Sindicato Araci convida todos para Audiência Pública sobre a seca na Câmara Municipal quinta-feira (23)

22 de mar de 2017 às 18:04 | em: Araci

Foto: Divulgação

O Sindicato Rural de Araci convida a todos para uma Audiência Pública sobre políticas públicas a serem implementadas no combate a seca que será realizada na Câmara Municipal de Araci nesta quinta-feira (23).

Audiência Pública com tema “Desafios do Semiárido” ocorrerá dia 23 de março na Câmara de Araci

Michel Temer anunciou que a reforma da previdência atingirá somente servidores federais e trabelhadores do setor privado

22 de mar de 2017 às 15:26 | em: Michel Jornalista,Policia

Foto: Reprodução

O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira (21) que a reforma da Previdência atingirá somente servidores federais e trabalhadores do setor privado. Segundo ele, a reforma das previdências estaduais ficará a cargo dos governos dos estados. Após reunião no Palácio do Planalto, ele fez o anúncio ao lado de ministros; do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); dos líderes do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), e na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB); e de deputados, entre os quais Carlos Marun (PMDB-MS) e Arthur Maia (PPS), presidente e relator, respectivamente, da Comissão Especial da Reforma da Previdência. A exclusão dos servidores estaduais foi a primeira concessão do governo em relação a mudanças na reforma da Previdência. Integrantes da equipe econômica do governo vêm defendendo a aprovação do projeto no Congresso sem alterações. “Surgiu com grande força [na reunião] a ideia de que deveríamos obedecer a autonomia dos estados”, disse Temer, após reunião com líderes partidários no Palácio do Planalto. “Reforma da Previdência é para os servidores federais”, declarou.
O projeto de reforma da Previdência atualmente em tramitação na Câmara só exclui militares das Forças Armadas, bombeiros e policiais militares.  De acordo com o presidente, vários estados já começaram a reformular a Previdência estadual. “Seria uma invasão de competência, que não queremos levar adiante”, afirmou. “Sendo assim, funcionários estaduais dependerão da manifestação do seu governo estadual ou governo municipal”, complementou.”Estou passando ao relator [Arthur Maia] e ao presidente da comissão [Carlos Marun] que logo no dia de amanhã [quarta, 22] todos transmitirão aos membros da comissão que a partir de agora trabalharão com uma previdência voltada para os servidores federais”, afirmou Temer.Ao encerrar a fala, Temer deixou o Salão Leste do Palácio do Planalto, local do pronunciamento, sem responder a perguntas. Jornalistas gritaram, indagando se o anúncio era uma “derrota” da equipe econômica, mas o presidente ignorou a pergunta. Pela manhã, durante discurso em um evento voltado a empresários, Temer afirmou que o governo conseguirá aprovar a proposta no Congresso mesmo que com “uma ou outra adequação”.“O Congresso Nacional é o senhor dessa matéria agora. Até porque ela será, virá à luz, por uma emenda à Constituição, que depende apenas da atuação do Congresso Nacional. Mas nós vamos aprová-la. Vamos aprová-la com uma ou outra adequação, quem sabe, mas vamos aprová-la”, declarou.

Impacto ‘zero’, diz ministro

Após participar na Câmara de audiência pública da Comissão Especial de Reforma da Previdência, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou que o anúncio da exclusão dos servidores estaduais da reforma tem impacto “zero” para as contas do governo federal.”Não tem impacto para o governo federal. Impacto é zero. Não há nenhum impacto para as contas do governo federal. Na verdade, o governo federal tinha a pretensão de, digamos, incluir isso na reforma para contribuir no ajuste dos estados. Entretanto, o entendimento é que os estados têm condições de fazer isso diretamente. Não tem necessidade de inclusão”, afirmou o ministro.

Câmara

Depois do anúncio de Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que a decisão do presidente vai “facilitar muito” a aprovação da reforma da Previdência. Ele pretende concluir a votação da reforma ainda no primeiro semestre deste ano.Vai falicitar muito a aprovação porque vai retirar 70% da pressão que estava sendo recebida”, afirmou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. “Vivemos em um estado federado e cada ente tem a prerrogativa para fazer ou não a sua reforma. Espírito Santo e Santa Catarina já fizeram”, declarou.No momento do pronunciamento do presidente, a Comissão Especial da Reforma da Previdência estava reunida em uma sessão na Câmara. O deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG) pediu a palavra para anunciar aos presentes no plenário o teor do anúncio de Temer. Houve aplausos de alguns parlamentares.”O Brasil é uma federação, senhoras e senhores deputados”, disse o deputado Júlio Lopes (PP-RJ). “Vai remeter os trabalhadores do estado para as assembleias legislativas, vocês não perceberam o jogo”, afirmou o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), contrário à reforma da Previdência.

PSDB 

Nesta terça, Temer se reuniu com o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), um dos principais partidos aliados do governo.O tucano disse que, no encontro, defendeu a necessidade de mudanças na proposta enviada ao Congresso.Os dois pontos defendidos pelo PSDB, afirmou, são a manutenção do atual modelo do Benefício da Prestação Continuada (BPC) e um tratamento diferenciado para trabalhadores rurais.O partido ainda não decidiu, porém, se defende a isenção da contribuição ou a aplicação de uma pequena taxa.O BPC garante o pagamento de um salário mínimo mensal ao idoso acima de 65 anos ou à pessoa com deficiência de qualquer idade com impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo.Pelo projeto de Temer, a idade mínima para o idoso ter acesso ao BPC passará de 65 anos para 70 anos e o programa, vinculado ao salário mínimo, passará a ter valor estipulado em lei.Quanto aos trabalhadores rurais, que até agora não eram obrigados a contribuir para o INSS, terão de fazer contribuições para se aposentar, se aprovada a proposta do governo. (G1 Notícias).

ONU doará mais de R$ 45 milhões para projetos de agricultura na Bahia

22 de mar de 2017 às 14:38 | em: Bahia

Com quase 700 mil agricultores familiares, o maior contingente entre os estados brasileiros, a Bahia avança no desenvolvimento do semiárido por meio de pequenas agroindústrias. Depois de implementar iniciativas de auxílio à subsistência, o desafio agora é impulsionar produtos com grande potencial econômico. Em junho, o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), agência da ONU, vai assinar um aditivo de R$ 45 milhões em cooperação com o Governo do Estado para promover atividades rurais que tenham um mercado de consumo promissor. Fonte: A Tarde

Bahia tem 954 mil crianças e jovens em situação de pobreza

22 de mar de 2017 às 14:29 | em: Bahia

Foto: Reprodução

O estado da Bahia possui 954.726 crianças e adolescentes de 0 a 14 anos em situação de pobreza, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 20, no Cenário da Infância e da Adolescência do Brasil, documento elaborado anualmente pela Fundação Abrinq, braço social da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos. No Brasil todo, são 17,3 milhões de crianças e adolescentes que, nesta fase da vida, estão na faixa de pobreza – o que representa 40% da população dessa idade. O levantamento, que contém 60 páginas, entre gráficos, tabelas e artigos sobre direitos humanos infantis, aponta, ainda, que o trabalho precoce atinge 5,5% das crianças e adolescentes baianos com idade entre 5 e 17 anos. Em números absolutos, são 240 mil pessoas dessa faixa etária.  Administradora-executiva da Fundação Abrinq, Heloísa Oliveira explica que o documento expõe, ao todo, 23 indicadores sociais, com base em dados de fontes públicas de informação. Entre elas, órgãos federais, a exemplo de ministérios, e entidades que atuam com pesquisa e estudos, como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Função

O objetivo da pesquisa, de acordo com ela, é traçar um panorama sobre a situação dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil. “O que fazemos é reunir informações e olhar criticamente para a relação que uma coisa tem a ver com a outra”, explica Heloísa. Ela cita, ainda, que o documento da fundação ajuda a destacar os principais desafios do país no setor. “É como se fosse uma fotografia desses pontos desafiadores”, afirma. “Quando a gente avalia pobreza, não fala apenas de renda. A pessoa pode ter renda, mas não ter acesso a saneamento básico, o que a mantém na pobreza”, exemplifica.

Mais dados

Os dados analisados, lembra Heloísa, ficam disponíveis no site www.observatoriocrianca.org.br, em formato de livreto de bolso, e podem ser acessados durante o ano todo pelos interessados. No espaço, estão disponíveis informações como a população de crianças e adolescentes de cidades e estados brasileiros. Na Bahia, existem 4,705 milhões de pessoas com idade entre 0 e 19 anos, de acordo com a administradora da Fundação Abrinq – o equivalente a 31,3% da população baiana. A faixa entre 0 e 19 anos, afirma Heloísa Oliveira, é a mesma usada pelo IBGE para englobar crianças e adolescentes. No Brasil todo, são 60,553 milhões, o que representa 29,6% do total da população brasileira, de acordo com ela. (A Tarde).

Empresa de plano funerário dá oportunidade de emprego na região; confira

22 de mar de 2017 às 14:14 | em: Michel Jornalista

Empresa do plano funerário traz oportunidade de emprego a pessoas com idade acima de 25 anos, com experiência em vendas. Interessados podem enviar seu currículo com foto para  e mail:suporte01@renascerplanofunerario.com.br

Espetáculo de Rua conta a História de Tucano na comemoração dos 180 anos de emancipação da cidade

22 de mar de 2017 às 14:11 | em: Tucano

Foto: Óieu Dedê Santana

Nesta terça (21/03), Dia em que Tucano comemora 180 anos, uma trupe de artistas tucanenses surpreende a cidade com uma maneira diferente de contar a história de Tucano. Já consagrado em suas produções áudio visuais, o Projeto Bora, inova agora, com o teatro de Rua. no “ Espetáculo a História de Tucano!” cujo objetivo fora falar sobre as nossas origens, nosso causos, a história do nosso povo, de nossa Cidade. Direcionado para o público em geral e com classificação livre, o espetáculo com cerca de 1 hora de duração, reuniu, Grupos artísticos locais, de dança, música folcloricos, Capoeira, teatro, artes plásticas, os quais guiados por linguagem circense atraiu um publico de cerca de 1.000 pessoas, que puderam em vários espaços vivenciarem e interagirem com aos artistas, tecendo e conhecendo a história de nosso município. Idealizado por Marcelo Cezar, Crhis Arruda e Asterio Moreira, filhos de Tucano, o Bora através do “Espetáculo a História de Tucano” Tenta contar as histórias e os principais feitos de nossa vida, através de um espetáculo teatral de rua criado a partir de depoimentos e dados históricos, que foram recolhidos pelo grupo durante o processo de pesquisa”. “Com isso, mais uma vez o BORA contribui para o resgate da memória de nossa cidade, através do olhar dos moradores exercitando um diálogo interdisciplinar com as artes, mesclando artes cênicas, musica e artes visuais”. (Projeto de Cultura Itinerante, Óieu!). Confira imagens de Óieu Dedê Santana (clique AQUI para acessar o Facebook).

Galeria de fotos
  • Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana
  • Foto: Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana
  • Óieu Dedê Santana

 

Brasil despenca 19 posições em ranking de desigualdade social da ONU e está entre os 10 piores

22 de mar de 2017 às 14:01 | em: Brasil,Economia

Foto: Reprodução

As desigualdades social e de gênero se acentuaram no Brasil. Esse é o diagnóstico revelado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento(PNUD), o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), com dados de 2015, divulgado nesta terça-feira. O país ocupa o 79º lugar entre 188 nações no ranking de IDH, que leva em conta indicadores de educação, renda e saúde, mas despencou 19 posições na classificação correspondente à diferença entre ricos e pobres. Enquanto a nota de 0,754 do Brasil se mantém estagnada, preservando-o em um patamar considerado alto pela ONU, o número cai para 0,561 no indicador social. Analisando somente esse fator, o país seria rebaixado para a escala de países com índice médio. O IDH varia entre 0 (valor mínimo) e 1 (valor máximo). Quanto mais próximo de 1, maior é o índice de desenvolvimento do país. Pela primeira vez desde 1990, quando o levantamento começou a ser publicado anualmente, o Brasil não elevou sua nota no ranking. A Noruega permanece na primeira colocação e encabeça a lista das nações com IDH muito alto, com 0,949, seguida por Austrália e Suíça, ambas com 0,939. Ainda no cálculo ajustado pela desigualdade social, o Brasil, empatado com Coreia do Sul e Panamá, só não regrediu mais nesse quesito que Irã e Botsuana, que caíram 40 e 23 posições, respectivamente. Já o Coeficiente de Gini, que mede a concentração renda, aponta o país como o 10º mais desigual do mundo e o quarto da América Latina, à frente apenas de Haiti, Colômbia e Paraguai. Segundo o levantamento da ONU, o percentual de desigualdade de renda no Brasil (37%) é superior à média da América Latina, incluindo os países do Caribe (34,9%).
A desigualdade brasileira também cresce nas comparações de gênero. Embora as mulheres tenham maior expectativa de vida e mais escolaridade, elas ainda recebem bem menos que os homens no Brasil. A renda per capita da mulher é 66,2% inferior à de pessoas do sexo masculino. No índice de desigualdade de gênero, o país aparece na 92ª posição entre 159 países analisados, atrás de nações de maioria religiosa conservadora, a exemplo de Líbia (38ª), Malásia (59ª) e Líbano (83ª). Também é baixa a representatividade da mulher no Congresso Nacional. O comparativo entre número de cadeiras em parlamentos indica que as mulheres brasileiras ocupam somente 10,8% dos assentos. O número é inferior à média mundial (22,5%) e até mesmo ao de países com IDH baixo, como a República Centro Africana, última colocada do ranking, que tem 12,5% de seu parlamento ocupado por representantes do sexo feminino. Por meio de um comunicado, a Presidência da República avaliou que os dados divulgados pela ONU “ilustram a severidade da crise da qual apenas agora o país vai saindo”. De acordo com a nota, as reformas propostas pelo presidente Michel Temer devem se refletir em números melhores nas próximas edições do ranking. (El País Brasil).

Apresentações de grupos musicais embalam a comemoração dos 180 anos de Tucano

22 de mar de 2017 às 13:57 | em: Tucano

Foto: Reprodução

A cidade de Tucano completou 180 anos de emancipação politica nesta terça-feira (21). Para comemorar com grande estilo, ocorreram apresetações musicais na cidade. A festividade teve inicio nesta segunda feira (20) e contou com as  apresentações das cantoras Cacala & Rachel, Puro Desejo, Filhos de Jorge e Daniel Vieira.

Foto: Reprodução

Além das apresentações musicais foram organizadas atrações culturais e artísticas para celebrar  a passagem da data (confira).

Serrinha: Manifestantes voltam a paralizar a BR-116 contra a Reforma da Previdência

22 de mar de 2017 às 13:36 | em: Serrinha

Foto: Reprodução de redes sociais

O bloqueio ocorreu em Serrinha, próximo a um Motel local. A mobilização foi organizada por movimentos sociais, sindicatos, instituições e pessoas contrárias à Reforma da Previdência proposta pelo governo Temer. Vários manifestantes de cidades do território do sisal se dirigem ao local para apoiar o protesto.

 

Confira as fotos:
Galeria de fotos

Araci: Ótimo terreno de 20x25m está a venda ao lado do Residencial Recanto das Flores; confira

22 de mar de 2017 às 13:28 | em: Araci

Foto: Divulgação

O terreno mede 20 x 25 metros e está com preço acessível. Aproveite a oportunidade e adquira agora através do telefone: 75 99138-7355 (whatsapp). É uma ótima oportunidade para comerciantes ou para quem quer residir na região que mais cresce na sede de Araci.

Galeria de fotos
  • Foto: Divulgação

Araci: Exposição Coletiva de Fotografia ocorrerá dia 31/03 no Centro Cultural

22 de mar de 2017 às 13:25 | em: Araci

A exposição reunirá vários fotógrafos aracienses e também terá a participação de Raimundo Carvalho da cidade de Teofilândia. Ela mostrará um pouco da produção fotográfica da cidade através do olhar diverso de cada fotógrafo. Na noite de abertura haverá muita música com Everaldo Araújo, Emerson Moura e Daniel Gomez.
Exposição coletiva de FOTOGRAFIA
Diversos olhares – 3ª edição
Abertura: Dia 31 de março 2017 (sexta-feira)
19h
Local: Centro Cultural de Araci
Realização: Secretaria de Educação e Cultura
Diretoria de Cultura

Araci: PM prende jovens por suspeita de tráfico de maconha no povoado de Barbosa

22 de mar de 2017 às 08:54 | em: Araci,Policia

Foto: Ascom 16° BPM

Nesta terça-feira (21), uma guarnição de Araci em rondas pelo povoado do Barbosa, ao avistar 3 elementos sob fundada suspeita, efetuou a busca pessoal e encontrou 3 trouxas de substância aparentando ser maconha. Os jovens eram José Tulio, Marcos Carvalho e Grenivel Carvalho, ambos residentes no povoado. Ao realizar a varredura no local próximo a abordagem dos suspeitos, foi encontrado um tablete de outra substância vegetal análoga à anterior. Os indivíduos foram apresentados a DP de Araci para adoção das medidas cabíveis. Segundo a Ascom do 16° BPM informou, o material apresentado na delegacia foi: 3 trouxas de substância aparentando ser maconha; 1 tablete de substância aparentando ser maconha; 2 celulares e 1 carteira contendo R$ 87,00.

Mãe bêbada matou filha de 45 dias asfixiada na Bahia

21 de mar de 2017 às 15:55 | em: Bahia,Policia

Foto: Reprodução

A dona de casa Cristiane Costa Conceição, de 25 anos, foi autuada em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, pela morte da filha, de 45 dias. O crime ocorreu na manhã de domingo (19), na Rua Elísio Mesquita, em Pirajá, na capital baiana.Em depoimento ao delegado que chefiava a equipe do Serviço de Investigação de Local de Crime (Silc), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que foi à sua residência, Cristiane disse que adormeceu por volta de 1 hora da manhã, logo depois de amamentar a criança, e só acordou 5 horas depois, constatando que havia dormido por cima da filha.A mulher chegou a acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas o bebê já estava morto. A perícia confirmou que a menina foi asfixiada. Ainda no depoimento, Cristiane contou que havia ingerido bebida alcoólica ao longo do dia.Cristiane está custodiada na carceragem da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), e lá permanecerá à disposição da Justiça. (Portal de Noticias).

Lote de paçoca com substância cancerígena é destaque na coluna Saúde

21 de mar de 2017 às 15:42 | em: Brasil,Saúde

 

Foto: Ilustraçao

Um lote do Doce de Amendoim Paçoca Rolha, da marca Dicel, foi interditado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Distribuído pela Indústria e Logistica Wethonklauss Constante Ltda, o lote 0027 do alimento excedeu o limite do teor de aflatoxinas, espécies de micotoxinas encontradas em alimentos.(Bahia Noticias).

IBGE é autorizado a realizar seleção para até 26,4 mil vagas temporárias

21 de mar de 2017 às 15:25 | em: Brasil,Emprego

Foto: Ilustraçao

O instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foi autorizado a contratar por tempo determinado até 26.440 profissionais para atuar no Censo Agropecuário 2017. O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão autorizou o processo seletivo por meio da portaria nº 45 publicada no “Diário Oficial da União”, desta sexta-feira (17). Segundo o documento, as oportunidades serão para analista censitário (266), agente censitário regional (375), agente censitário administrativo (381), agente censitário municipal (1.285), agente censitário supervisor (4.946), agente censitário informativo (174) e recenseador (19.013). O nível de escolaridade dos cargos não foi divulgado. As contratações deverão ser efetuadas por meio de processo seletivo simplificado, observados a ordem de classificação e os critérios e condições estabelecidas pelo Poder Executivo. O prazo de duração dos contratos deverá ser de até 1 ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de 3 anos. Decorrido o período de 3 anos a partir da divulgação do resultado do final do processo seletivo, não mais poderão viger os contratos firmados com base na autorização da portaria nº 45. O IBGE deverá definir a remuneração dos profissionais a serem contratados. Na portaria não há informações sobre a previsão de publicação do edital de processo seletivo.

Seleção cancelada em 2016

Em dezembro de 2015, foram autorizadas 82 mil vagas temporárias para o Censo Agropecuário do IBGE de 2016, mas a seleção foi cancelada em abril de 2016 por causa de um corte no orçamento. Em agosto de 2016, Paulo Rabello, presidente do IBGE, afirmou que o Censo Agropecuário seria realizado em 2017. “O censo já está salvo ou então não estarei aqui. Já que ele não rodou esse ano. E fatalmente rodará no ano que vem ou então não estarei aqui. Acho que o Censo Agropecuário é de enorme importância. Isso é comando legal, ou muda a lei ou muda a presidência do IBGE. Existe uma lei que comanda a realização de um Censo Demográfico a cada dez anos e o Censo Agropecuário a cada cinco”, declarou na época. (G1 Noticias).