularidade de FGTS; Relatório da situação fiscal PJ e PF; Dividas ativas da união; Regularidade na SEFAZ-BA e outros. A equipe técnica é formada por Glauco Nery, Eliana Almeida, Gledson Matos, Iarley Almeida, Djalma do Carmo e Marcos Paulo Oliveira. Venha conhecer nossa estrutura e serviços. Mais informações (75) 3266-2152 ou pelo whatsApp 99193-3245.

Galeria de fotos
  • Photo1
  • Photo2
  • Photo3
  • Photo4
  • Photo5
  • Photo6
  • Foto: AJ7 Drone Foto & VídeoFoto: AJ7 Drone Foto & Vídeo
  • Photo2
  • A Orcontal vem a cada dia investindo na capacitação de seus profissionaisA Orcontal vem a cada dia investindo na capacitação de seus profissionais

*Informe Publicitário

Biritinga: MP da Bahia pede ‘indicação de qualificação técnica’ das filhas e do genro do Prefeito e anulação de servidores temporários que sejam parentes do Prefeito, Vice ou de Secretários

23 de fev de 2017 às 11:29 | em: Biritinga,Política
001-6-326x235
Foto: Reprodução

O Ministério Público do Estado da Bahia, por meio da promotora de Justiça em substituição na 4ª Promotoria de Justiça de Serrinha, instaurou um procedimento investigatório preliminar para apurar suposto caso de nepotismo na prefeitura de Biritinga/BA. O prefeito Antonio Celso Avelino de Queiroz nomeou suas filhas Lívia Santos de Queiroz e Lílian Santos de Queiroz para os cargos de secretária de Saúde e Procuradora Jurídica do Município, respectivamente. Lívia é esposa de José Aécio Pereira Lobo, que foi alocado na função de secretário de Finanças e Orçamento. O blog Biritinga Informa apurou as informações publicadas no Diário de Justiça e constatou que a Promotora Letícia Queiroz de Castro não pede anulação das nomeações das filhas e do genro do Prefeito Celso. Ela pede apenas que seja enviado a indicação de qualificação técnica’ desses agentes políticos, como fundamentação para os cargos em que ocupam na estrutura administrativa da Prefeitura de Biritinga.

capture-20170221-184611

ITEM 4: QUE, no caso de nomeação de agente político que possua o parentesco supramencionado, que encaminhe a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 10 (vinte) dias úteis, a indicação da qualificação técnica do(s) respectivo(s) agente(s) político(s), com o envio de prova documental, comprobatória nesse sentido.
A promotora de Justiça Letícia Queiroz de Castro lembrou, ao recomendar o prefeito que exonere os parentes, que tal ato administrativo viola a Constituição, como prevê o teor da Súmula Vinculante nº13 do Supremo Tribunal Federal (STF): “a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.”
A recomendação foi expedida no último dia 16 e publicada no Diário da Justiça do estado da Bahia nesta terça-feira (21). O prefeito Antônio Celso deverá anular as contratações no prazo de 20 dias de todas as pessoas que tenham vínculo com sua família.
Ao blog Biritinga Informa, uma das filhas nomeadas, a advogada Lílian Queiroz, negou que o emprego dela, da irmã e do seu cunhado na prefeitura comandada por seu pai seja um caso de nepotismo.(Blog Biritinga)

Payleven, a mais barata máquina que aceita cartões de crédito e débito do mercado

23 de fev de 2017 às 11:07 | em: Negócios

facebook-payleven-full-1990A payleven trabalha para a evolução e democratização do mercado de meios de pagamentos. Os produtos estão em constante desenvolvimento para atender desde o profissional autônomo e pessoa física, até micro e pequenas empresas.Screenshot_4 Hoje, qualquer um pode receber pagamentos a qualquer hora e em qualquer lugar de forma fácil, acessível, segura e com custos transparentes. A empresa fornece o serviço com as taxas mais baratas, bem como tem as máquinas mais acessíveis e fáceis de manipular do mercado.  Acesse o link abaixo e compre sua máquina da Payleven com desconto especial:

https://payleven.com.br/leitor-com-desconto/0p7kTzTXLF4%3D

Telescópio da NASA descobre um sistema solar com sete planetas como a Terra

23 de fev de 2017 às 08:31 | em: Mundo
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma equipe internacional de astrônomos descobriu um novo sistema solar com sete planetas do tamanho da Terra. Está a cerca de 40 anos luz de nós, orbitando em torno de uma estrela anã e fria, de um tipo de astro conhecido como “anões vermelhos”. Na Via Láctea, este tipo de astro é muito mais abundante que as estrelas como o Sol e, recentemente, se tornaram o lugar preferido pelos astrônomos para procurar planetas semelhantes à Terra onde possa ser encontrada vida, segundo explicaram os cientistas da NASA, durante uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira. “A questão agora não é como se encontraremos um planeta como a Terra, mas quando”, disseram. O novo sistema solar orbita em torno da estrela Trappist-1, um astro do tamanho de Júpiter encontrado na constelação de Aquário. No ano passado, uma equipe internacional de astrônomos achou três planetas orbitando este astro, com tão somente 8% da massa do Sol. Em um novo estudo publicado hoje na revistaNature, a mesma equipe confirma a existência desses três planetas e anuncia outros quatro. Todos os sete planetas tem o tamanho similar ao da Terra, mas estão muito mais próximos à sua estrela, o que permitiria que abrigassem água líquida, condição essencial para a vida, segundo um comunicado oficial do Observatório Europeu do Sul (ESO). Confira mais detalhes em El País Brasil.

Corinthians vence o Palmeiras por 1 a 0 com gol no fim e jogo polêmico

23 de fev de 2017 às 08:26 | em: Futebol
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O Corinthians venceu o Palmeiras nesta quarta-feira, pela 5ª rodada do Campeonato Paulista, na Arena Corinthians, no primeiro Dérbi de 2017, ano do centenário do clássico. Apesar de atuar com um jogador a menos durante toda a etapa final, o Timão superou o Verdão graças a uma boa jogada de Maycon, que venceu Guerra pela esquerda e rolou para Jô marcar o gol que deu o resultado positivo aos donos da casa. O tento foi marcado aos 42 minutos do segundo tempo.

Teofilândia: Moradores do Parque Algarobas reclamam de lixos e entulhos no local

23 de fev de 2017 às 08:11 | em: Teofilândia
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A página do Facebook Teofilâdia.Acontece divulgou nesta quarta-feira (22), que moradores do Parque Algarobas, na Cidade Nova, em Teofilândia, reclamam da demora do recolhimento dos lixos e entulhos no local.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

“Segundo informações dos moradores, já são quase 2 meses de espera e, até o momento, nada foi feito pela Prefeitura Municipal”, escreveram.

Serrinha: CAPS procura paciente desaparecido; ajude

23 de fev de 2017 às 08:05 | em: Serrinha
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O nome do paciente é Ednelsom dos Santos. Contato: 75 9 91896243.

Dois suspeitos morrem em confronto com a PM em Jaguarari

23 de fev de 2017 às 08:01 | em: Bahia,Policia
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Dois homens morreram em um confronto com a Polícia Militar na terça-feira (21), na cidade de Jaguarari, no norte da Bahia, a 260 km de Serrinha. De acordo com informações da polícia, o caso ocorreu no distrito de Flamengo, quando PMs que passavam pelo local cercaram homens que estavam em atitude suspeita dentro de um carro.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A polícia informou que os suspeitos atiraram e, no revide, Robson Oliveira de Almeida, de 19 anos, e Pablo Leite da Silva, de 18, foram atingidos. Dois ficaram feridos e foram levados para um hospital da região. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Segundo a polícia, um rifle e três revólveres foram apreendidos com o grupo. O caso foi registrado na Delegacia de Jaguarari. (Fotos: Portal Jaguarari)

Câmara aprova projeto que cria documento de identidade único

23 de fev de 2017 às 07:55 | em: Brasil
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 21, um projeto que cria uma identidade única nacional que vai reunir em um só documento dados como CPF, RG e título de eleitor. A proposta segue agora para a apreciação no Senado. Pela proposta, o CPF vai se tornar o número universal do cidadão brasileiro e vai substituir todos os outros documentos hoje existentes. O projeto inicial, de iniciativa do Executivo, previa a geração de um novo número para o cidadão pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o relator do projeto, deputado Júlio Lopes (PP-RJ), a alteração foi possível após um longo debate não somente com os deputados, mas também com o atual presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, e com o ex-presidente da corte eleitoral Dias Toffoli. O relator destacou ainda que hoje o brasileiro chega a ter até 22 documentos, o que cria um verdadeiro emaranhado de números e facilita fraudes. Ele, no entanto, afirmou que o novo registro, batizado de Identidade Civil Nacional, não vai substituir nem a carteira de motorista nem o passaporte, porque são documentos que têm prazo de validade e podem ser apreendidos. A ideia é que o novo documento facilite a vida das pessoas. Na hora de votar, por exemplo, o cidadão não vai mais precisar levar o título de eleitor, poderá levar apenas o documento universal. Também vai agilizar a identificação biométrica dos cidadãos, que hoje depende do registro de cada Estado. O relator também explicou que a substituição dos atuais documentos vai ser gradual, ou seja, as pessoas só terão que adquirir a sua Identidade Civil Nacional quando os documentos que têm hoje perderem a validade. Com isso, um cidadão que tiver uma carteira de identidade válida até 2022, por exemplo, vai poder continuar usando o documento até essa data. A primeira emissão do documento não vai ter custo para os cidadãos. Segundo o Lopes, a primeira versão do projeto previa que os novos documentos de todos os brasileiros seriam emitidos todos de uma vez só, assim que o projeto fosse aprovado no Congresso, o que geraria um custo para o governo de mais de R$ 4 bilhões. (IstoÉ).

Teofilândia: Comunidade do Setor pede o restabelecimento dos serviços dos Correios

22 de fev de 2017 às 19:30 | em: Teofilândia
Povoado do Setor | Foto: Ilustração

Povoado do Setor | Foto: Ilustração

Moradores do povoado Setor, em Teofilândia, utilizam as redes sociais para cobrar o restabelecimento do serviço dos Correios na comunidade. O Setor é a comunidade mais povoada do município. Segundo moradores, o povoado conta com 03 (três) pontos de atendimento dos principais bancos. “Parte das conquistas dos moradores foi o Correio, que permitia aos seus moradores usufruir dos serviços de telégrafos, como receber as suas correspondências em sua casa, com a comodidade de poder realizar compras pela Internet sem preocupação de ter que ir até em Teofilândia fazer a retirada das suas pastagens e etc […]. Quase 60 dias se passaram da nova gestão, e quase 60 dias que o Correio do Setor deixou de funcionar, deixando toda a população sem a cobertura desse serviço que é de extrema importância”, disse Naiara Meireles através do Facebook. O site A Voz do Campo fez contato com uma fonte da cidade de Teofilândia, que confirmou o fato. A comunidade informa, ainda, que clamam por uma solução porque o convênio entre a prefeitura e os correios encerra no próximo mês.

“Quem chorava hoje ri (…)”; vídeo de Dr. Igor, ex-prefeito de Tucano, viraliza nas redes sociais

22 de fev de 2017 às 19:03 | em: Tucano
Imagem do vídeo com edição | Foto: Print do vídeo que circula nas redes sociais

Imagem do vídeo com edição | Foto: Print do vídeo que circula nas redes sociais

Um vídeo do ex-prefeito de Tucano, Dr. Igor (PT), circula nas redes sociais e chegou até ao site A Voz do Campo. Ele, junto com outras duas pessoas, cantam a música dos cantores Wesley Safadão e Gabriel Diniz, “Quem chorava hoje ri”. Leitores comentam que o vídeo pode fazer alusão ao recente imbróglio entre a atual gestão e a categoria dos professores municipais (relembre). O vídeo também circula nos grupos de whatsapp do site A Voz do Campo e de notícias regionais. Nas eleições de 2016, Igor Nunes teve 42,70% dos votos válidos e foi derrotado por Dr. Sérgio (PSD), que teve 54,24%. Dr. Igor é médico e advogado e foi prefeito de Tucano entre 2013 e 2016. A pedido de uma das pessoas que estão presentes no vídeo, o site A Voz do Campo não o expõe o vídeo nesta matéria. A mesma pessoa informou que o vídeo foi gravado antes do imbróglio entre a atual gestão e os professores.

5 questões para entender como é o processo de deportação de imigrantes ilegais nos EUA

22 de fev de 2017 às 11:29 | em: Brasil
Foto: Ilustração

Foto: Ilustração

E para o governo de Donald Trump, como ele próprio havia adiantado na campanha eleitoral, deportar a maior quantidade possível de imigrantes em situação irregular é uma prioridade. A iniciativa ganhou nova força na terça-feira com a divulgação das novas diretrizes com as quais sua gestão busca ampliar o número de expulsões e acelerar os processos. Durante o governo anterior, de Barack Obama, a prioridade era deportar imigrantes indocumentados condenados por crimes graves ou que representassem uma ameaça à segurança nacional. Mas com Trump o escopo foi ampliado e todo e qualquer tipo de infração ou crime é agora passível de deportação. Dessa forma, todos os imigrantes que tiverem cometido qualquer tipo de delito, usado documentos falsos, representem um risco para a segurança pública ou tenham abusado de subvenções e auxílios governamentais, serão afetados pela medida. Analistas estimam que os 11 milhões de imigrantes indocumentados que vivem atualmente nos Estados Unidos poderiam estar suscetíveis à deportação. Mas a tarefa não é fácil. Deportar um imigrante que está de forma ilegal nos Estados Unidos pode envolver um processo judicial de meses. Além disso, localizar aqueles que receberam ordens de deportação pode ser complicado. Veja abaixo, as respostas a algumas perguntas sobre os procedimentos.

1. Quando o processo é iniciado?

Antes que seja iniciado o processo de deportação, a pessoa terá de ter infringido a lei – desde uma simples regra de trânsito a um crime de maior gravidade. Ele pode, por exemplo, ter violado a lei de imigração, como, por exemplo, ter permanecido no país após o fim do visto. Nesse caso, pode ser descoberta em uma batida policial, como as que são feitas regularmente para localizar estrangeiros em situação irregular. A deportação é o resultado de uma cadeia de ações: a polícia local – que não é a que persegue imigrantes indocumentados – detém uma pessoa por um delito e a identifica. A partir daí, a situação do imigrante no país pode ser questionada, e, se comprovado seu status ilegal, as autoridades migratórias podem ser avisadas. O processo de deportação é formalmente iniciado quando um tribunal de imigração recebe o caso. Se o juiz encontra uma violação na lei de imigração, autoriza a deportação, que é executada pelos agentes do Serviço de Imigração e Controle de Duanas (ICE, na sigla em inglês).

Batida contra imigrantes no Arizona

Foto: Ilustração

2. A saída do país ocorre de forma automática?

Não. Pelas leis americanas, um imigrante em situação irregular nos Estados Unidos não está cometendo um delito criminal, mas civil, e tem várias possibilidades para recorrer, evitando, assim, a deportação. Ele pode solicitar alguns dos nove benefícios que a lei oferece, como, por exemplo, regularizar seu status, adiar a deportação ou solicitar asilo se não cometeu nenhum crime de maior gravidade. “Se você for detido, tem direito a se apresentar frente a um juiz e a uma corte de imigração. Você saberá se pode permanecer no país ou terá de ser deportado”, explica à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, a advogada de imigração Andrea Martini. Até agora, mesmo um imigrante indocumentado detido pode permanecer em liberdade sob fiança se não tem um histórico criminal ou não recebeu uma ordem de deportação final. Laços com a comunidade, familiares americanos ou residentes e trabalho fixo são fatores considerados pelas autoridades para que o benefício seja concedido até a decisão final da Justiça, explica Martini. No entanto, pelas novas diretrizes, o Departamento de Segurança Interna (DHS na singla inglesa) estabelece o fim da política de “capturar e liberar” que até agora permitia soltar quem era detido por estar no país em situação irregular enquanto aguardava pelo julgamento de seu processo. A partir de agora, o órgão quer que aqueles que forem detidos aguardem a resolução de seu caso em um centro de detenção. A aplicação dessa nova diretriz dependerá da disponibilidade de vagas suficientes para a reclusão e de recursos econômicos para manter as pessoas detidas enquanto o processo corre.

3. Quando os imigrantes são deportados?

Os imigrantes que estavam em liberdade e perdem a ação têm que deixar o país. Eles tem a opção de saída voluntária. O imigrante se apresenta, literalmente com sua bagagem em mãos, ante as autoridades e sai do país por conta própria. A saída voluntária garante o benefício de que a pessoa não seja proibida de retornar aos Estados Unidos. Mas quem estava detido por ter antecedentes criminais com a Justiça será enviado de volta a seu país de origem. Mas nem mesmo assim o processo é mais rápido. Há indocumentados que podem passar meses, em casos excepcionais, anos, em um centro de detenção à espera da decisão final da Justiça. Não raro, imigrantes são deslocados de um centro de detenção a outro nos Estados Unidos. O objetivo é que eles sejam deportados em maior número e de uma vez só. No entanto, as novas diretrizes ampliam a margem para a execução das chamadas “deportações imediatas”, que permitam aos agentes do ICE e da guarda de fronteira deportar os imigrantes de forma mais rápida e sem necessidade de apresentá-los a um juiz de imigração. Até então, só eram alvo de expulsões imediatas pessoas que tivessem entrado nos Estados Unidos nos últimos 14 dias e que se encontravam em uma área de 160 quilômetros de distância da fronteira. A partir de agora, contudo, as diretrizes vão passar a afetar aqueles que tenham ingressado no país nos últimos dois anos, independentemente de onde estiverem.

Rencontro de imigrantes na fronteira sul dos Estados Unidos

Foto: Ilustração

4. Há batidas contra imigrantes?

As leis de imigração são federais, por isso, os encarregados de cumpri-las são os agentes do ICE ou do Serviço de Cidadania e Imigração, conhecidos popularmente em espanhol como “la migra”. Existem operações ou batidas para a localização de indocumentados, mas elas são feitas em áreas rurais, no sul dos Estados Unidos, e raramente nas chamadas “cidades santuário”, segundo a organização de proteção a imigrantes Ponte, sediada no Estado do Arizona. Trump exigiu dos governos dessas cidades (Los Angeles, San Francisco, Chicago, Houston, Seattle, Phoenix, Nova York, entre outras) que colaborem com as agências federais – e ameaçou retirar delas recursos econômicos caso não o façam. Os centros de detenção só podem abrigar pessoas que cometeram algum delito por 48 horas, e uma vez que as autoridades migratórias demoram vários dias para concluir um caso, as prisões muitas vezes optam por colocá-las sob liberdade condicional. Embora haja batidas em locais públicos, os advogados de imigração alertam que nenhum integrante do ICE ou de qualquer outra agência federal pode entrar em uma propriedade privada sem uma ordem judicial. “Você tem direito a permanecer em silêncio e solicitar um advogado. Além disso, não está obrigado a testemunhar contra si próprio”, explica Martini.

Funcionários do ICE

Foto: Ilustração

5. Trump deportará os 11 milhões de indocumentados?

Nenhum outro presidente dos Estados Unidos deportou tantos imigrantes como Barack Obama. Entre 2009 e 2017, 2,5 milhões de pessoas foram expulsas do país, segundo estatísticas do Departamento de Segurança Nacional. Durante sua campanha presidencial, Trump prometeu retirar do país 11 milhões, uma cifra equivalente ao número total de indocumentados nos Estados Unidos. Mas, já empossado presidente, ele reviu a meta e disse que removerá “até 3 milhões” que “tenham antecedentes criminais, sejam membros de gangues, ou traficantes de drogas”. “Vamos a expulsá-los do país e talvez prendê-los”, disse.

Protesto em Miami

Foto: Ilustração

O Migration Policy Institute (MPI, na sigla em inglês), um centro de análise sobre imigração nos Estados Unidos, indica que há cerca de 820 mil imigrantes indocumentados com condenações criminais, o que inclui delitos menores, e 1 milhão poderiam ser deportados do país por causa de seus antecedentes. “Acreditamos que o grupo seja um pouco menor do que (Trump) está dizendo, mas não há dúvidas de que terá a capacidade de deportar 2 milhões de pessoas em seus primeiros quatro anos”, estimou à BBC Mundo Randy Capps, do MPI, em novembro do ano passado. “Mas é extremamente difícil que eles consigam executar esse plano na sua integralidade. A medida exige muitos recursos e o número de agentes da ICE é limitado”, acrescentou ele. No entanto, com o objetivo de aplicar as novas diretrizes, o DHS anunciou na terça-feira sua intenção de contratar 10 mil novos funcionários para serviços de controle migratório. Anteriormente, a chefe dos Tribunais de Imigração, MaryBeth Keller, emitiu um memorando no qual indicou que as cortes terão como prioridade “programar audiências rápidas” para os detidos, segundo uma reportagem da agência de notícias AP. Mesmo que a meta inicial não seja alcançada, o futuro dos indocumentados não parece promissor para os próximos anos nos Estados Unidos. “Deportar 11 milhões é bastante difícil, mas o governo Trump pode tentar fazê-lo de maneira mais agressiva e tentar expulsar o maior número possível”, concluiu Martini. (BBC Brasil).

Vice-prefeita Keinha pede exoneração de cargo em secretaria de Araci

22 de fev de 2017 às 11:08 | em: Araci
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A vice-prefeita e secretária do Governo de Araci, Maria Betivânia, conhecida como “Keinha”, pediu exoneração do cargo. Ela ocupa o cargo desde o dia 1º de janeiro de 2017. O pedido de exoneração foi feito nesta terça-feira (21). Em contato com o site A Voz do Campo, na manhã desta quarta-feira (22) Keinha disse que vem passando por problemas pessoais e preferiu se afastar da pasta para não afetar o trabalho do governo. “Desde já quero agradecer imensamente ao prefeito Silva Neto pela escolha do meu nome na época, porém infelizmente irei precisar neste momento me dedicar a resolver outras questões familiares,” disse Keinha ao site A Voz do Campo.

Nova Soure: Homem foge da Cipe Nordeste; na troca tiros ele é baleado e preso

22 de fev de 2017 às 10:26 | em: Nova Soure,Policia
Foto: Ascom Cipe Nordeste

Foto: Ascom Cipe Nordeste

Por volta das 13h00min desta terça-feira (21), uma guarnição da Cipe Nordeste efetuava rondas pelo Bairro Bom Jesus, município de Nova Soure, e percebeu uma pessoa transitando em atitude suspeita. Ao se aproximar, de imediato o indivíduo evadiu, transpondo os muros das residências. Rapidamente foi feito um cerco para detê-lo com apoio de guarnições locais. Minutos após,  ele foi alcançado e efetuou disparos  contra os policiais militares. A Cipe Nordeste reagiu e ele foi alvejado. Imediatamente o suspeito foi conduzido para o hospital de Nova Soure, tendo sido identificado como José Bispo dos Santos.  O Major Welligton, da Cipe Nordeste, informou ao site A Voz do Campo que na delegacia foram apresentados ao Delegado Thiago Alves Cunha os seguintes objetos: 01 revólver Cal. 22, Nº 417857, 07 munições, sendo quatro deflagradas e três intactas; 01 pistola Cal. 22, sem numeração, 04 munições intactas, 01 celular Sansung e R$ 9.0.